Procedimentos de Enfermagem - Guia Prático

Visualizações: 822
Classificação: (0)

Este não é mais um livro sobre procedimentos de enfermagem. É o melhor! O texto aborda experiências brasileiras, reflete a realidade de nosso país - em geral muito distinta daquela dos manuais traduzidos - e contempla as melhores práticas de cuidados de enfermagem. O conteúdo que deu origem a esta obra foi elaborado por docentes e enfermeiros da UNIFESP - e reflete a forte e longa experiência desse grupo. Ademais, o material foi posto à prova e validado no Hospital São Paulo, que tem mais de 700 leitos e é vinculado a essa universidade federal que tem respeitados cursos de graduação e de pós-graduação em enfermagem, considerados referência em termos de bom ensino.

9 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Parte 1 - Cuidados com a Pele

PDF Criptografado

1

Parte Cuidados com a Pele

Seção 1.1 Higienização, 2

1.1.1 Banho de aspersão, 2

1.1.2 Banho de aspersão com ajuda, 3

1.1.3 Banho no leito, 4

1.1.4 Degermação das mãos, 6

1.1.5 Higienização das mãos, 6

1.1.6 Higienização da cânula de traqueostomia, 8

1.1.7 Higienização da cavidade oral do paciente acamado, 10

1.1.8 Higienização da cavidade oral do paciente inconsciente, 11

1.1.9 Higienização da região íntima feminina, 12

1.1.10 Higienização da região íntima masculina, 13

1.1.11 Higienização do cabelo e do couro cabeludo, 14

1.1.12 Remoção de pedículos e lêndeas, 15

1.1.13 Troca de bolsa de colostomia ou ileostomia de uma peça, 17

1.1.14 Troca de bolsa de colostomia ou ileostomia de duas peças, 19

1.1.15 Troca de bolsa de urostomia de uma peça, 21

1.1.16 Troca de bolsa de urostomia de duas peças, 24

Carmagnani 01 novo.indd 1

Seção 1.2 Curativo, 26

1.2.1 Curativo em ferida aberta, 26

 

Parte 2 - Cuidados Nutricionais

PDF Criptografado

2

Parte Cuidados

Nutricionais

2.1 Administração de nutrição enteral, 48

2.2 Administração de nutrição parenteral, 51

2.3 Sondagem nasoenteral, 53

2.4 Sondagem nasogástrica, 56

Bibliografia, 59

Carmagnani 02.indd 47

7/27/09 11:12:53 AM

48

Cuidados Nutricionais

2.1 � Administração de nutrição enteral

Objetivo

Oferecer alimento em forma líquida aos pacientes incapazes de deglutir (p. ex., em ventilação mecânica, graves, inconscientes) ou desnutridos, por meio de sondas (gástrica ou enteral), utilizando o trato gastrintestinal.

Aplicação

Aos pacientes internados, usuários de sonda gástrica ou enteral com prescrição médica de dieta.

Responsabilidade

Enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem.

Material

Bandeja com equipo para dieta enteral, suporte de soro, luvas de procedimento (para lavar a sonda), seringa de

10 ml, estetoscópio, água filtrada.

Carmagnani 02.indd 48

 

Parte 3 - Cuidados com Eliminações

PDF Criptografado

3

Parte Cuidados com

Eliminações

Seção 3.1 Eliminações Gastrintestinais, 62

3.1.1 Esvaziamento e higienização da bolsa de colostomia e ileostomia, 62

3.1.2 Lavagem intestinal, 64

3.1.3 Lavagem intestinal pela colostomia, 66

Seção 3.2 Eliminações Urinárias, 69

3.2.1 Instalação de dispositivo para incontinência urinária masculino, 69

3.2.2 Lavagem de sonda vesical, 70

3.2.3 Sondagem vesical de alívio em homem, 71

3.2.4 Sondagem vesical de alívio em mulher, 73

3.2.5 Sondagem vesical de demora em homem, 74

3.2.6 Sondagem vesical de demora em mulher, 76

3.2.7 Verificação de diurese, 79

Bibliografia, 81

Carmagnani 03.indd 61

7/27/09 11:32:38 AM

Seção 3.1

62

Cuidados com Eliminações

Eliminações

Gastrintestinais

3.1.1 � Esvaziamento e higienização da bolsa de colostomia e ileostomia

Objetivo

Proporcionar conforto e bem-estar ao paciente.

Aplicação

 

Parte 4 - Cuidados Respiratórios

PDF Criptografado

4

Parte Cuidados

Respiratórios

Seção 4.1 Aspiração de Vias Respiratórias, 84

4.1.1 Aspiração da cânula endotraqueal, 84

4.1.2 Aspiração da cânula de traqueostomia, 86

Seção 4.2 Drenagem Torácica, 89

4.2.1 Auxílio na drenagem torácica, 89

4.2.2 Auxílio na retirada de dreno torácico, 90

4.2.3 Instalação de dispositivo para aspiração contínua em drenagem torácica, 92

4.2.4 Troca de frasco de drenagem torácica, 93

4.2.5 Troca de selo d’água do frasco de drenagem torácica, 94

Seção 4.3 Precauções, 95

4.3.1 Precauções respiratórias para aerossóis, 95

4.3.2 Precauções respiratórias para gotículas, 96

Seção 4.4 Oxigenoterapia, 97

4.4.1 Oxigenoterapia por cateter nasal, 97

4.4.2 Oxigenoterapia por inalação, 99

4.4.3 Oxigenoterapia por máscara de nebulização de Venturi, 100

Seção 4.5 Toracocentese, 102

4.5.1 Auxílio na toracocentese, 102

Bibliografia, 104

Carmagnani 04.indd 83

 

Parte 5 - Verificação de Parâmetros Clínicos

PDF Criptografado

5

Parte Verificação

de Parâmetros

Clínicos

5.1.1 Verificação de frequência respiratória, 106

5.1.2 Verificação de glicemia capilar, 107

5.1.3 Verificação de glicosúria e cetonúria, 108

5.1.4 Verificação do peso corpóreo, 109

5.1.5 Verificação da pressão arterial, 110

5.1.6 Verificação de pressão venosa central, 113

5.1.7 Verificação do pulso apical ou da frequência cardíaca, 114

5.1.8 Verificação do pulso periférico, 116

5.1.9 Verificação da temperatura axilar, 118

5.1.10 Verificação da temperatura oral, 119

5.1.11 Verificação da temperatura retal, 120

Bibliografia, 121

Carmagnani 05.indd 105

7/27/09 1:39:14 PM

106

Verificação de Parâmetros Clínicos

5.1.1 � Verificação de frequência respiratória

Objetivo

Avaliar o funcionamento do sistema respiratório.

Aplicação

Aos pacientes internados, ambulatoriais e de pronto atendimento com prescrição médica e/ou de enfermagem.

 

Parte 6 - Procedimentos Intravasculares

PDF Criptografado

6

Parte Procedimentos

Intravasculares

6.1.1 Punção venosa periférica, 124

6.1.2 Retirada de cateter venoso central, 129

6.1.3 Salinização de cateter venoso periférico, 131

6.1.4 Auxílio na inserção de cateter venoso central, 134

Bibliografia, 138

Carmagnani 06 novo.indd 123

7/27/09 4:57:38 PM

124

Procedimentos Intravasculares

6.1.1 � Punção venosa periférica

Objetivo

Instalar cateter em trajeto venoso periférico para coleta de sangue venoso; infusão contínua de soluções; administração de medicamentos; manutenção de uma via de acesso venosa; administração intermitente de medicamentos (por meio da salinização do cateter).

Aplicação

Aos pacientes internados, ambulatoriais e de pronto atendimento, com indicação clínica.

Responsabilidade

Enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

Material

Bandeja, garrote, álcool a

70%, bolas de algodão, cateter venoso apropriado, esparadrapo ou fita adesiva hipoalergênica, luvas de procedimento.

 

Parte 7 - Administração de Medicamentos

PDF Criptografado

7

Parte Administração de Medicamentos

7.1 Administração de medicamentos por via dermatológica, 140

7.2 Administração de medicamentos por via intradérmica, 142

7. 3 Administração de medicamentos por via intramuscular, 145

7.4 Administração de medicamentos por via intravenosa, 149

7. 5 Administração de medicamentos por via nasal, 153

7.6 Administração de medicamentos por via oftálmica, 155

7.7 Administração de medicamentos por via oral, 158

7.8 Administração de medicamentos por via otológica, 159

7.9 Administração de medicamentos por via peridural, 162

7.10 Administração de medicamentos por via retal, 165

7.11 Administração de medicamentos via sonda enteral, 168

7.12 Administração de medicamentos por via subcutânea, 170

7.13 Administração de medicamentos por via sublingual, 174

7.14 Administração de medicamentos por via vaginal, 176

Bibliografia, 178

Carmagnani 07.indd 139

7/29/09 10:30:39 AM

 

Parte 8 - Coleta de Material para Exames

PDF Criptografado

8

Parte Coleta de

Material para

Exames

8.1 Coleta de escarro para exame bacterioscópico ou cultura, 180

8.2 Coleta de fezes para coprocultura, 181

8.3 Coleta de fezes para exame protoparasitológico, 182

8.4 Coleta de ponta de cateter intravascular para cultura, 183

8.5 Coleta de sangue arterial para gasometria, 185

8.6 Coleta de sangue venoso, 187

8.7 Coleta de urina para urocultura, 190

8.8 Coleta de urina para análise bioquímica, 192

Bibliografia, 195

Carmagnani 08.indd 179

7/27/09 4:46:30 PM

180

Coleta de Material para Exames

8.1 � Coleta de escarro para exame bacterioscópico ou cultura

Objetivo

Auxiliar no diagnóstico de doenças respiratórias.

Aplicação

Pacientes internados, ambulatoriais e de pronto atendimento com prescrição médica.

Responsabilidade

Enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

Material

Bandeja, papel-toalha, pote de plástico com tampa de rosca, luvas de procedimento.

 

Parte 9 - Outros Procedimentos

PDF Criptografado

9

Parte O utros

Procedimentos

Seção 9.1 Auxílio na parada cardiorrespiratória, 198

9.1.1 Auxílio de enfermagem na reanimação cardiopulmonar, 198

9.1.2 Manuseio do desfibrilador externo automático, 203

Seção 9.2 Preparo do leito, 204

9.2.1 Troca de roupa de cama com o paciente no leito, 204

9.2.2 Preparo do leito para receber paciente, 205

Seção 9.3 Transporte do paciente, 206

9.3.1 Transporte do paciente da cama para a cadeira, 206

9.3.2 Transporte do paciente do leito para a maca, 207

9.3.3 Transporte intra-hospitalar de paciente grave, 208

Seção 9.4 Preparo do corpo após a morte, 210

Bibliografia, 212

Carmagnani 09.indd 197

7/27/09 4:50:13 PM

Seção 9.1

198

Outros Procedimentos

Auxílio na Parada

Cardiorrespiratória

9.1.1 � Auxílio de enfermagem na reanimação cardiopulmonar

Objetivo

Promover reanimação cardiopulmonar (RCP) utilizando manobras de suporte básico de vida.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPPD000205178
ISBN
9788527723725
Tamanho do arquivo
5,1 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados