Medium 9788547224783

Contabilidade básica

Autor(es): Osni Moura Ribeiro
Visualizações: 77
Classificação: (0)

O livro integra uma série especialmente dirigida aos estudantes do curso superior de Ciências Contábeis. Este volume, Contabilidade Básica, apresenta em linguagem simples, clara e objetiva uma introdução ao estudo da Contabilidade, conferindo ao leitor especial domínio sobre o mecanismo do débito e do crédito, conhecimentos indispensáveis para o aprendizado da ciência contábil. Nesta 4ª edição, além das revisões em várias NBCS TGS processadas pelo Conselho Federal de Contabilidade até o início de 2017, também foram contempladas as mudanças introduzidas na legislação brasileira em geral, desde 2005 (ano da 1ª edição) até 2017. Dessa forma, o leitor tem em mãos um conteúdo revisado e atualizado dessa já consagrada obra na área de Contabilidade.

FORMATOS DISPONíVEIS

Disponível no modelo assinatura da Minha Biblioteca

79 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1.1 O desafi o da terminologia

PDF Criptografado

A contabilidade e sua aplicação

1.1 O desafio da terminologia

A

terminologia é um dos desafios enfrentados pelos que iniciam o estudo da contabilidade, pois pode, num primeiro momento, dificultar o entendimento da matéria.

Entre as palavras que mais inquietam o estudante, sobretudo o principiante no estudo da contabilidade, estão débito e crédito.

Débito, na nossa linguagem comum, significa situação negativa, desfavorável; ou saldo negativo na conta-corrente bancária; ou estar em falta com alguém etc. Na terminologia contábil, essa palavra poderá ter esses mesmos significados ou até mesmo assumir uma acepção positiva.

Crédito, no nosso cotidiano, pode representar situação positiva, favorável; ou saldo positivo na conta-corrente bancária; ou ter crédito no mercado (possibilidade de poder comprar a prazo, ter nome limpo na praça) etc. Na terminologia contábil, essa palavra poderá adquirir esses mesmos significados ou até mesmo corresponder à situação negativa.

 

1.2 O conceito de contabilidade

PDF Criptografado

fornecedores, clientes, terceiros, fatos administrativos, atos administrativos, diário, razão, caixa etc.

Se, no decorrer dos seus estudos, você encontrar alguma dificuldade para entender alguma explicação, procure verificar se o problema está no significado de palavras, termos ou expressões técnicas que fazem parte da terminologia contábil. Procure analisar o significado das palavras considerando o contexto do tema em estudo.

1.2  O conceito de contabilidade

Várias são as formas utilizadas pelos doutrinadores, escritores e professores para conceituar ou explicar a importância da contabilidade, como instrumento de controle à disposição de seus usuários, ressaltando seu objeto, objetivo e a sua finalidade.

Todas as formas utilizadas para classificar a contabilidade como método, conjunto de procedimentos, técnica, sistema, arte etc., referem-se às simples facetas ou aos aspectos dessa disciplina, usualmente concernentes à sua aplicação prática, na solução de questões concretas.

 

1.3 Um pouco da história

PDF Criptografado

d. “é a arte de registrar todas as transações de uma companhia, que possam ser expressas em termos monetários. E é também a arte de informar os reflexos dessas transações na situação econômico-financeira dessa companhia” (Nelson Gouveia,

Contabilidade, Editora McGraw-Hill do Brasil).

Finalmente, de acordo com o ramo de atividade desenvolvido pela entidade, haverá também um ramo da contabilidade específico, que a ela se aplica como: Contabilidade bancária, Contabilidade comercial, Contabilidade de condomínio, Contabilidade industrial, Contabilidade imobiliária, Contabilidade macroeconômica, Contabilidade hospitalar, Contabilidade agrícola, Contabilidade pastoril, Contabilidade das entidades de fins ideais, Contabilidade de transportes, e outras.

1.3  Um pouco da história

A origem dos procedimentos contábeis, como mecanismo de controle das operações econômicas relativas às compras, às vendas e aos investimentos realizados pelo homem se perde no tempo.

Entretanto, a contabilidade se firmou como ciência, com o advento do método das partidas dobradas, no final do século XV.

 

1.4 O objeto, o objetivo e a finalidade da contabilidade

PDF Criptografado

d. “é a arte de registrar todas as transações de uma companhia, que possam ser expressas em termos monetários. E é também a arte de informar os reflexos dessas transações na situação econômico-financeira dessa companhia” (Nelson Gouveia,

Contabilidade, Editora McGraw-Hill do Brasil).

Finalmente, de acordo com o ramo de atividade desenvolvido pela entidade, haverá também um ramo da contabilidade específico, que a ela se aplica como: Contabilidade bancária, Contabilidade comercial, Contabilidade de condomínio, Contabilidade industrial, Contabilidade imobiliária, Contabilidade macroeconômica, Contabilidade hospitalar, Contabilidade agrícola, Contabilidade pastoril, Contabilidade das entidades de fins ideais, Contabilidade de transportes, e outras.

1.3  Um pouco da história

A origem dos procedimentos contábeis, como mecanismo de controle das operações econômicas relativas às compras, às vendas e aos investimentos realizados pelo homem se perde no tempo.

Entretanto, a contabilidade se firmou como ciência, com o advento do método das partidas dobradas, no final do século XV.

 

1.5 As técnicas contábeis

PDF Criptografado

d. “é a arte de registrar todas as transações de uma companhia, que possam ser expressas em termos monetários. E é também a arte de informar os reflexos dessas transações na situação econômico-financeira dessa companhia” (Nelson Gouveia,

Contabilidade, Editora McGraw-Hill do Brasil).

Finalmente, de acordo com o ramo de atividade desenvolvido pela entidade, haverá também um ramo da contabilidade específico, que a ela se aplica como: Contabilidade bancária, Contabilidade comercial, Contabilidade de condomínio, Contabilidade industrial, Contabilidade imobiliária, Contabilidade macroeconômica, Contabilidade hospitalar, Contabilidade agrícola, Contabilidade pastoril, Contabilidade das entidades de fins ideais, Contabilidade de transportes, e outras.

1.3  Um pouco da história

A origem dos procedimentos contábeis, como mecanismo de controle das operações econômicas relativas às compras, às vendas e aos investimentos realizados pelo homem se perde no tempo.

Entretanto, a contabilidade se firmou como ciência, com o advento do método das partidas dobradas, no final do século XV.

 

1.6 O campo de aplicação da contabilidade

PDF Criptografado

escrituração: o registro de todos os acontecimentos que ocorrem no dia a dia das empresas e que provocam modificações no patrimônio. Esses acontecimentos classificados em atos ou fatos administrativos são registrados em livros próprios por meio do mecanismo do débito e do crédito. Os principais livros de escrituração utilizados pela contabilidade são o diário e o razão. demonstrações contábeis: quadros técnicos que apresentam dados extraídos dos registros contábeis da empresa. As demonstrações contábeis mais conhecidas são o

Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício. auditoria: verificação da exatidão dos dados contidos nas demonstrações contábeis, por meio do exame minucioso dos registros contábeis e dos documentos que deram origem a eles. análise de balanços: exame e interpretação dos dados contidos nas demonstrações contábeis, com o fim de transformar esses dados em informações úteis aos diversos usuários da contabilidade. consolidação de balanços: unificação das demonstrações contábeis da empresa controladora e de suas controladas, visando apresentar a situação econômica e financeira de todo o grupo, como se fosse uma única empresa.

 

1.7 Quem usa as informações contábeis

PDF Criptografado

de organizações: instituições governamentais; empresas públicas; particulares e mistas; instituições com finalidades sociais ou socioeconômicas. Todas elas devem ser adequadamente organizadas e bem controladas para que possam atingir seus objetivos da melhor maneira possível. Esses controles são efetuados, como vimos, pela Contabilidade por meio de suas técnicas. Esse é o campo de aplicação da Contabilidade.

1.7  Quem usa as informações contábeis

Os usuários das informações contábeis são pessoas físicas e jurídicas que as utilizam para registrar e controlar a movimentação de seus patrimônios, bem como, aqueles que, direta ou indiretamente, tenham interesse nesse controle; na apuração de resultados; na avaliação da situação patrimonial, econômica e financeira; na análise do desempenho e do desenvolvimento da entidade, como titulares (empresas individuais),1 sócios, acionistas (empresas societárias), gerentes, administradores, governo (Fisco), fornecedores, clientes, bancos etc.

 

1.8 O mercado de trabalho do contabilista

PDF Criptografado

de organizações: instituições governamentais; empresas públicas; particulares e mistas; instituições com finalidades sociais ou socioeconômicas. Todas elas devem ser adequadamente organizadas e bem controladas para que possam atingir seus objetivos da melhor maneira possível. Esses controles são efetuados, como vimos, pela Contabilidade por meio de suas técnicas. Esse é o campo de aplicação da Contabilidade.

1.7  Quem usa as informações contábeis

Os usuários das informações contábeis são pessoas físicas e jurídicas que as utilizam para registrar e controlar a movimentação de seus patrimônios, bem como, aqueles que, direta ou indiretamente, tenham interesse nesse controle; na apuração de resultados; na avaliação da situação patrimonial, econômica e financeira; na análise do desempenho e do desenvolvimento da entidade, como titulares (empresas individuais),1 sócios, acionistas (empresas societárias), gerentes, administradores, governo (Fisco), fornecedores, clientes, bancos etc.

 

2.1 Conceito e defi nição

PDF Criptografado

O patrimônio

2.1 Conceito e definição

P

atrimônio é um conjunto de bens, direitos e obrigações de uma pessoa, avaliado em moeda. Sendo assim, pode ser visualizado da seguinte maneira:

Patrimônio

Bens

Direitos

Obrigações

2.1.1 Bens

Bens são objetos capazes de satisfazer às necessidades humanas e que são suscetíveis de avaliação econômica. Ao entrar em um supermercado, por exemplo, encontramos inúmeros objetos, como balcões, vitrinas, equipamentos emissores de cupons fiscais e uma infinidade de mercadorias expostas para venda em gôndolas, prateleiras, displays etc. Todos esses objetos são os bens que o supermercado possui.

Do ponto de vista contábil, bens são todos os objetos que uma empresa possui, seja para uso ou troca, seja para consumo. Para exemplificar, tomemos por modelo uma empresa que comercialize calçados, admitindo que ela possua somente os seguintes bens: balcão, prateleira, vitrina, equipamento emissor de cupom fiscal, espelho, calçados para venda (mercadorias), papel para embalagem, material para limpeza da loja, meio quilo de pó de café e uma pequena quantia em dinheiro. Nesse caso, temos:

 

2.2 Aspectos qualitativo e quantitativo do patrimônio

PDF Criptografado

Os direitos originam-se não só das vendas de mercadorias a prazo, como também das vendas a prazo de outros bens ou serviços, ou ainda em decorrência de outras transações, como é o caso de aluguel de bens móveis ou imóveis, empréstimos de dinheiro efetuados a terceiros etc.

Os direitos, normalmente, aparecem registrados nos livros contábeis da empresa com o nome do elemento representativo do respectivo direito, seguido da expressão

“a Receber”. Exemplos:

ELEMENTOS

EXPRESSÃO

Duplicatas

Promissórias

Aluguéis

a Receber a Receber a Receber

2.1.3 Obrigações

Obrigações representam os valores que a empresa tem para pagar a terceiros. Nesse caso, terceiros são: fornecedores, bancos, empregados, governo etc.

As obrigações podem se originar não só das compras de mercadorias a prazo, como também das compras a prazo de outros bens ou serviços ou, ainda, em decorrência de outras transações, como é o caso de aluguel de bens móveis ou imóveis, de empréstimos de dinheiro captados em estabelecimentos bancários etc.

 

2.3 Representação gráfica do patrimônio

PDF Criptografado

2.3  Representação gráfica do patrimônio

Para tornar mais fácil e didático o que é patrimônio (ponto de partida para entender com clareza todo o mecanismo que envolve o processo contábil), vamos representá-lo por meio de um gráfico em forma de “T”:

O “T”, como vemos, tem dois lados: no esquerdo, colocamos os bens e os direitos; e no direito, as obrigações. Então, a representação gráfica do patrimônio fica assim:

PATRIMÔNIO

Bens

Obrigações

Direitos

Nessa representação gráfica, temos, de um lado, os bens e os direitos, que formam o grupo dos elementos positivos; e, do outro lado, as obrigações, que formam o grupo dos elementos negativos.

PATRIMÔNIO

ELEMENTOS POSITIVOS

Bens

Direitos

Caixa (dinheiro)

Estoque de Mercadorias

Móveis e Utensílios

Duplicatas a Receber

Promissórias a Receber

ELEMENTOS NEGATIVOS

Obrigações

Duplicatas a Pagar

Aluguéis a Pagar

Impostos a Pagar

 

2.4 Situação líquida patrimonial

PDF Criptografado

(continuação)

N.

ELEMENTOS

A

B

C

6

Casa

................

................

................

7

Clientes

................

................

................

8

Computadores

................

................

................

9

Dinheiro

................

................

................

10

Duplicatas a Pagar

................

................

................

11

Duplicatas a Receber

................

................

................

12

Fornecedores

................

................

................

13

Imóveis

................

................

................

14

Impostos a Pagar

................

................

................

*

15

Instalações

................

................

 

2.5 Equação básica do patrimônio

PDF Criptografado

2.4.1.4 Ativo igual à situação líquida

Não há obrigações, existindo apenas elementos positivos. Nesse caso, a situação líquida é positiva.

Essa situação é comum quando a empresa encontra-se na fase de constituição, em que o Ativo e a situação líquida são maiores que zero, porém o Passivo é igual a zero.

BALANÇO PATRIMONIAL

ATIVO

PASSIVO

Bens ..........................................................200 (1) Situação líquida.....................................100

Direitos..................................................100

Total ...........................................................300 Total............................................................100

2.4.1.5 Situação líquida igual ao Passivo

Não há Ativo, apenas obrigações. Nesse caso, a situação líquida é negativa:

BALANÇO PATRIMONIAL

ATIVO

PASSIVO

Obrigações ................................................200

(2) Situação líquida.............................(200)

 

2.6 Patrimônio Líquido

PDF Criptografado

A situação líquida é positiva de 410.

Desenvolva da mesma forma as Atividades práticas 2, 3 e 4:

Prática 2

Veículos............................................4.000

Móveis e Utensílios............................2.000

Máquinas e Equipamentos..................1.000

Caixa...............................................1.000

Promissórias a Pagar..........................2.000

Impostos a Pagar............................ 5.000

Duplicatas a Pagar.......................... 7.000

Títulos a Receber................................ 500

Aluguéis a Receber............................ 500

Prática 3

Imóveis.............................................6.000

Veículos............................................1.500

Títulos a Pagar...................................5.000

Títulos a Receber............................. 3.000

Aluguéis a Pagar............................ 1.000

Impostos a Pagar............................ 4.500

 

2.7 Formação do patrimônio e suas variações

PDF Criptografado

2.7  Formação do patrimônio e suas variações

2.7.1 Introdução

Para constituir uma empresa, é preciso que se tenha, inicialmente, um capital.

Quando a empresa está sendo constituída, a palavra capital é usada para representar o conjunto de elementos que o proprietário da empresa possui para montar seu negócio e, consequentemente, iniciar as suas atividades.

Vera Lúcia vai abrir uma butique. Ela possui, para esse fim, $ 60.000 em dinheiro.

Logo, esses $ 60.000 são seu capital.

O capital inicial pode ser composto por: a. somente dinheiro; b. parte em dinheiro e parte em outros bens; c. parte em dinheiro, parte em outros bens e parte em direitos.

Suponhamos que uma pessoa deseje iniciar suas atividades (abrir uma empresa para comercializar materiais para construção) e possua $ 30.000 em dinheiro e um caminhão no valor de $ 50.000. Nesse caso, seu capital inicial é de $ 80.000.

Esse capital, ou seja, a soma dos valores com que o proprietário constitui uma empresa pode receber várias denominações: a. b. c. d. e.

 

2.8 Origens e aplicações dos recursos

PDF Criptografado

ATIVIDADE PRÁTICA

Represente, por meio do Balanço Patrimonial, a situação do patrimônio da empresa individual de Vera Lúcia Pereira Ribeiro, após cada fato ocorrido.

1. Vera Lúcia inicia suas atividades comerciais com um capital de $ 80.000, em dinheiro:

2. Compras à vista (em dinheiro): a) Móveis e Utensílios....................................................................................3.000 b) Um automóvel..........................................................................................25.000 c) Mercadorias.............................................................................................20.000

3. Compras de Mercadorias a prazo, mediante aceite de duplicatas, no valor de $ 30.000.

4. Compra, a prazo, de uma casa no valor de $ 100.000, mediante emissão de notas promissórias.

5. Vendas de Mercadorias: a) à vista.......................................................................................................10.000 b) a prazo, mediante aceite de duplicatas.....................................................8.000

 

3.1 Conceito

PDF Criptografado

Contas

3.1 Conceito

N

a sua linguagem cotidiana, o que representa a palavra conta? Você poderá responder: uma operação aritmética de soma, subtração, multiplicação ou divisão; a conta de água e esgoto, energia elétrica ou telefone que temos de pagar; uma conta-corrente bancária; conta a pagar na loja, na padaria, no açougue etc.

Do ponto de vista técnico, conta é o nome dado aos componentes patrimoniais (bens, direitos, obrigações e Patrimônio Líquido) e aos elementos de resultado (despesas e receitas).

Até agora, quando nos referimos aos componentes patrimoniais, falamos em elementos. Por exemplo: elemento Caixa, elemento Veículos, elemento Móveis e Utensílios, elemento Duplicatas a Pagar. Agora, não apresentaremos nada de novo; simplesmente, quando nos referirmos aos componentes patrimoniais, não diremos elementos e sim contas (conta Caixa, conta Veículos, conta Móveis e Utensílios, conta Duplicatas a Pagar etc.).

Para que servem as contas? É por meio das contas que a contabilidade consegue desempenhar seu papel de registrar e controlar todos os acontecimentos responsáveis pela gestão do patrimônio. Por isso, elas são tratadas com muita atenção pelos contabilistas.

 

3.2 Classificação das Contas

PDF Criptografado

contábeis, existe uma conta (caixa, ficha) para cada elemento, seja ele do grupo dos bens, dos direitos, das obrigações, do Patrimônio Líquido, das despesas ou das receitas.

Portanto, todos os acontecimentos que ocorrem na empresa, responsáveis pela gestão do seu patrimônio, como as compras, as vendas, os pagamentos, os recebimentos etc., são registrados por meio das contas em livros próprios.

Nota

n �Para a contabilidade, os títulos das contas são considerados nomes próprios, motivo

pelo qual, a partir daqui, são escritos sempre com letras maiúsculas, critério adotado parcialmente no capítulo anterior.

3.2  Classificação das Contas

As contas podem ser classificadas de acordo com vários critérios. Daremos prioridade, neste momento, ao que as divide em dois grupos (teoria patrimonialista):1 a. contas patrimoniais; b. contas de resultado.

3.2.1  Contas patrimoniais

Já estudamos as contas patrimoniais: são aquelas que representam os bens, os direitos, as obrigações e o Patrimônio Líquido. Dividem-se em ativas e passivas e são elas que representam o patrimônio da empresa num dado momento, por meio do Balanço

 

Carregar mais


Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
Subscription
Criptografado
Não
SKU
BPDS000304641
ISBN
9788547224806
Tamanho do arquivo
0 Bytes
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados