37822 capítulos
Medium 9788582711644

Capítulo 1 - Integrando Psicoterapia e Psicofarmacologia: Desfechos, endofenótipos e os fundamentos teóricos sobre eficácia

Irismar Reis de Oliveira, Thomas Schwartz, Stephen M. Stahl, Maiza Ritomy Ide, Maria Cristina Gularte Monteiro Grupo A PDF Criptografado

1

Integrando Psicoterapia e Psicofarmacologia

Desfechos, endofenótipos e os fundamentos teóricos sobre eficácia

Thomas L. Schwartz e Shilpa Sachdeva

Introdução

Este livro objetiva fornecer ao leitor informações relativas a transtornos psiquiátricos específicos e sua receptividade ao tratamento com abordagens integradas de psicoterapia e psicofarmacologia. Informações baseadas em evidências serão apresentadas e, na ausência delas, serão oferecidas abordagens e explicações sobre por que a integração e o uso simultâneo dessas duas modalidades de tratamento devem fazer sentido tanto biológico como psicológico para o clínico e para o paciente. Este capítulo introdutório examinará primeiro alguns estudos integrativos típicos e seus desfechos, quando uma técnica de psicoterapia específica e/ou uma intervenção psicofarmacológica específica foram fornecidas a pacientes com um transtorno psiquiátrico definido. Os desfechos clínicos serão discutidos resumidamente neste capítulo, a fim de estabelecer um tom para os capítulos seguintes, sobre transtornos psiquiátricos específicos, nos quais análises mais profundas serão apresentadas. Mais importante do que revisar os desfechos iniciais mais relevantes,

Ver todos os capítulos
Medium 9788582715291

Oxibato de sódio

Stephen M. Stahl Grupo A PDF Criptografado

OXIBATO DE SÓDIO

TERAPÊUTICA

Melhores combinações de potencialização para resposta parcial ou resistência ao tratamento

Marcas �

• Xyrem

Classe

• Nomenclatura baseada na neurociência: agonista dos receptores de GABA

• Depressor do SNC; agonista parcial dos receptores de GABA-B

Comumente prescrito para

(em negrito, as aprovações da FDA)

• Redução de sonolência excessiva em pacientes com narcolepsia

• Cataplexia em pacientes com narcolepsia

• Fibromialgia

• Dor crônica/dor neuropática

Como a substância atua

• O gama-hidroxibutirato (GHB) é um suposto neurotransmissor endógeno sintetizado a partir do seu composto-mãe, GABA; oxibato de sódio é o sal de sódio de GHB e é administrado exogenamente

• Tem ações agonistas nos receptores de GHB e ações agonistas parciais nos receptores de

GABA-B

• Melhora o sono de ondas lentas à noite, possivelmente deixando os pacientes mais descansados e alertas durante o dia

Ver todos os capítulos
Medium 9788582713204

Capítulo 9. Tratamento Psicossocial para Transtornos por Uso de Substância

Stephen M. Stahl, Meghan M. Grady Grupo A PDF Criptografado

Capítulo 9

Tratamento Psicossocial para

Transtornos por Uso de Substância

Os tratamentos psicossociais são um componente extremamente importante do manejo dos transtornos por uso de substâncias psicoativas (SPAs). Podem ser usados vários métodos diferentes, dependendo da substância em questão, assim como das necessidades e particularidades do paciente. Além disso, as terapias psicossociais podem ser aplicadas tanto no contexto individual quanto em grupo. Este capítulo aborda as terapias psicossociais mais comumente usadas e recomendadas para pacientes com transtornos por uso de substância.

Capítulo 9: Tratamento Psicossocial...

139

Tratamento Psicossocial para

Transtornos por Uso de Substância:

Substância psicoativa

Resumo

TCC

EM

Terapia comportamental

Álcool

X

X

Opioide

X

Nicotina

X

Estimulante

X

THC

X

Terapia familiar

Autoajuda/

12 passos

Ver todos os capítulos
Medium 9788582713204

Capítulo 1. Uso de Substâncias e Dependência: Visão Geral

Stephen M. Stahl, Meghan M. Grady Grupo A PDF Criptografado

Capítulo 1

Uso de Substâncias e Dependência:

Visão Geral

Do ponto de vista comportamental, dependência pode ser conceitualizada como um prejuízo na capacidade de inibir a busca por determinada droga em resposta a informações ambientais que normalmente deveriam suprimir o comportamento. Neurobiologicamente, isso está ligado a alterações no sistema de recompensa, além de outros sistemas de neurotransmissão relacionados ao uso inicial da droga (p. ex., fatores de risco genéticos), podendo também ser causado pela exposição crônica a uma substância psicoativa (SPA).

Neste livro, apresentaremos o embasamento biológico que possibilitará ao leitor compreender não só como a exposição crônica a SPAs altera o circuito de recompensa, mas também como os tratamentos disponíveis no momento para vários transtornos por uso de substâncias agem no cérebro. Além disso, examinaremos as estratégias de triagem, tratamento e manejo geral para pacientes com dependência de várias SPAs. Outrossim, abordaremos sucintamente os transtornos do controle de impulsos que podem ter semelhanças neurobiológicas com a dependência de SPAs.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582713204

Capítulo 10. Transtornos de Impulsividade e Compulsividade

Stephen M. Stahl, Meghan M. Grady Grupo A PDF Criptografado

Capítulo 10

Transtornos de Impulsividade e Compulsividade

Inúmeras condições que foram classificadas como transtornos de impulsividade ou compulsividade podem ser, hipoteticamente, associadas à atividade anormal dos sistemas de recompensa, assim como ocorre com a dependência de substâncias psicoativas (SPAs). Nesse sentido, tem havido grande interesse acerca da possibilidade de sobreposição sintomatológica e neurobiológica entre os transtornos relacionados ao consumo de SPAs, os transtornos do controle de impulsos (TCIs) e o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Grande parte desse debate tem se dedicado a compreender se os transtornos até então classificados como TCIs devem ser considerados “adições comportamentais”,* transtornos do espectro obsessivo-compulsivo ou, mesmo, se devem ser considerados transtornos independentes. Neste capítulo, examinaremos as semelhanças e diferenças entre os transtornos por uso de substância (TUSs) e as diversas dependências comportamentais/TCIs.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos