113 capítulos
Medium 9788597017793

3 - Sistema Financeiro Nacional

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

3

Sistema Financeiro Nacional

Este capítulo tem por objetivo apresentar a estrutura do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e as principais características das instituições financeiras que o compõem.

Essas instituições devem permitir, dentro das melhores condições possíveis, a realização dos fluxos de fundos entre tomadores e poupadores de recursos na economia.

A necessidade de conhecimento do sistema financeiro

é crescente ao longo do tempo, explicada pela importância que exerce na economia o segmento empresarial de um país, como também pela maior complexidade que suas operações vêm apresentando.

O sistema financeiro é composto por um conjunto de instituições financeiras públicas e privadas, e seu órgão normativo máximo é o Conselho Monetário Nacional

(CMN). Por meio do SFN, viabiliza-se a relação entre agentes carentes de recursos para investimento e agentes capazes de gerar poupança e, consequentemente, em condições de financiar o crescimento da economia. Por agentes carentes de recursos entende-se aqueles que assumem uma posição de tomadores no mercado, isto é, que despendem em consumo e investimento valores mais altos que suas rendas. Os agentes superavitários, por seu lado, são aqueles capazes de gastar em consumo e investimento menos do que a renda auferida, formando um excedente de poupança.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597010503

7 - MEDIDAS DE VALOR DE MERCADO

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

7

Medidas de Valor de Mercado

As medidas de desempenho e valor podem ser relacionadas com parâmetros contábeis, apuradas a partir de demonstrações financeiras divulgadas pelas companhias, como as desenvolvidas no Capítulo 2. Outras vezes, esses indicadores têm como referência os resultados residuais, apurados após a dedução de todos os custos, inclusive o custo de oportunidade do capital próprio. Nesse grupo, a medida mais adotada, amplamente estudada no Capítulo 6, é o Valor Econômico Agregado – EVA.1 Algumas medidas de desempenho e valor, conforme serão estudadas no capítulo seguinte, podem ainda se relacionar com indicadores de fluxos de caixa.

Este capítulo dedica-se ao estudo de indicadores de valor para os acionistas obtidos pelos fundamentos de mercado, como o REVA (EVA Ajustado), EFV (Valor Econômico Futuro), SVA (Valor Adicionado ao Acionista), TRA (Retorno Total do Acionista), entre outros.

7.1 VALOR DE MERCADO, VALOR CONTÁBIL E ÍNDICE

MARKET-TO-BOOK

Ver todos os capítulos
Medium 9788597017793

14 - Risco, Retorno e Mercado

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

14

Risco, Retorno e Mercado

Na prática, as decisões financeiras não são tomadas em ambiente de total certeza com relação a seus resultados.

Em verdade, por estarem essas decisões fundamentalmente voltadas para o futuro, é imprescindível que se introduza a variável incerteza como um dos mais significativos aspectos do estudo das operações do mercado financeiro.

Toda vez que a incerteza associada à verificação de determinado evento possa ser quantificada por meio de uma distribuição de probabilidades dos diversos resultados previstos, diz-se que a decisão está sendo tomada sob uma situação de risco. Dessa maneira, o risco pode ser entendido pela capacidade de se mensurar o estado de incerteza de uma decisão mediante o conhecimento das probabilidades associadas à ocorrência de determinados resultados ou valores.

A ideia de risco, de forma mais específica, está diretamente associada às probabilidades de ocorrência de determinados resultados em relação a um valor médio esperado. É um conceito voltado para o futuro, revelando uma possibilidade de perda.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597017793

11 - Mercado Primário de Ações

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

11

Mercado Primário de Ações

À medida que a economia se expande, mais relevante se apresenta o sistema de distribuição de valores mobiliários como fator multiplicador da riqueza nacional. O sucesso dos investimentos produtivos está cada vez mais dependente da participação dos acionistas, cujos interesses de participação nos resultados impulsionam o crescimento das empresas.

As empresas têm diversas alternativas de financiamento, obtidas principalmente de empréstimos (capital de terceiros), geração e reinvestimentos de lucros e aporte de capital de acionistas. É por meio da participação dos proprietários que as empresas adquirem melhores condições financeiras de viabilização de seus projetos de investimentos, tanto pela natureza permanente da captação, como pelo baixo comprometimento do caixa.

A função básica do mercado de capitais é a de promover a riqueza nacional por meio da participação da poupança de cada agente econômico. Nesse mercado, os principais ativos negociados são as ações, representativos do capital das empresas. Este capítulo descreve o mercado de ações à vista, seus indicadores de mercado e avaliação, e o processo de abertura de capital das empresas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597017793

12 - Mercado Secundário de Ações

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

12

Mercado Secundário de Ações

Em sequência ao mercado primário estudado no capítulo anterior, esta parte dedica-se a desenvolver os principais conceitos, indicadores e operações do mercado secundário de ações.

Finalizada a primeira etapa de colocação de ações, as negociações com títulos e valores mobiliários passam a se realizarem no denominado mercado secundário. As duas principais instituições criadas para facilitar a realização de negócios no mercado secundário são as bolsas de valores e o mercado de balcão organizado. A função básica dessas instituições é a de oferecer aos investidores um ambiente seguro e eficiente para a compra e venda de valores de companhias abertas.

Conforme foi demonstrado no Capítulo 3, ao tratar do Sistema Financeiro Nacional, somente instituições devidamente autorizadas a funcionar pela Comissão de

Valores Mobiliários (CVM) e Banco Central é que podem participar ativamente das Bolsas de Valores e Mercado de

Balcão organizado. Estas instituições atuam em nome dos investidores, seus clientes, comprando e vendendo títulos e valores mobiliários.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos