202 capítulos
Medium 9788536317113

3. Pesquisa qualitativa e quantitativa

Uwe Flick Grupo A PDF Criptografado

Introdução à pesquisa qualitativa

3

Pesquisa qualitativa e quantitativa

As discussões atuais sobre pesquisa qualitativa e quantitativa, 39

As relações entre pesquisa qualitativa e quantitativa, 40

Associando pesquisa qualitativa e quantitativa em um único plano, 42

A combinação de dados qualitativos e quantitativos, 45

A combinação de métodos qualitativos e quantitativos, 46

A associação de resultados qualitativos e quantitativos, 46

A avaliação da pesquisa e a generalização, 47

A apropriabilidade dos métodos como ponto de referência, 47

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Após a leitura deste capítulo, você deverá ser capaz de:

✓ compreender a distinção entre pesquisa qualitativa e quantitativa.

✓ reconhecer o que precisa ser considerado ao combinarem-se métodos de pesquisa alternativos.

AS DISCUSSÕES ATUAIS

SOBRE PESQUISA QUALITATIVA

E QUANTITATIVA

Na produção dos últimos anos, encontra-se um grande número de publicações que tratam das relações, das combinações e das distinções da pesquisa qualitativa. Antes de nos concentrarmos sobre os aspectos peculiares da pesquisa e dos métodos qualitativos nos capítulos seguintes, quero apresentar aqui uma breve visão geral do debate qualitativo-quantitativo e das versões combinadas de ambos. Isto deverá ajudar o leitor a situar a pesquisa qualitativa neste contexto mais amplo e, assim, obter

Ver todos os capítulos
Medium 9788536317113

6. Posturas teóricas subjacentes à pesquisa qualitativa

Uwe Flick Grupo A PDF Criptografado

68

Uwe Flick

6

Posturas teóricas subjacentes

à pesquisa qualitativa

Perspectivas da pesquisa no campo da pesquisa qualitativa, 68

Significado subjetivo: interacionismo simbólico, 69

A construção das realidades sociais: etnometodologia, 71

A composição cultural da realidade social e subjetiva: modelos estruturalistas, 73

Rivalidade entre paradigmas ou triangulação de perspectivas, 75

Aspectos comuns das diferentes posturas, 76

Feminismo e estudos de gênero, 78

Positivismo e construcionismo, 79

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Após a leitura deste capítulo, você deverá ser capaz de:

conhecer as principais teorias de embasamento da pesquisa qualitativa. reconhecer as características comuns e distintivas destas teorias. compreender a diferença entre positivismo e construtivismo. considerar a contribuição das teorias feministas para a pesquisa qualitativa.

PERSPECTIVAS DA PESQUISA

Ver todos os capítulos
Medium 9788536320571

7. TRIANGULAÇÃO DE PESQUISA QUALITATIVA E QUANTITATIVA

Uwe Flick Grupo A PDF Criptografado

120

n

Uwe Flick

A ideia de que a pesquisa quantitativa pode ser usada para avançar a qualidade da pesquisa qualitativa está ainda, e mais uma vez, no ar. Ela ganhou destaque de novo, especialmente no contexto de discussões sobre metodologias mistas (Tashakkori e Tedlie, 2003a) e sobre todos os tipos de práticas baseadas em evidências (ver também Morse et al., 2001, ou Denzin e Lincoln, 2005). Ambas as discussões têm um potencial importante para a pesquisa qualitativa, já que tendem a questionar a independência e o valor dessa pesquisa em si. Apesar disso, um uso refletido de abordagens quantitativas pode contribuir para a qualidade da pesquisa, principalmente ou em parte, com base na pesquisa qualitativa. Para aceitar essa sugestão, parece necessário apontar como essa combinação pode ser realizada, quais armadilhas e estratégias devem ser consideradas nela. As discussões metodológicas foram marcadas, durante muito tempo, por argumentações de distinção clara, que destacam as diferenças nos pontos de partida práticos em termos teóricos, epistemológicos e da pesquisa, na qualitativa e na quantitativa.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536317113

28. Critérios de qualidade na pesquisa qualitativa

Uwe Flick Grupo A PDF Criptografado

28

Os critérios de qualidade na pesquisa qualitativa

Plausibilidade seletiva, 342

Confiabilidade, 343

Validade, 345

Objetividade, 348

Critérios alternativos, 349

Critérios para avaliar a construção de teorias, 350

Critérios tradicionais ou alternativos: novas soluções para questões antigas?, 352

Avaliação da qualidade como desafio para a pesquisa qualitativa, 353

Critérios de qualidade ou estratégias de garantia de qualidade?, 354

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Após a leitura deste capítulo, você deverá ser capaz de:

entender os problemas que surgem ao tentar-se aplicar os critérios-padrão da pesquisa quantitativa a estudos qualitativos. identificar os caminhos alternativos de reformulação dos critérios tradicionais. conhecer os critérios alternativos desenvolvidos por pesquisadores qualitativos. reconhecer os problemas gerais associados à ideia da utilização de critérios na pesquisa qualitativa.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536317113

4. Ética na pesquisa qualitativa

Uwe Flick Grupo A PDF Criptografado

50

Uwe Flick

4

Ética na pesquisa qualitativa

A demanda por ética na pesquisa e os dilemas éticos da pesquisa qualitativa, 50

Códigos de ética – uma resposta a todas as perguntas?, 51

Comitês de ética – uma solução?, 52

Como proceder eticamente na pesquisa qualitativa, 54

A ética na pesquisa qualitativa – indispensável a uma pesquisa melhor, 56

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Após a leitura deste capítulo, você deverá ser capaz de:

entender as questões éticas vinculadas à pesquisa qualitativa. desenvolver sensibilidade para a ética na pesquisa qualitativa. reconhecer que não há solução simples para estas questões. produzir pesquisa (qualitativa) com embasamento ético.

Em muitas esferas, a pesquisa tornouse uma questão de ética. Questões relativas à proteção dos interesses daquelas pessoas dispostas a participar de um estudo ou sobre os escândalos referentes a dados manipulados colocam, repetidamente, o tema da ética na pesquisa em primeiro plano. Isso proporcionou a elaboração de códigos de ética em diversas disciplinas, e em diversos países para as mesmas disciplinas, bem como acarretou a constituição de comitês de ética, particularmente na pesquisa médica, mas também em outros contextos. Em muitos destes casos, o enfoque desses comitês concentra-se mais na proteção de todos os participantes do processo de pesquisa. Por outro lado, em alguns países, o foco principal dos comitês de ética refere-se mais à sensibilidade da pes-

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos