Medium 9789724422640

Asilo político em tempos de Salazar

Visualizações: 8
Classificação: (0)

Henrique Galvão e Humberto Delgado foram figuras extremamente populares durante o Estado Novo, nos meios oposicionistas não afetos ao Partido Comunista Português. Adversários destemidos do regime salazarista, viram-se ambos obrigados a pedir asilo político em circunstâncias que merecem a recuperação da memória histórica que este livro lhes concede. Enquanto Humberto Delgado o fez a 12 de janeiro 1959, na embaixada do Brasil, em Lisboa, Henrique Galvão formulou um pedido semelhante a 17 de fevereiro do mesmo ano, na representação diplomática da Argentina. Os dois pedidos de asilo transformaram-se rapidamente em acontecimentos políticos de primeira linha, com uma projeção internacional surpreendente. Em causa estavam duas personalidades que exaltavam, por maus motivos, os meios diplomáticos e a opinião pública. Enquanto o general Humberto Delgado tinha acabado de sair de um confronto violento com o regime, o capitão Henrique Galvão arrastava-se por inúmeras prisões ao longo de sete anos. Luís Bigotte Chorão reflete, assim, sobre um tempo de alta tensão política na história do século.

FORMATOS DISPONíVEIS

Impresso

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Format name
Livro impresso
Encrypted
Não
Sku
BPP0000302293
Isbn
9789724422640
File size
0 Bytes
Printing
Desabilitada
Copying
Desabilitada
Read aloud
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados