1009 capítulos
Medium 9788527731232

25 - Relações de Gênero | Ontem e Hoje

DIEHL, Alessandra; VIEIRA, Denise Leite Grupo Gen PDF Criptografado

25

Relações de Gênero |

Ontem e Hoje

Mônica Saldanha e Marcelo Toniette

Pontos-chave:

• Mais do que conhecer os conceitos e proposições que hoje integram os estudos sobre sexo e gênero, compreender sua história, seus percalços e transformações nos possibilita vislumbrar as tensões que fazem parte do imaginário social no que toca à nossa existência enquanto sujeitos “gendrados”

• Encontrar modos de equalizar os saberes e as ações para desconstruir as categorias e hierarquias sociais parece o maior desafio nesta etapa dos estudos de gênero. E é com este espírito que os autores retomam os saberes de ontem e de hoje, na busca de uma teoria-prática transformadora.

Introdução

Este capítulo tem como desafio introduzir os estudos sobre gênero, um dos temas mais atuais e controversos do universo da sexualidade. Apresentarse-ão sua evolução histórica, a construção do seu conceito e sua relação com o sexo, as implicações sociais e políticas que advêm dele e, por fim, as perspectivas mais atuais acerca da diversidade. Buscou-se demonstrar as mais diferentes visões do gênero, sem deixar de lado nenhum dos aspectos dessa intrincada e múltipla malha de relações que vem sendo redefinida ao longo do último ­século.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527731232

5 - Sexualidade na Infância

DIEHL, Alessandra; VIEIRA, Denise Leite Grupo Gen PDF Criptografado

5

Sexualidade na Infância

Maria Aparecida Nunes Fontana, Fernanda Guadagnin e Alessandra Diehl

Pontos-chave:

• O comportamento sexual na infância ocorre em 42 a 73% das crianças

• Crianças sexualmente saudáveis são aquelas que se sentem bem com o seu próprio corpo, compreendem a importância da nudez e da privacidade, respeitam os membros da família e outras crianças, assim como as várias diferenças (raça, etnia, gênero, orientação sexual), sentem-se à vontade para fazer perguntas, entendem noções de higiene pessoal e, sobretudo, sentem-se preparadas para a puberdade

• Muitos pais, educadores e profissionais da saú­de têm dificuldade de lidar com a existência e a expressão da sexualidade na infância, daí a necessidade de educação e orientação a esse público

• No entanto, é consensual que os seres humanos só esteja totalmente conscientes e preparados para o ato sexual, de um modo saudável e natural, no início da vida adulta.

Introdução

Ver todos os capítulos
Medium 9788527731232

13 - Transgeneridade em Adolescentes e Adultos

DIEHL, Alessandra; VIEIRA, Denise Leite Grupo Gen PDF Criptografado

13

Transgeneridade em

Adolescentes e Adultos

Alessandra Diehl e Denise Leite Vieira

Pontos-chave:

• A diversidade de gênero é um tema que tem sido discutido sob as mais variadas perspectivas. Neste capítulo, são abordados, a partir da perspectiva biomédica, alguns aspectos da transgeneridade e a discussão sobre as classificações em saúde e o acesso a serviços de saúde

• A diversidade de gênero não é uma condição moderna, uma vez que há precedentes mitológicos, históricos e científicos em muitas sociedades e culturas ao redor do mundo, constituindo fenômenos socioculturais que, embora guardem semelhanças, são específicos de cada contexto. A transexualidade é um fenômeno de diversidade de gênero e o termo transexual foi cunhado por Cauldwell, em 1949

• Há vários termos e expressões referentes à diversidade de gênero usados tanto pela comunidade quanto por profissionais de várias áreas, inclusive da saúde, mas nem sempre esses termos e abordagens convergem ou são entendidos da mesma maneira. Isso talvez aconteça em decorrência do descompasso com que os termos, expressões e conceitos surgem e mudam ao longo do tempo nos mais variados contextos

Ver todos os capítulos
Medium 9788520459850

09. Derrubar o mito de pais ou criança perfeitos

Jane Nelsen, Kristina Bill, Joy Marchese Editora Manole ePub Criptografado

9

Stephanie, de 15 anos, chega em casa após um longo dia de aula e prática de esportes. Assim que ela entra e tira a mochila, sua mãe começa a enchê-la de perguntas: “Como foi o seu dia? Como foram os exercícios? Você tem muito dever de casa hoje à noite?”

Stephanie responde “Tudo bem! Apenas me deixe em paz”, e se dirige para o seu quarto, onde bate a porta e se joga na cama, exausta.

A mãe vai atrás dela: “Não fale assim comigo, mocinha! Eu fiz apenas uma simples pergunta.”

Essa cena parece familiar?

Sonhos da criança perfeita

Muitos pais fantasiam sobre ter o “filho perfeito”. Alguns pais que trabalham em período integral sentem que precisam se esforçar mais para “tornar” seus filhos perfeitos, para compensar o fato de não ficarem em casa com eles o dia inteiro. Queremos garantir a você que isso é um mito. Em um de nossos workshops, quando perguntamos aos pais sobre suas expectativas de perfeição, uma mãe fez uma observação profunda: “Percebo que espero que meu filho seja perfeito, embora eu não seja.”

Ver todos os capítulos
Medium 9788520459850

16. Disciplina Positiva na vida profissional

Jane Nelsen, Kristina Bill, Joy Marchese Editora Manole ePub Criptografado

16

Amy quer arrancar os cabelos de tanta frustração! Ela fez questão de chegar mais cedo porque sabe que a primeira coisa que seu chefe, Steven, quer fazer é enviar todos os cartões de Boas Festas dos pacientes. Ela preparou todos os envelopes e cartões para assinatura na noite anterior, e eles estão prontos para o envio. Ela até selou todos os envelopes. Ao se aproximar de sua mesa, ela vê que suas coisas foram reorganizadas de um modo diferente, o que significa que Steven, como sempre faz, sentou-se em sua mesa depois que ela foi embora. Como ele não percebia o quanto isso era invasivo? Não apenas isso, mas ele pegou um dos envelopes, em que, reconhecidamente, o selo estava um pouquinho torto, circulou o selo com um marcador vermelho e escreveu no envelope: “Isso é inaceitável, Amy!” Amy sente raiva e desânimo. Com um pequenino em casa consumindo muita energia, Amy sente que seu local de trabalho precisa ser acolhedor e positivo. Ela ama seus outros colegas, mas... bem, é improvável que este seja seu último emprego, então por que aceitar esses maus-tratos?

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos