19 capítulos
Medium 9788530966744

Capítulo 15 – Provas de Concursos

MENESES, Anderson; MARIANO, Fabrício Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 15

Provas de Concursos

15.1. FUNDAMENTOS: SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL,

CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL, BANCO CENTRAL E

MOEDA

1.

(Caixa Econômica Federal/2004) As necessidades de conhecimento do Sistema financeiro

Nacional é crescente ao longo do tempo, pela importância que exerce na economia e no segmento empresarial de um país. O SFN é composto por um conjunto de instituições financeiras públicas e privadas, e seu órgão normativo máximo é o conselho Monetário

Nacional.

Assinale a alternativa correta. a) O SFN envolve dois grandes subsistemas: de intermediação e financeiro. b) O SFN é composto por um conjunto de instituições financeiras e instrumentos financeiros que visam transferir recursos dos agentes superavitários para os deficitários. c) O SFN não permita a existência de, conglomerados financeiros d) O mercado financeiro pode ser considerado como elemento estático no processo de crescimento econômico, uma vez que permite a elevação das taxas de poupança. e) As instituições financeiras podem ser classificadas como bancárias e bancarizadas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788530966744

Capítulo 11 – Mercado de Capitais

MENESES, Anderson; MARIANO, Fabrício Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 11

Mercado de Capitais

O mercado de capitais é aquele que torna viáveis projetos que procuram sócios que queiram participar do risco do empreendimento na expectativa de retornos maiores que as taxas de juros bancárias, tornando, assim, mais eficiente a alocação de recursos. Podemos dizer que o mercado de capitais é um segmento do mercado em que as empresas negociam riscos (ações, debêntures etc.).

De acordo com o exposto anteriormente, pode-se dizer que o mercado de capitais é o conjunto de instituições e instrumentos que negociam títulos e valores mobiliários objetivando a canalização de recursos dos agentes compradores para os agentes vendedores.

11.1. O SURGIMENTO DO MERCADO DE CAPITAIS

O surgimento do mercado de capitais ocorreu quando o mercado de crédito deixou de atender às necessidades da atividade produtiva no que se refere a garantir o fluxo de recursos nas condições adequadas em termos de prazo, custos e exigibilidade.

O surgimento do mercado de capitais está fundamentado em dois pilares, a saber:

Ver todos os capítulos
Medium 9788530966744

Capítulo 2 – Dinâmica do Mercado

MENESES, Anderson; MARIANO, Fabrício Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 2

Dinâmica do Mercado

O Sistema Financeiro Nacional apresenta sua dinâmica por meio de órgãos, autarquias, normas, entre outros; estes representam a estrutura e o funcionamento do

SFN. É neste cenário que ocorrem as transações financeiras, ou seja, as dos ativos líquidos e ilíquidos (tecnologia, equipamentos, capital intelectual, pesquisa) que podem encontrar-se em mercados específicos, como o de crédito, capitais, câmbio etc.

2.1. ESTRUTURA GERAL DAS POLÍTICAS ECONÔMICAS

A política econômica está focada na retomada do crescimento econômico e em seu desenvolvimento — com a criação de empregos, distribuição de renda e reformas institucionais — e ainda está fundamentalmente preocupada com a inclusão social.

De acordo com estes cenários, as políticas econômicas podem ser divididas em pelo menos quatro áreas de atuação:

Política Monetária

• gestão da moeda e do crédito;

• emissão da moeda e controle sobre seu cunho forçado;

Ver todos os capítulos
Medium 9788530966744

Capítulo 12 – Bolsas de Valores e Mercado de Ações

MENESES, Anderson; MARIANO, Fabrício Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 12

Bolsas de Valores e Mercado de Ações

A bolsa de valores é o local onde se compram e vendem ações. Tais operações são realizadas por corretoras devidamente autorizadas. Por definição podemos dizer que bolsas de valores são associações sem fins lucrativos que representam a reunião de recursos provenientes da aquisição do título do sócio patrimonial por algumas corretoras.

No Brasil, temos duas bolsas, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) e a

BMF. Na Bovespa negociam-se ações e derivativos de ações possíveis, e na BMF negociam-se ativos à vista e derivativos sobre ativos financeiros e agropecuários.

Na Bovespa, o investidor pode atuar à vista, neste caso tem-se a liquidação física

(entrega da ação pelo vendedor) e financeira (pagamento das ações pelo comprador) em três dias.

12.1. BOVESPA

• A Bovespa não pertence ao governo, mas às corretoras de valores.

• Cada corretora-membro é dona de um título patrimonial dessa associação civil, que é a Bovespa.

Ver todos os capítulos
Medium 9788530966744

Capítulo 1 – Fundamentos: Sistema Financeiro Nacional, Conselho Monetário Nacional, Banco Central e Moeda

MENESES, Anderson; MARIANO, Fabrício Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 1

Fundamentos: Sistema Financeiro

Nacional, Conselho Monetário

Nacional, Banco Central e Moeda

1.1. SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL (SFN)

O SFN é o conjunto de instituições que tem como objetivo manter o fluxo de recursos entre os agentes superavitários e deficitários, assim como a estrutura e confiança da moeda.

De acordo com a definição acima, pode-se esclarecer o conceito de mercado financeiro, assim como o conceito de intermediação financeira.

• MERCADO FINANCEIRO: O mercado financeiro existe para viabilizar a troca de recursos entre diversos agentes econômicos.

• INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA: É uma atividade que tem a finalidade de viabilizar o atendimento das necessidades financeiras manifestadas pelos agentes econômicos. Em regra, deve-se aplicar o excedente monetário com o menor risco possível.

Assim, pode-se inferir uma tabela sobre a estrutura do SFN no que se refere aos

órgãos normativos, entidades supervisoras e operadores. Veja a estrutura a seguir.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos