865 capítulos
Medium 9788536509013

1. Introdução à Química

Ediana Barp, Elaine Lima Silva Editora Saraiva PDF Criptografado

1

Introdução à

Química

Para começar

Vamos relembrar alguns conceitos básicos de química com o objetivo de entendermos como alguns fenômenos ocorrem e as propriedades de algumas substâncias que fazem parte do nosso dia a dia.

1.1 Conceito

Entretanto, a Química é uma ciência natural que estuda a composição e a transformação da matéria. Além disso, nem todo produto químico

Photosky/Shutterstock.com

Quando escutamos a palavra química, imediatamente pensamos em uma pessoa de jaleco branco, em um laboratório, com uma quantidade enorme de vidrarias de tamanhos variados (como tubos de ensaio), rodeada de produtos químicos cujos rótulos trazem a indicação “produto tóxico”

(ou ainda o símbolo de uma caveira indicando a letalidade do produto). Parece algo assustador ou uma realidade distante, para poucos.

Figura 1.1 - Químicos em um laboratório.

11

A química não para por aí! Após o café da manhã, em nosso organismo começa o processo de digestão dos alimentos. É a química acontecendo novamente, mas agora dentro do nosso organismo. Milhares de reações químicas acontecem a todo momento no organismo de todos os seres vivos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582713631

Capítulo 2. Introdução à química

Gerard J. Tortora, Bryan Derrickson Grupo A PDF Criptografado

C A P Í T U L O

2

INTRODUÇÃO À

QUÍMICA

M

uitas substâncias comuns que ingerimos – como água, açúcar, sal, proteínas, amidos, gorduras – desempenham funções fundamentais para nos manter vivos. Neste capítulo, você aprenderá como essas substâncias funcionam no organismo. Como o corpo é composto de substâncias químicas, e como todas as atividades corporais têm uma natureza química,

é importante que

OLHANDO PARA TRÁS PARA AVANÇAR... você se familiarize com a linguagem e com as ideias básicas

Níveis de organização e sistemas do corpo (Seção 1.2) da química para entender a anatomia e a fisiologia humanas.

2.1 Introdução à química

OBJETIVOS

• Definir elemento químico, átomo, íon, molécula e composto.

• Explicar como se formam as ligações químicas.

• Descrever o que acontece em uma reação química e explicar por que é importante para o corpo humano.

Química é a ciência da estrutura e das interações da matéria, que é qualquer coisa que ocupa espaço e tem massa.

Ver todos os capítulos
Medium 9788563308047

Introdução à Química Orgânica

Raymond Chang Grupo A PDF Criptografado

Introdução à Química Orgânica

11.1 Classes de Compostos Orgânicos 342

11.2 Hidrocarbonetos Alifáticos 342

Alcanos • Cicloalcanos • Alcenos • Alcinos

11.3 Hidrocarbonetos Aromáticos 356

Nomenclatura de Compostos Aromáticos • Propriedades e Reações dos

Compostos Aromáticos

11.4 Química dos Grupos Funcionais 360

Álcoois • Éteres • Aldeídos e Cetonas • Ácidos Carboxílicos

• Ésteres • Aminas • Resumo de Grupos Funcionais

11.5 Quiralidade — A Orientação das Moléculas 367

Conceitos Essenciais

Compostos Orgânicos Esses compostos contêm principalmente átomos de carbono e de hidrogênio, e ainda nitrogênio, oxigênio, enxofre e átomos de outros elementos. Os compostos dos quais derivam todos os compostos orgânicos são os hidrocarbonetos — os alcanos (que contêm apenas ligações simples), os alcenos (que contêm ligações duplas carbono-carbono), os alcinos (que contêm ligações triplas carbonocarbono) e os hidrocarbonetos aromáticos (anel benzênico).

Grupos Funcionais A reatividade dos compostos orgânicos pode ser prevista com boa margem de confiança com base na presença de grupos funcionais, que são grupos de átomos responsáveis pelo comportamento químico dos compostos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580551143

1. Introdução à Engenharia e Ciência dos Materiais

William F. Smith, Javad Hashemi Grupo A PDF Criptografado

c ap í t u l o 1

Introdução à Engenharia e Ciência dos Materiais

(Cortesia da NASA)

Metas de aprendizagem

Ao final deste capítulo, o aluno será capaz de:

1. Entender a engenharia e ciência dos materiais como uma área do conhecimento científico.

2. Enumerar a classificação básica dos materiais sólidos.

3. Relacionar as características essenciais de cada grupo de materiais.

O Phoenix Mars Lander é o “robô-cientista” por trás da mais recente empreitada científica da Nasa, o Programa de Exploração de Marte. Os dois principais objetivos científicos da missão Phoenix são determinar se de fato nunca houve vida em Marte, e entender o clima marciano. A aeronave é uma obra-prima da engenharia, representando o desejo humano de obter conhecimento. Imaginem os desafios em engenharia e ciência dos materiais ao se projetar uma nave para resistir e operar de maneira eficaz sob uma variedade de condições extremas. Durante o lançamento, por exemplo, a aeronave e seus sensíveis instrumentos são submetidos a cargas colossais; já ao longo da etapa de cruzeiro, a aeronave deve resistir a tempestades solares e ao impacto de micrometeoros; na fase de reentrada, descida e aterrissagem, por sua vez, a temperatura sobe milhares de graus, e a aeronave é sujeita ainda a uma tremenda força de desaceleração quando o paraquedas é aberto; finalmente, durante a operação em Marte, a aeronave deve suportar as temperaturas extremamente baixas do ártico marciano, além das tempestades de areia.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527726665

259 - Introdução às Perícias e à Medicina Veterinária Legal | Conceitos Preliminares

JERICÓ, Márcia Marques Grupo Gen PDF Criptografado

Seção D

Perícias

259

Introdução às

Perícias e à Medicina

Veterinária Legal |

Conceitos

Preliminares

Adriana de Siqueira, Alberto Soiti Yoshida

JJ

Introdução

Desde a Antiguidade os seres humanos se relacionam com os animais. Os cães foram domesticados antes dos gatos, os víncu­ los foram se estreitando e sofrendo modificações ao longo dos

­séculos. Atualmente cães e gatos são considerados verdadeiros membros da família, embora essa proximidade propicie pro­ blemas relacionados com a violência doméstica e suas conse­ quências (Capítulo  264, Violência Humana e Conexões). No

Brasil, há leis específicas que contemplam maus‑tratos contra animais, situações de violência, abuso ou crueldade. Entretanto, a sociedade brasileira vem demandando alterações na legisla­

ção, por modificações, para que a violência contra os animais seja tratada de maneira mais rígida, principalmente com relação a sua punição. Atualmente a medicina veterinária legal não fun­ ciona apenas como uma ferramenta para materializar as provas na caracterização desses eventos em termos de tipificação penal, mas também como um dispositivo valioso para sua previsão, prevenção e, principalmente, na determinação do tipo de pena alternativa corretiva, caso essa seja concedida.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos