210 capítulos
Medium 9788584291304

Capítulo 8 - Letramento corporal e obesidade

Margaret Whitehead Grupo A PDF Criptografado

8

Letramento corporal e obesidade

Paul Gately

Introdução

Foi dito na Parte I que o letramento corporal pode abrir um leque de oportunidades no campo da atividade física, podendo resultar em benefícios de longo prazo em termos de qualidade de vida. É preocupante a atual tendência mundial à obesidade, que se mostra um grande obstáculo para que um maior número de pessoas se torne corporalmente letrado. Elas tendem a evitar a atividade física, acarretando em prejuízos para sua saúde em termos gerais, como também para a autoconfiança e para a autoestima. Desenvolver o letramento corporal pode ser uma maneira de ajudá-las a enfrentar o problema da obesidade. Mesmo assim, como veremos neste capítulo, a questão está longe de ser tão simples. As pesquisas ainda precisam identificar estratégias claras e válidas para prevenir e curar a obesidade. Embora a promoção da atividade física não é em si o remédio, as evidências sugerem que intervenções que incluem programas de atividade física podem ser bem-sucedidas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291304

Capítulo 9 - Letramento corporal e primeira infância

Margaret Whitehead Grupo A PDF Criptografado

9

Letramento corporal e primeira infância

Patricia Maude

Introdução

O foco deste capítulo é nas raízes do letramento corporal e em como se desenvolvem na primeira infância. A primeira parte é dedicada ao crescimento e à maturação da criança desde o nascimento, em especial ao desenvolvimento físico. A ela segue-se uma seção em que analisamos a contribuição significativa da aquisição, extensão e aplicação do repertório motor à melhoria da competência motora, incluindo o envolvimento de capacidades motoras emergentes. Na parte final, discute-se a importância do brincar na vida da criança, refletindo como essas experiências podem promover o desenvolvimento de uma série de atributos do letramento corporal.

Este capítulo oferece oportunidades de analisarmos o cerne do letramento corporal em ação, da forma como fica evidente nas crianças. A começar do surgimento embrionário de atributos do conceito no início da vida, até mesmo antes do nascimento, abordamos aspectos-chave do letramento corporal em toda a sua riqueza à medida que as crianças se desenvolvem fisicamente, amadurecem e aprendem com a experiência motora, explorando o ambiente que as cerca.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291304

Capítulo 11 - Letramento corporal e pessoas com deficiência

Margaret Whitehead Grupo A PDF Criptografado

11

Letramento corporal e pessoas com deficiência

Philip Vickerman e Karen DePauw

Introdução

Este capítulo analisa a promoção do letramento corporal em pessoas com deficiência, durante todo o transcurso da vida, explorando a importância do letramento corporal para essa população e examinando como ele pode ser alcançado nas suas circunstâncias únicas. Incluem-se aqui convenções internacionais sobre os direitos das pessoas com deficiência, assim como as próprias definições de deficiência e as barreiras que esses indivíduos podem enfrentar. Uma preocupação central do capítulo será identificar as melhores práticas e estratégias para estimular a confiança, a autoestima e a motivação desses indivíduos no contexto da atividade física, incentivando assim o desenvolvimento do seu letramento corporal. Os benefícios de as pessoas com deficiências serem corporalmente letradas são abordados e exemplificados estudando-se dois casos específicos. O Capítulo 4 estabelece as fundamentações para esta discussão ao afirmar que letramento corporal é um conceito universal ao alcance de todos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291304

Capítulo 2 - O conceito de letramento corporal

Margaret Whitehead Grupo A PDF Criptografado

2

O conceito de letramento corporal

Margaret Whitehead

Introdução

Este capítulo começa com uma breve discussão sobre como o conceito de letramento corporal depende de uma nova perspectiva da dimensão incorporada. Detalham-se mais amiúde o conceito e a relação entre seus diferentes atributos. A identificação do letramento corporal como capacidade e as premissas que a sustentam concluem o capítulo. No plano geral, este capítulo define o cenário para uma discussão filosófica mais aprofundada no Capítulo 3.

A necessidade de adotar uma nova perspectiva da dimensão incorporada

O uso do conceito de letramento corporal requer a existência de um realinhamento e de um repensar de atitudes em relação à dimensão incorporada e, portanto, ao desenvolvimento de uma nova perspectiva sobre esse aspecto da natureza humana.

Em certas instâncias, isso implicará a criação de uma nova terminologia e, possivelmente, a adoção de um novo discurso sobre tal capacidade.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291304

Capítulo 12 - Letramento corporal e questões de diversidade

Margaret Whitehead Grupo A PDF Criptografado

12

Letramento corporal e questões de diversidade

Philip Vickerman e Karen DePauw

Introdução

Este capítulo discute questões que concernem à promoção do letramento corporal no contexto da diversidade, analisando como se relacionam com as oportunidades e as limitações para que as pessoas se tornem corporalmente letradas. O capítulo definirá a natureza da diversidade e abordará porque certos indivíduos e grupos podem experimentar contextos menos favoráveis que outros. O capítulo também examinará estratégias de promoção do letramento corporal entre grupos diversos

(PECEK; CUK; LESAR, 2008) e o papel que pessoas próximas no contexto da atividade física podem ter para facilitar a prática de uma atividade física inclusiva.

Serão examinadas também algumas declarações internacionais sobre direitos, assim como questões sobre igualdade de oportunidades. Três tópicos de discussões a respeito do letramento corporal em relação a gênero, orientação sexual e religião, raça e cultura serão abordados.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos