O Mundo da Criança

Visualizações: 74
Classificação: (0)

Nesta nova edição de O mundo da criança, Martorell, Papalia e Feldman mantêm a ampla cobertura multicultural característica das edições anteriores, equilibrando informações provenientes de pesquisas – com destaque para as descobertas da neurociência cognitiva – e tópicos de aplicação da vida real.

FORMATOS DISPONíVEIS

eBook

Disponível no modelo assinatura da Minha Biblioteca

17 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Capítulo 1. Estudando o mundo da criança

PDF Criptografado

Capítulo

1

Sumário

O estudo do desenvolvimento infantil: antes e agora

O estudo do desenvolvimento infantil: conceitos básicos

Influências no desenvolvimento

Um consenso em desenvolvimento

Você sabia que…

NN

Em algumas sociedades não existe o conceito de adolescência?

NN

Atualmente há muitos acadêmicos que concordam que “raça” não é um conceito que possa ser provado com bases biológicas?

NN

Mais de 16 milhões de crianças norte-americanas vivem na pobreza e estão em risco de ter problemas de saúde, cognitivos, emocionais e de comportamento?

Neste capítulo, descrevemos como o estudo do desenvolvimento infantil tem avançado. Identificamos aspectos do desenvolvimento e mostramos como se interrelacionam. Resumimos os principais desenvolvimentos durante cada um dos períodos da vida da criança e abordamos as influências sobre o desenvolvimento e os contextos em que ocorrem.

Estudando o mundo da criança

 

Capítulo 2. O mundo da criança: como nós o descobrimos

PDF Criptografado

Capítulo

2

Sumário

Questões teóricas básicas

Perspectivas teóricas

Métodos de pesquisa

Ética da pesquisa

Você sabia que…

NN

As teorias nunca são “cláusulas pétreas”; estão sempre abertas à mudança como resultado de novas descobertas?

NN

As crianças moldam o seu mundo enquanto o mundo as vai moldando?

NN

A pesquisa transcultural nos permite determinar quais aspectos do desenvolvimento são universais e quais são influenciados pela cultura?

Neste capítulo, apresentamos uma visão geral das principais teorias do desenvolvimento humano e dos métodos de pesquisa usados para estudá-lo. Na primeira parte do capítulo, apresentamos questões importantes e perspectivas teóricas que fundamentam muitas pesquisas sobre o desenvolvimento infantil. No restante do capítulo, observamos como os pesquisadores reúnem e avaliam informações para que, à medida que avançar na leitura deste livro, você seja capaz de julgar melhor se as descobertas e as conclusões das pesquisas se fundamentam em bases sólidas.

 

Capítulo 3. Formação de uma nova vida: concepção, hereditariedade e ambiente

PDF Criptografado

Capítulo

3

Sumário

Concebendo uma nova vida

Infertilidade

Mecanismos da hereditariedade

Anomalias genéticas e cromossômicas

Natureza e ambiente: influências da hereditariedade e do ambiente

Algumas características influenciadas pela hereditariedade e pelo ambiente

Você sabia que…

NN

Gêmeos “idênticos” não são necessariamente iguais?

NN

Há mais de mil testes genéticos para ajudar os médicos a esclarecer diagnósticos, selecionar tratamentos adequados e identificar pessoas com alto risco de determinadas condições preveníveis?

NN

Mesmo em características com forte base hereditária, o ambiente pode ter um impacto substancial?

Começamos este capítulo examinando a forma como a vida é concebida. Consideramos os mecanismos e os padrões de hereditariedade – os fatores hereditários que afetam o desenvolvimento e a forma como o aconselhamento genético pode ajudar os casais a tomar a decisão de se tornarem pais. Examinamos como a hereditariedade e o ambiente trabalham juntos e como podem ser compreendidos seus efeitos sobre o desenvolvimento.

 

Capítulo 4. Gravidez e desenvolvimento pré-natal

PDF Criptografado

Capítulo

4

Sumário

Desenvolvimento pré-natal: três etapas

Desenvolvimento pré-natal: influências ambientais

Monitorando e promovendo o desenvolvimento pré-natal

Você sabia que…

NN

Apenas 10 a 20% dos óvulos fecundados são implantados na parede uterina e continuam a se desenvolver?

NN

Em estágios mais avançados da gravidez, os fetos podem aprender e lembrar enquanto estão no útero e reagem à voz da mãe?

NN

O número de partos de mulheres na faixa dos 40 anos mais do que duplicou entre 1990 e 2006?

Começamos por considerar a experiência da gravidez.

Acompanhamos como o óvulo fecundado torna-se um embrião e depois um feto, que já mostra sinais de uma personalidade própria. Discutimos os fatores ambientais que podem afetar a futura criança, as técnicas para determinar se o desenvolvimento está ocorrendo normalmente e a importância da assistência antes da concepção e no período pré-natal.

Gravidez e desenvolvimento pré-natal

 

Capítulo 5. O nascimento e o recém-nascido

PDF Criptografado

Capítulo

5

Sumário

Nascimento e cultura: mudanças no nascimento

O processo de nascimento

O recém-nascido

Complicações do parto – e suas consequências

Os recém-nascidos e os pais

Você sabia que…

NN

As taxas de cesarianas nos Estados Unidos estão entre as mais altas do mundo, em torno de 32% de todos os nascimentos?

NN

Em algumas culturas, os bebês não têm horários regulares de sono e adormecem naturalmente à hora que quiserem?

NN

É mais provável ocorrer problemas nos partos dos meninos do que nos partos das meninas?

Neste capítulo, descrevemos como os bebês vêm ao mundo, como é sua aparência e como funciona seu sistema corporal. Discutimos técnicas utilizadas para avaliar a saúde neonatal e formas de complicações no nascimento que podem afetar o desenvolvimento. Vemos também como o nascimento de um bebê afeta as pessoas mais importantes para o bem-estar da criança: os pais.

O nascimento e o recém-nascido

 

Capítulo 6. Desenvolvimento físico e saúde durante os três primeiros anos

PDF Criptografado

Capítulo

6

Sumário

Crescimento e desenvolvimento físico iniciais

Nutrição e métodos de alimentação

O cérebro e o comportamento reflexo

Capacidades sensoriais iniciais

Desenvolvimento motor

Saúde

Maus-tratos: abuso e negligência

Você sabia que…

NN

A Academia Americana de Pediatria recomenda que os bebês se alimentem exclusivamente por amamentação durante os 6 primeiros meses?

NN

Embora o desenvolvimento inicial do cérebro seja controlado geneticamente, sua estrutura está continuamente sendo modificada pela experiência ambiental, tanto de forma positiva como negativa?

NN

A visão é o sentido menos desenvolvido no nascimento?

NN

As práticas culturais, como o grau de liberdade que os bebês têm para se movimentar, podem afetar a idade em que eles atingem marcos do desenvolvimento motor?

Neste capítulo, exploramos como a percepção sensorial

é concomitante às capacidades motoras crescentes e molda o rápido desenvolvimento do cérebro.

 

Capítulo 7. Desenvolvimento cognitivo durante os três primeiros anos

PDF Criptografado

Capítulo

7

Sumário

Estudando o desenvolvimento cognitivo: seis abordagens

Abordagem behaviorista: os mecanismos básicos da aprendizagem

Abordagem psicométrica: testes de desenvolvimento e de inteligência

Abordagem piagetiana: o estágio sensório-motor

Abordagem do processamento de informações: percepções e representações

Abordagem da neurociência cognitiva: as estruturas cognitivas do cérebro

Abordagem sociocontextual: aprendendo nas interações com cuidadores

Desenvolvimento da linguagem

Você sabia que…

NN

Recém-nascidos com 2 dias preferem ver cenas novas a cenas familiares?

NN

Os surtos de crescimento cerebral coincidem com mudanças do comportamento cognitivo?

NN

Bebês e crianças pequenas cujos pais leem para elas frequentemente aprendem a ler mais cedo?

Neste capítulo, tratamos das habilidades cognitivas de bebês e de crianças até 3 anos, partindo de várias perspectivas: behaviorista, psicométrica, piagetiana, processamento de informações, neurociência cognitiva e sociocontextual. Abordamos o início do desenvolvimento da linguagem e discutimos como ele acontece.

 

Capítulo 8. Desenvolvimento psicossocial durante os três primeiros anos

PDF Criptografado

Capítulo

8

Sumário

Fundamentos do desenvolvimento psicossocial

Questões de desenvolvimento dos bebês

Questões de desenvolvimento do 1o ao 3o ano

Gênero: qual a diferença entre meninos e meninas?

Contato com outras crianças

Filhos de pais que trabalham fora

Você sabia que…

NN

Orgulho, vergonha e culpa são as últimas emoções a serem desenvolvidas?

NN

Conflitos com irmãos e amigos podem ajudar crianças pequenas a aprenderem a negociar e resolver disputas?

NN

O impacto do emprego dos pais e da creche é muito menor do que o das características familiares, como a sensibilidade da mãe para com o filho?

Neste capítulo, traçamos a mudança da dependência para a independência na infância. Examinamos primeiro as bases do desenvolvimento psicossocial: emoções, temperamento, gênero e primeiras experiências com os pais. Consideramos as ideias de Erikson sobre o desenvolvimento da confiança e da autonomia.

 

Capítulo 9. Desenvolvimento físico e saúde na segunda infância

PDF Criptografado

Capítulo

9

Sumário

Aspectos do desenvolvimento fisiológico

Padrões e distúrbios do sono

Desenvolvimento do cérebro

Desenvolvimento motor

Saúde e segurança

Você sabia que…

NN

Duas crianças de 6 anos, normais e saudáveis, podem ter uma diferença de até 50% no volume do cérebro devido a variações no desenvolvimento desse órgão na segunda infância?

NN

Mais de 22 milhões de crianças no mundo são obesas?

NN

No mundo todo, mais de 8 milhões de crianças morrem antes de completarem o quinto aniversário, a maioria devido a causas evitáveis?

À medida que estudarmos o desenvolvimento físico entre

3 e 6 anos, encontraremos outros exemplos de sua relação com os desenvolvimentos cognitivo e psicossocial.

A nutrição e a lateralidade manual são influenciadas por atitudes culturais, e os padrões de sono, por experiências emocionais. As influências ambientais, inclusive as circunstâncias de vida dos pais, afetam a saúde e a segurança.

 

Capítulo 10. Desenvolvimento cognitivo na segunda infância

PDF Criptografado

Capítulo

10

Sumário

Abordagem piagetiana: a criança no estágio pré-operatório

Abordagem do processamento de informação: o desenvolvimento da memória

Inteligência: abordagens psicométrica e vygotskiana

Desenvolvimento da linguagem

Educação na segunda infância

Você sabia que…

NN

Até os 3 anos de idade, a maioria das crianças não entende a relação entre as imagens e os objetos que elas representam?

NN

A forma como os pais conversam com uma criança sobre uma memória compartilhada pode afetar o quão bem a criança se lembrará dela?

NN

Quando as crianças falam sozinhas, elas podem estar tentando resolver um problema pensando em voz alta?

NN

As companhias imaginárias são uma parte normal da infância e são encontradas com mais frequência em primogênitos e filhos únicos?

Neste capítulo, examinaremos vários aspectos do desenvolvimento cognitivo na segunda infância.

Veremos como o pensamento das crianças avança após a primeira infância e de que maneiras permanece imaturo.

 

Capítulo 11. Desenvolvimento psicossocial na segunda infância

PDF Criptografado

Capítulo

11

Sumário

O desenvolvimento do self

Gênero

Brincar: a principal atividade da segunda infância

Parentalidade

Preocupações comportamentais especiais

Relacionamentos com outras crianças

Você sabia que…

NN

Crianças pequenas acham difícil entender que podem ter emoções conflitantes?

NN

Preferências de gênero por brinquedos e amigos aparecem muito cedo, entre 12 e 24 meses, mas os meninos e as meninas, em média, são mais parecidos do que diferentes?

NN

O tipo mais efetivo de parentalidade na cultura americana é o carinhoso e compreensivo, mas firme na manutenção dos padrões?

Neste capítulo, discutiremos a compreensão que crianças em idade pré-escolar têm de si próprias e de seus sentimentos. Veremos como surge seu senso de identidade masculina ou feminina e como isso afeta o comportamento. Discutiremos as atividades em que as crianças, pelo menos nas culturas industrializadas, passam geralmente a maior parte do tempo: o brincar.

 

Capítulo 12. Desenvolvimento físico e saúde na terceira infância

PDF Criptografado

Capítulo

12

Sumário

Aspectos do desenvolvimento físico

Nutrição e sono

Desenvolvimento motor e brincadeiras físicas

Saúde e segurança

Saúde mental

Você sabia que…

NN

Para desfrutar de uma saúde excelente, crianças em idade escolar precisam, em média, de 2.400 calorias e

60 minutos de atividade física todos os dias?

NN

Está provado que os distúrbios do sono de crianças em idade escolar afetam o comportamento e as capacidades cognitivas?

NN

Mais de metade das crianças com diagnóstico de problemas emocionais, de comportamento e de desenvolvimento luta com questões relacionadas a agressividade, comportamento desafiador e comportamento antissocial?

Apesar do aumento menos drástico do que o anterior no que diz respeito às habilidades motoras na terceira infância, estes anos são importantes para o desenvolvimento de força, energia, resistência e proficiência motora necessárias para as atividades ao ar livre e os esportes. Neste capítulo, abordaremos esses e outros desenvolvimentos físicos, começando pelo crescimento e desenvolvimento normais do cérebro, que dependem de boa alimentação, sono adequado e boa saúde. À medida que as crianças vão ficando mais ativas, o risco de acidentes aumenta; por isso, examinaremos algumas formas de reduzi-los. Por fim, abordaremos alguns problemas de saúde mental na infância.

 

Capítulo 13. Desenvolvimento cognitivo na terceira infância

PDF Criptografado

Capítulo

13

Sumário

Abordagem piagetiana: a criança em idade operatória-concreta

Abordagem do processamento de informação: atenção, memória e planejamento

Abordagem psicométrica: avaliação da inteligência

Linguagem e alfabetização

A criança na escola

Educando crianças com necessidades especiais

Você sabia que…

NN

O QI aos 11 anos pode prever a duração da vida, a independência funcional em uma fase posterior e a presença ou ausência de demência?

NN

De acordo com o neuropsicólogo Howard Gardner, há oito tipos diferentes de inteligência, e apenas três são medidos pelos testes de QI?

NN

Crianças que acreditam que podem dominar o trabalho escolar têm mais probabilidade de fazê-lo?

Neste capítulo, examinaremos os avanços cognitivos durante os primeiros cinco ou seis anos da escolaridade formal, aproximadamente entre 6 e 11 anos de idade.

O ingresso no estágio operatório-concreto, de Piaget, capacita as crianças a pensar logicamente e a fazer julgamentos morais mais elaborados. À medida que a memória e a capacidade de resolução de problemas evoluem, os testes de inteligência tornam-se mais fiéis na previsão do desempenho escolar. As capacidades de ler e escrever abrem as portas para o mundo. Discutiremos todas essas mudanças e abordaremos as controvérsias sobre os testes de QI, a educação bilíngue, os trabalhos para casa e o ensino da matemática. Por fim, examinaremos os fatores que influenciam o aproveitamento escolar e a forma como as escolas procuram satisfazer as necessidades educacionais especiais.

 

Capítulo 14. Desenvolvimento psicossocial na terceira infância

PDF Criptografado

Capítulo

14

Sumário

Desenvolvimento da identidade

A criança na família

A criança no grupo de pares

Estresse e resiliência

Você sabia que…

NN

As crianças em famílias em que somente um dos pais está presente se saem melhor em testes de desempenho em países com políticas de apoio à família?

NN

Foi descoberto que crianças criadas por pais homossexuais são tão psicologicamente saudáveis como aquelas criadas por pais heterossexuais?

NN

A pesquisa apoia uma relação de causa e efeito entre a visualização de violência na mídia e o comportamento agressivo?

Neste capítulo, vamos analisar em detalhes as variadas vidas emocionais e sociais das crianças em idade escolar.

Veremos como elas desenvolvem um autoconceito mais realista e adquirem mais competência, autoconfiança e controle emocional. Por meio da interação com seus pares, elas fazem descobertas sobre suas próprias atitudes, valores e habilidades. As vidas das crianças são afetadas não apenas pela forma como os pais encaram a tarefa de criar os filhos, mas também por estarem ou não empregados, pelas circunstâncias econômicas da família e pela sua estrutura ou composição — se a criança vive com um dos pais ou com ambos; se tem irmãos e, caso tenha, quantos; e se na casa moram também outros familiares, como avós, tios e primos. Também consideraremos as crianças resilientes, que são capazes de emergir do estresse saudáveis e fortes.

 

Capítulo 15. Desenvolvimento físico e saúde na adolescência

PDF Criptografado

Capítulo

15

Sumário

Adolescência: uma transição do desenvolvimento

Puberdade: o fim da infância

O cérebro do adolescente

Saúde física e mental

Você sabia que…

NN

A adolescência só foi reconhecida como um período separado da vida no mundo ocidental a partir do século XX?

NN

Os meninos e as meninas atingem a maturidade sexual mais cedo nos países desenvolvidos do que nos países em desenvolvimento?

NN

Ao terminarem o ensino médio, mais do que 35% dos adolescentes norte-americanos já experimentaram substâncias ilegais?

Neste capítulo, descreveremos as transformações físicas da adolescência e como elas afetam os sentimentos dos jovens. Observaremos o cérebro do adolescente, ainda não amadurecido. Discutiremos questões de saúde associadas a essa fase da vida e examinaremos dois problemas sérios: a depressão e o suicídio na adolescência.

Desenvolvimento físico e saúde na adolescência

Sabemos o que somos, mas não o que podemos ser.

— Ofélia, Hamlet

 

Capítulo 16. Desenvolvimento cognitivo na adolescência

PDF Criptografado

Capítulo

16

Sumário

Aspectos do amadurecimento cognitivo

Desenvolvimento moral

Questões educacionais e vocacionais

Você sabia que…

NN

Adolescentes com pais democráticos que os apoiam e os estimulam a questionar e a expandir seu raciocínio moral tendem a raciocinar em níveis mais elevados?

NN

As meninas tendem a apresentar um comportamento mais pró-social do que os meninos, e essa diferença torna-se mais perceptível na adolescência?

NN

Os pesquisadores discordam acerca dos benefícios e prejuízos do trabalho em tempo parcial de alunos do ensino médio?

Neste capítulo, vamos explorar o estágio operatório-formal de Piaget. Observaremos o desenvolvimento dos adolescentes no processamento de informação, incluindo a memória, o conhecimento e o raciocínio, e no vocabulário e em outras habilidades linguísticas. Vamos analisar alguns aspectos imaturos do pensamento adolescente e abordar seu desenvolvimento moral e espiritual. Por fim, iremos explorar alguns aspectos do desenvolvimento cognitivo — questões relacionadas à escola e à escolha vocacional.

 

Capítulo 17. Desenvolvimento psicossocial na adolescência

PDF Criptografado

Capítulo

17

Sumário

A busca da identidade

Sexualidade

Relacionamentos com a família e com os pares

Comportamento antissocial e delinquência juvenil

A adultez emergente

Você sabia que…

NN

Os programas de educação sexual que incentivam tanto a abstinência como as práticas sexuais seguras são mais eficazes em atrasar a iniciação sexual do que os programas que incentivam apenas a abstinência sexual?

NN

A maioria dos adolescentes diz que tem um bom relacionamento com seus pais?

NN

Estudos têm mostrado que os programas de comunicação e as redes sociais, como o Facebook, mais fortalecem do que diminuem as conexões sociais?

Neste capítulo, abordaremos os aspectos psicossociais da busca de identidade. Discutiremos como os adolescentes podem conciliar-se com sua sexualidade.

Consideraremos como a individualidade florescente dos adolescentes se expressa nos relacionamentos com os pais, os irmãos e os pares. Examinaremos as fontes de comportamento antissocial e maneiras de reduzir os riscos para a adolescência de modo a torná-la um tempo de crescimento positivo e de expansão das possibilidades.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPP0000271084
ISBN
9788580556308
Tamanho do arquivo
47 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados