90887 capítulos
Medium 9788527734264

18 - Exercício da Enfermagem e Paciente Terminal

OGUISSO, Taka; SCHMIDT, Maria José Grupo Gen PDF Criptografado

18

Exercício da Enfermagem e Paciente Terminal

Maria José Schmidt e Taka Oguisso

Introdução

São considerados pacientes terminais aqueles que sofrem de uma enfermidade incurável e com prognóstico fechado, assim como os que estão em processo irreversível de morte. A morte é uma certeza indeterminada, pessoal e intransferível que tem uma dimensão biológica, psicológica, filosófica, espiritual e religiosa, além de social e econômica. Em suma, a morte faz parte do ciclo vital.

Se o nascer traz luz, alegria e esperança, a morte traz insegurança, medo, angústia, sensação de fim e trevas.

Para o moribundo, é um acontecimento místico, cheio de sentimentos de fim e de adeus. Nesse momento, não importa o acúmulo de bens materiais. Só importam o apoio e o consolo de seus familiares e amigos. É importante também a fé no sobrenatural. Para a família, pode ser uma grande perda, um sofrimento, não importa a idade. Às vezes, pode trazer alívio porque termina o sofrimento do paciente, ou porque não haverá mais despesas com um tratamento considerado inútil. Outras vezes também pode trazer alegria pela perspectiva de uma herança, pois a morte abre as portas da sucessão.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577806935

Capítulo 20. Aplicações de Opções e Finanças Empresariais

Jonathan Berk, Peter DeMarzo, Jarrad Harford Grupo A PDF Criptografado

20

Aplicações de Opções e

Finanças Empresariais

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

◗ Compreender a terminologia básica das opções

◗ Familiarizar-se com a Fórmula de

Precificação de Opções de Black-Scholes

◗ Explicar a diferença entre opções de compra e de venda, como elas realizam payoff, e o lucro obtido por deter cada uma delas até o vencimento

◗ Descrever a relação que tem que ser válida entre os preços de opções de compra e de venda das mesmas ações

◗ Analisar os fatores que afetam os preços das opções

notação

PV

valor presente

Div

dividendo

◗ Demonstrar como as opções são aplicáveis em finanças empresariais

NPV

valor presente líquido

ENTREVISTA COM

E NTREVISTA COM

Dan Ross, Simon-Kucher & Partners

Como diretor do escritório de consultores globais Simon-Kucher & Partners em Cambridge, Massachusetts, Dan Ross ajuda seus clientes do ramo farmacêutico e de biotecnologia a avaliar o valor de medicamentos potenciais durante sua etapa inicial de desenvolvimento, na qual há altos riscos envolvidos. “Como o ativo – neste caso um medicamento que pode não chegar ao mercado antes de uma década, se chegar – acarreta muito mais risco de desenvolvimento do que ativos de etapas posteriores, as técnicas tradicionais de avaliação não são suficientes”. Dan, que obteve seu bacharelado pela San Diego State University em 1999 e seu MBA pela Stanford University em 2005, utiliza “a técnica de avaliação mais comum, que reúne a modelagem do fluxo de caixa descontado, análises de transações anteriores e valores comparáveis de ativos (se houver tais valores disponíveis).”

Ver todos os capítulos
Medium 9788521617112

CAPÍTULO 22 - O Campo Elétrico II: Distribuições Contínuas de Cargas

Paul A. Tipler, Gene Mosca Grupo Gen PDF Criptografado

22

C A P Í T U L O

O Campo Elétrico II:

Distribuições Contínuas de Cargas

22-1

22-2

22-3

22-4

22-5

*22-6

S

Calculando E da Lei de Coulomb

Lei de Gauss

RELÂMPAGO É UM FENÔMENO ELÉTRICO.

DURANTE UM RAIO, CARGAS SÃO

TRANSFERIDAS ENTRE AS NUVENS E O

SOLO. A LUZ QUE SE ENXERGA PROVÉM

DE MOLÉCULAS DE AR RETORNANDO A

ESTADOS DE MENOR ENERGIA.

(Photo Disc.)

?

Como você calcularia a carga na superfície da Terra?

(Veja o Exemplo 22-15.)

S

Usando Simetria para Calcular E com a Lei de Gauss

Descontinuidade de En

Carga e Campo em Superfícies Condutoras

A Equivalência da Lei de Gauss e da Lei de Coulomb na Eletrostática

E

m uma escala microscópica, a carga elétrica é quantizada. Entretanto, freqüentemente ocorrem situações nas quais muitas cargas estão tão próximas entre si que a carga pode ser considerada uma grandeza distribuída de forma contínua. Aplicamos o conceito de densidade de carga à semelhança do que fazemos para descrever a matéria.

Ver todos os capítulos
Medium 9788565848916

Capítulo 4 - Como escrever um artigo empírico

Sílvia H. Koller, Maria Clara Pinheiro de Paula Couto, Jean Von Hohendorff Grupo A PDF Criptografado

4

Como escrever um artigo empírico

Manoela Ziebell de Oliveira

Um dos primeiros conhecimentos que pesquisadores adquirem sobre sua rotina de trabalho é que a publicação de um artigo científico é uma longa e complexa empreitada. O principal objetivo deste capítulo é auxiliar você na elaboração de artigos empíricos com boas chances de publicação por meio da apresentação de um roteiro operacional. Ele é destinado tanto àqueles que nunca submeteram um artigo empírico para um periódico científico quanto aos que já tiveram seus artigos prontamente rejeitados ou aceitos. O texto a seguir foi organizado de acordo com os seguintes tópicos: como planejar um artigo empírico, como escrevê-lo, sua estrutura e como reescrevê-lo e aperfeiçoá-lo. Cada tópico apresentará orientações gerais e exemplos que poderão ajudar os autores a compreender melhor o que devem fazer e o que devem evitar ao (re)escrever seu artigo empírico. Você perceberá que, de maneira geral, não serão feitas distinções entre artigos quantitativos e qualitativos, pois a estrutura de ambos deve ser semelhante. No entanto, quando for necessário, as diferenças serão ressaltadas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788547232092

Introdução

Vânia Morales Sierra Editora Saraiva PDF Criptografado

Capítulo 7

O Serviço Social e o Poder Judiciário

Introdução

Neste capítulo, será feita uma revisão da literatura, retomando brevemente o histórico da profissão e sua relação com o Poder Judiciário e as instituições sociojurídicas, com destaque para a emergência do projeto ético-político e os encaminhamentos profissionais. Com uma breve abordagem sobre os requisitos do assistente social como perito nos processos judiciais e as questões éticas que atravessam a atividade, serão apresentados relatos de experiências recentes, articulados à discussão sobre a ética profissional e os desafios postos na atuação do assistente social.

A atuação do Serviço Social no Poder Judiciário Federal e sua influência nas questões que envolvem a Seguridade Social, principalmente no tocante aos processos que têm como objeto a Seguridade Social, também serão discutidos. Todas as questões abordadas são respostas às expressões da questão social, aprofundada com a crise da ordem capitalista, que se apresenta na forma de conflitos individuais ao Poder Judiciário.1

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos