Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos

Visualizações: 13
Classificação: (0)

Nos últimos anos, a logística empresarial deixou de ser assunto exclusivo das áreas de transporte e armazenamento e chegou à direção de grandes empresas. Os autores deste livro acompanham o tema há muito tempo, como pesquisadores, professores e consultores.
Em Gestão logística da cadeia de suprimentos, eles abordam os fundamentos da logística empresarial e da gestão da cadeia de suprimentos e seu papel na competitividade da empresa. Este livro é uma síntese de muitos anos de trabalho e pesquisa, superando o que já foi anteriormente publicado pelos próprios autores. A união de ideias aqui apresentadas contextualiza a logística dentro da estratégia empresarial e destaca sua crescente importância nas cadeias de suprimentos que sustentam a economia global.

DESTAQUES:
• Os capítulos “Gestão do relacionamento com os clientes”, “Suprimentos” e “Manufatura” oferecem ao leitor uma reflexão sobre a cadeia de suprimentos antes de um debate aprofundado sobre a logística.
• Abordagem mais detalhada sobre projeto de rede e riscos e sobre sustentabilidade.
• O tema tecnologia da informação é apresentado no decorrer de todo o livro, em temas correlacionados, e não apenas em um único capítulo.
• Novo capítulo sobre transportes fornece um panorama global sobre as capacidades, os desafios e as oportunidades do setor durante o processo logístico.

16 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Capítulo 1 - Cadeias de suprimentos no século XXI

PDF Criptografado

CAPÍTULO 1

Cadeias de suprimentos no século XXI

RESUMO DO CAPÍTULO

A REVOLUÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

POR QUE A INTEGRAÇÃO GERA VALOR

MODELO GERAL DE CADEIA DE SUPRIMENTOS

FUNCIONALIDADE DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO

MÓDULOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

IN TE G R AÇ ÃO E AD M IN IS TR AÇÃO

O P E R AÇ Õ E S DA C AD E IA D E S U P R I M E NTOS

P LAN E JAM E N TO E M O N ITO R A M E N TO

TE C N O LO G IA D E C O M UN IC AÇÃO

C O N E CTIVIDAD E D O C O N S UM I D OR

GESTÃO INTEGRADA E PROCESSOS DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

C O LAB O R AÇ ÃO

E X TE N SÃO E M P R E SAR IAL

P R E S TAD O R E S D E S E RVIÇ O I NT E GR A D OS

CAPACIDADE DE RESPOSTA

M O D E LO D E N E G Ó C IO D E BAS E A N T E CI PATÓR I A ( E M P U R R A D O)

M O D E LO D E N E G Ó C IO BAS E A D O NA R E SP OSTA ( P U XA D O)

POST PON EMEN T ( P O S TE RGAÇ ÃO)

BAR R E IR AS À IM P LE M E N TAÇÃO D E SI ST E M A S BA SE A D OS NA R E SP OSTA ( P U XA D OS)

 

Capítulo 2 - Logística

PDF Criptografado

Logística

CAPÍTULO 2

RESUMO DO CAPÍTULO

A LOGÍSTICA EMPRESARIAL É GRANDE E IMPORTANTE

A PROPOSIÇÃO DE VALOR LOGÍSTICO

B E N E F Í CI OS D OS SE RV I ÇO S

M I NI M I ZAÇÃO D E CU STO S

GE R AÇÃO D E VA LOR LOGÍ ST I CO

O FUNCIONAMENTO DA LOGÍSTICA

P ROCE SSA M E NTO D E P E D I D OS

E STOQU E S

T R A NSP ORT E S

A R M A ZE N A M E N TO, M A NU SE I O D E M AT E R I A I S E E M BA L AGE M

P ROJ E TO DA R E D E D E I NSTA L AÇÕE S

OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

F LU XO D O E STOQUE

F LU XO D E I N F OR M AÇÕES

OBJETIVOS DA INTEGRAÇÃO LOGÍSTICA

CA PACI DA D E D E R E SP OSTA

R E D U ÇÃO DA VA R I AÇÃO

R E D U ÇÃO D E E STOQU ES

CONSOL I DAÇÃO D E CA RGA S

QUA L I DA DE

SU P ORT E AO CI CLO D E V I DA

ARRANJOS OPERACIONAIS LOGÍSTICOS

E SCA LONA D O

D I R E TO

COM B I N A D O

ESTRUTURA FLEXÍVEL

SINCRONIZAÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

 

Capítulo 3 - Gestão do relacionamento com os clientes

PDF Criptografado

CAPÍTULO 3

Gestão do relacionamento com os clientes

RESUMO DO CAPÍTULO

MARKETING ORIENTADO PARA O CLIENTE

M AR K E TIN G TR AN SAC IO N AL V E R S U S M A R KE T I NG D E R E L ACI ON A M E N TO

R E S ULTAD O S D O S S E RVIÇ O S DA CA D E I A D E SU P R I M E NTOS

SERVIÇO AO CLIENTE

D IS P O N IB ILIDAD E

D E S E M P E N H O O P E R AC IO N AL

C O N F IAB ILIDAD E D O S E RVIÇ O

O P E D ID O P E R F E ITO

P LATAF O R M AS D E S E RVIÇ O S BÁ SI COS

SATISFAÇÃO DO CLIENTE

E X P E CTATIVAS D O C LIE N TE

UM M O D E LO D E SATIS FAÇ ÃO D O CL I E NT E

E X P E CTATIVAS C R E S C E N TE S D O CL I E N T E

R E S TR IÇ Õ E S DA SATIS FAÇ ÃO D O CL I E N T E

SUCESSO DO CLIENTE

C O M O C O N Q UIS TAR O S UC E S SO D O CL I E NT E

S E RVIÇ O S C O M VALO R AG R E GA D O

COMO DESENVOLVER UMA ESTRATÉGIA DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

E S TR UTUR A PAR A UM A E S C OL H A E ST R AT É GI CA

 

Capítulo 4 - Suprimentos

PDF Criptografado

Suprimentos

CAPÍTULO 4

RESUMO DO CAPÍTULO

OBJETIVOS DE COMPRAS

F OR N E CI M E NTO CONT Í N U O

M I N I M I Z AÇÃO D O I NV E ST I M E N TO E M E STOQU E S

M E L H OR I A DA QUA L I DA D E

D E SE NVOLV I M E N TO D E F OR N E CE D OR E S

ACE SSO A T E CN OLOGI A S E I NOVAÇÕES

M E NOR CU STO TOTA L D E P ROP R I E DA DE

ESTRATÉGIAS DE COMPRAS

COM P R A R OU FA Z ER

E ST R AT É GI A S A LT E R N AT I VA S

P ORT F ÓL I O D E E ST R AT É GI A S D E COM P R A S

SELEÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES

AU D I TOR I A S D E F OR N E CE D OR E S

D E SE NVOLV I M E N TO D E F OR NE CE D OR ES

M ON I TOR A M E N TO D O D E SE M P E N HO

CE RT I F I CAÇÃO D E F OR N E CE D OR E S

COM É RCI O E L E T RÔN I CO E COM P R A S

INTERFACES DA LOGÍSTICA COM SUPRIMENTOS

J U ST- I N-TI ME

AQU I SI ÇÃO D E SE RV I ÇOS D E LOGÍ ST I CA

LOGÍ ST I CA BA SE A DA NO D E SE M P E N HO

 

Capítulo 5 - Manufatura

PDF Criptografado

Manufatura

CAPÍTULO 5

RESUMO DO CAPÍTULO

O IMPERATIVO DA QUALIDADE

D I M E N SÕE S DA QUA L I DA D E D O P ROD U TO

GE STÃO DA QUA L I DA D E TOTA L

PA D RÕE S D E QUA L I DA DE

PERSPECTIVAS DA MANUFATURA

F ORÇA DA M A RC A

VOLU ME

VA R I E DA DE

R E ST R I ÇÕE S

P R A Z O D E E NT R E GA

ESTRATÉGIAS DE MANUFATURA

P ROCE SSOS BÁ SI COS D E M A NU FAT U R A

C O M B IN AN D O A E S T R AT É GI A D E P ROD U ÇÃO COM A S NE CE SSI DA D E S D O M E RCA D O

E ST R AT É GI A S A LT E R N AT I VA S D E P ROD U ÇÃO

CU STO TOTA L D E P ROD U ÇÃO

DESENVOLVIMENTOS CONTEMPORÂNEOS DA MANUFATURA

CU STOM I ZAÇÃO E M M A SSA

SI ST E M A S E NXU TO S

P ROD U ÇÃO F L E XÍ V E L

SE I S SI GM A

P L A N E JA M E NTO DA S NE CE SSI DA D ES

P ROJ E TO PA R A M A N U FAT U RA

P ROJ E TO PA R A LOGÍ ST I CA

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

 

Capítulo 6 - Planejamento de operações integradas

PDF Criptografado

Planejamento de operações integradas

CAPÍTULO 6

RESUMO DO CAPÍTULO

PLANEJAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

V I SI B I L I DA D E DA CA D E I A D E SU P R I M E NTO S

CON SI D E R AÇÃO SI M U LTÂ N E A D E R E CU R SOS

U T I L I ZAÇÃO D E R E CU R SOS

APLICAÇÕES DO PLANEJAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

P L A N E JA M E NTO DA D E M A NDA

P L A NE JA M E N TO DA P ROD U ÇÃO

P L A NE JA M E N TO LOGÍ ST I CO

D E SD OB R A M E NTO D O E STOQU E

PLANEJAMENTO DE VENDAS E OPERAÇÕES

O P ROCE SSO D E S& OP

COM O FA ZE R O S& OP F U N CI ONA R

VISÃO GERAL DO SISTEMA APS

COM P ONE N T E S D O SI ST E M A A P S

B E NE F Í CI OS D O P L A NE JA M E N TO DA CA D E I A D E SU P R I M E N TO S

C O N S ID E R AÇÕE S SOB R E O P L A N E JA M E NTO DA CA D E I A D E SU P R I M E NTOS

P L A NE JA M E N TO E M P R E SA R I A L I NT E GR A D O

R E SU M O D O P L A NE JA M E N TO DA CA D E I A D E SU P R I M E NTOS

 

Capítulo 7 - Estoques

PDF Criptografado

CAPÍTULO 7

Estoques

RESUMO DO CAPÍTULO

FUNCIONALIDADE E DEFINIÇÕES DE ESTOQUE

F UN C IO N ALIDAD E D O E S TO Q U E

D E F IN IÇ Õ E S D E E S TO Q UE

CUSTO DE MANUTENÇÃO DE ESTOQUES

C AP ITAL

IM P O S TO S

S E G URO S

O B S O LE S C Ê N C IA

AR M AZ E N AM E N TO

PLANEJAMENTO DE ESTOQUE

Q UAN D O P E D IR

Q UAN TO P E D IR

ADMINISTRANDO A INCERTEZA

IN C E RTE Z A DA D E M AN DA

IN C E RTE Z A D O C IC LO D E ATI V I DA D E S

E S TO Q UE D E S E G UR AN Ç A C OM I N CE RT E ZA COM B I N A DA

E S TIM ATIVA DA TAX A D E ATE N D I M E N TO

R E ABAS TE C IM E N TO E M S ITUAÇÕE S D E D E M A N DA D E P E N D E N T E

POLÍTICAS DE GERENCIAMENTO DE ESTOQUE

C O N TRO LE D E E S TO Q UE

M É TO D O S R E ATIVO S

M É TO D O S D E P LAN E JAM E N TO

R E ABAS TE C IM E N TO C O LAB O R AT I VO D E E STOQU E

PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE ESTOQUE

 

Capítulo 8 - Transportes

PDF Criptografado

CAPÍTULO 8

Transportes

RESUMO DO CAPÍTULO

FUNCIONALIDADE E PARTICIPANTES

F UN C IO N ALIDAD E

PARTIC IPAN TE S

ESTRUTURA DE TRANSPORTES

F E R ROVIÁR IO

RO D OVIÁR IO

H ID ROVIÁR IO

D UTOVIÁR IO

AÉ R E O

C LAS S IF IC AÇ ÃO D O S M O DAIS

SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE TRANSPORTES

S E RVIÇ O S D E E N C O M E N DAS

TR AN S P O RTE IN TE R M O DAL

IN TE R M E D IÁR IO S N ÃO O P E R ACI ON A I S

ECONOMIA NO SETOR DE TRANSPORTES

E C O N O M IA DA D IS TÂN C IA

E C O N O M IA D O P E S O

E C O N O M IA DA D E N S IDAD E

O UTRO S FATO R E S

C US TO S D E TR AN S P O RTE

ADMINISTRAÇÃO DE TRANSPORTES

G E R Ê N C IA O P E R AC IO N AL

C O N S O LIDAÇ ÃO

N E G O C IAÇ ÃO

C O N TRO LE

AUD ITO R IA E G E S TÃO D E R E CL A M AÇÕE S

PREÇOS

PREÇO FOB

P R E Ç O C IF

D E S C O N TO S PAR A C O LE TA

O transporte normalmente representa a maior despesa logística. Os gesto-

 

Capítulo 9 - Armazenamento

PDF Criptografado

Armazenamento

CAPÍTULO 9

RESUMO DO CAPÍTULO

ARMAZENAMENTO ESTRATÉGICO

B E N E F Í CI OS E CONÔM I COS

B E N E F Í CI OS D OS SE RV I ÇO S

OPERAÇÕES DE DEPÓSITOS

M A NU SE I O

A R M A Z E NA M E NTO

CLASSIFICAÇÃO DE PROPRIEDADE DOS DEPÓSITOS

P RÓP R I O S

I ND E P E N D E N T E S

T E RCE I R I Z A D O S

D I ST R I B U I ÇÃO E M R E D E

DECISÕES RELACIONADAS AO DEPÓSITO

E SCOL HA D O LOCA L

P ROJ E TO

A N Á L I SE D O M I X D E P ROD U TOS

E XPA N SÃO

M A NU SE I O D E M AT E R I A IS

L AYO UT

D I M E N SI ONA M E NTO

SI ST E M A S D E GE R E N CI A M E NTO D E D E P ÓSI TOS

SI ST E M A S D E GE R E N CI A M E NTO D E PÁT I OS

ACU R ÁCI A E AU D I TOR I A S

SE GU R A NÇA

P R E V E NÇÃO D E ACI D E N T E S E M A NU T E N ÇÃO

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

O armazenamento incorpora diversos aspectos diferentes das operações

 

Capítulo 10 - Embalagem e manuseio de materiais

PDF Criptografado

CAPÍTULO 10

Embalagem e manuseio de materiais

RESUMO DO CAPÍTULO

PERSPECTIVAS SOBRE AS EMBALAGENS

EMBALAGEM PARA MANUSEIO EFICIENTE DE MATERIAIS

DESI GN D E E M BALAG E N S

UN ITIZ AÇ ÃO

C O M UN IC AÇ ÃO

MANUSEIO DE MATERIAIS

C O N S ID E R AÇ Õ E S BÁS IC AS SOB R E O M A NU SE I O

S IS TE M AS M E C AN IZ AD O S

S IS TE M AS S E M IAUTO M ATIZ A D OS

S IS TE M AS AUTO M ATIZ AD O S

S IS TE M AS O R IE N TAD O S P E LA I NF OR M AÇÃO

C O N S ID E R AÇ Õ E S E S P E C IAIS SOB R E O M A NU SE I O

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

Dentro de um depósito e enquanto os produtos são transportados pelo sistema

logístico, a embalagem serve para identificá­‑los e protegê­‑los. Ela, contendo um produto, é a unidade que será movimentada pelo sistema de manuseio de materiais de uma empresa. Por esse motivo, embalagem e manuseio de materiais serão discutidos em conjunto.

PERSPECTIVAS SOBRE AS EMBALAGENS1

 

Capítulo 11 - Cadeias de suprimentos globais

PDF Criptografado

CAPÍTULO 11

Cadeias de suprimentos globais

RESUMO DO CAPÍTULO

ECONOMIAS GLOBAIS

INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS GLOBAL

LO G ÍS TIC A E M UM A E C O N O M I A GLOBA L

E S TR ATÉ G IAS D E G LO BALIZ AÇÃO

G E R E N C IAN D O A C AD E IA D E SU P R I M E NTOS GLOBA L

SUPRIMENTOS GLOBAIS

F UN DAM E N TAÇ ÃO LÓ G IC A PA R A O SU P R I M E N TO A PA RT I R D E PA Í SE S D E BA I XO CU STO

D E SAF IO S PAR A O S UP R IM E NTO A PA RT I R D E PA Í SE S D E BA I XO CU STO

O R IE N TAÇ Õ E S PAR A O S UP RI M E NTO

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

A globalização oferece muitas oportunidades e muitos desafios para as opera-

ções e estratégias da logística e da cadeia de suprimentos. As oportunidades incluem o aumento dos mercados e uma gama mais ampla de alternativas de fabricação com uma gama de vantagens, absolutas ou relativas, em relação aos recursos humanos e recursos materiais. Algumas regiões do mundo podem oferecer economia de escala significativa graças aos salários baixos, enquanto outras oferecem flexibilidade devido à especialização. Os desafios encontrados ao tirar vantagens desses benefícios incluem ambientes operacionais logísticos mais exigentes, considerações acerca da segurança e análises de custo total mais complexas. Este capítulo discute a fundamentação lógica das cadeias de suprimentos globais, as etapas da integração da cadeia de suprimentos e termina com as orientações para tomar decisões sobre compras globais.

 

Capítulo 12 - Projeto da rede

PDF Criptografado

Projeto da rede

CAPÍTULO 12

RESUMO DO CAPÍTULO

REDE DE INSTALAÇÕES DA EMPRESA

E SP E CT RO DA S D E CI SÕE S D E LOCA L I Z AÇÃO

P R E SE N ÇA LOCA L : U M PA R A D I GM A OB SOL E TO

REQUISITOS PARA DEPÓSITOS

A SP E CTOS D E SU P R I M E NTO S

A SP E CTOS D E P ROD U ÇÃO

A SP E CTOS D O R E L ACI ON A M E N TO COM O CL I E N T E

J U ST I F I CAT I VA S D O A R M A Z E NA M E NTO

CONCEITO E ANÁLISE DE SISTEMAS

INTEGRAÇÃO DO CUSTO TOTAL

E CON OM I A D OS T R A NSP ORT E S

E CONOM I A D O E STOQUE

R E D E D E CU STO TOTA L

FORMULANDO A ESTRATÉGIA LOGÍSTICA

M I N I M I Z AÇÃO D E CU STOS

SE RV I ÇO L I M I T E

A NÁ L I SE D E SE NSI B I L I DA D E D O SE RV I ÇO

F I N A L I ZA N D O A E ST R AT É GIA

OUTRAS CONSIDERAÇÕES NO PROJETO DA REDE LOGÍSTICA

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

Na maioria das vezes, os gerentes enfrentam uma tarefa nova e desafiadora

 

Capítulo 13 - Planejamento logístico

PDF Criptografado

Planejamento logístico

CAPÍTULO 13

RESUMO DO CAPÍTULO

METODOLOGIA DE PLANEJAMENTO

FASE I: DEFINIÇÃO DO PROBLEMA E PLANEJAMENTO

A N Á L I SE D E V I A B I L I DA DE

P L A N E JA M E NTO D O P ROJ E TO

FASE II: COLETA E ANÁLISE DE DADOS

P R E SSU P OSTOS E COL E TA D E DA D O S

ANÁLISE

FASE III: RECOMENDAÇÕES E IMPLEMENTAÇÃO

R E COM E NDAÇÕE S

I M P L E M E N TAÇÃO

MÉTODOS E TÉCNICAS DE ANÁLISE DA OPERAÇÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

D E CI SÕE S D E P ROJ E TO

LÓGI CA D O P ROJ E TO

D E CI SÕE S D E E STOQU E

D E CI SÕE S D E T R A NSP ORT E

A NÁ L I SE D E L I NH A S D E CA RGA

A NÁ L I SE D E E STOQUE

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

O ambiente logístico da cadeia de suprimentos está evoluindo constantemente

em resposta a alterações nos mercados, concorrentes, fornecedores, tecnologia e aspectos econômicos. Para desenvolver uma estratégia empresarial para se adaptar a um ambiente em constante mudança e avaliar com eficácia as alternativas, é necessária uma metodologia sistemática de planejamento e projeto. Este capítulo apresenta uma metodologia genérica que inclui uma visão geral das técnicas usadas para o planejamento logístico.

 

Capítulo 14 - Colaboração

PDF Criptografado

CAPÍTULO 14

Colaboração

RESUMO DO CAPÍTULO

ORGANIZAÇÃO LOGÍSTICA

AG R E GAÇ ÃO F UN C IO N AL

M UDAN Ç A D E Ê N FAS E N A F U N ÇÃO PA R A Ê NFA SE N O P ROCE SSO

DESENVOLVIMENTO DE RELAÇÕES COLABORATIVAS

R E LAÇ Õ E S C O LAB O R ATIVAS E D E D E P E ND Ê NCI A

D E S E N VO LVE N D O A C O N F IANÇA

R IS C O, P O D E R E LID E R AN Ç A

E S TR UTUR A C O LAB O R ATIVA DA CA D E I A D E SU P R I M E N TOS

GESTÃO DE RELACIONAMENTOS

IN IC IAN D O R E LAC IO N AM E N TOS

IM P LE M E N TAN D O R E LAC IO N A M E NTOS

M AN TE N D O R E LAC IO N AM E N TOS

TE R M IN AN D O R E LAC IO N AM E NTOS

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

Entre os tópicos da logística, poucos geram mais interesse gerencial do

que o desenvolvimento e gestão de relacionamentos organizacionais. Durante muito tempo na história dos negócios, a ênfase estava voltada para os relacionamentos internos de uma organização, o que desenvolveu uma estrutura organizacional adequada para realizar o trabalho logístico com eficiência e eficácia. Evoluindo, a atenção hoje está voltada para a integração da logística com outras funções da empresa, especialmente marketing, operações e suprimento. No entanto, a revolução da informação e o foco na integração da cadeia de suprimentos estão forçando os executivos logísticos a repensar quase todos os aspectos da lógica organizacional tradicional e a estender esse pensamento aos relacionamentos com fornecedores e clientes. Na verdade, a essência do gerenciamento da cadeia de suprimentos está na capacidade de orquestrar relacionamentos colaborativos tanto internamente quanto com os parceiros da cadeia de suprimentos. A apresentação deste capítulo começa com uma atenção às práticas organizacionais internas. O tópico dominante da discussão ao longo do capítulo é a prática crescente da colaboração.1

 

Capítulo 15 - Medição do desempenho

PDF Criptografado

Medição do desempenho

CAPÍTULO 15

RESUMO DO CAPÍTULO

OBJETIVOS DO SISTEMA DE MEDIÇÃO

AVALIAÇÃO OPERACIONAL

P E R SP E CT I VA S F U N CI ONA I S

M E D I N D O O R E L ACI ONA M E NTO COM O CL I E N T E

COM O D E T E R M I NA R M É T R I CA S A P ROP R I A DA S

M E D I DA S A B R A N GE N T E S DA CA D E I A D E SU P R I M E NTOS

B E NC HM A R K I NG

T E CN OLOGI A DA I N F OR M AÇÃO E M E D I ÇÃO

AVALIAÇÃO FINANCEIRA

A NÁ L I SE D E CU STOS E R E CE I TA S

M OD E LO E ST R AT É GI CO D E R E N TA B I L I DA D E

R E QU I SI TOS PA R A R E L ATÓR I OS F I NA N CE I ROS

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

Gerar vantagem competitiva por meio de uma logística de alto desempe-

nho exige sistemas de medição integrados. O antigo provérbio “Se não é possível medir algo, não é possível administrá­‑lo” é verdadeiro para as atividades logísticas internas da empresa e para com os parceiros externos da cadeia de suprimentos. Por esse motivo, deve­‑se estabelecer uma estrutura para a avaliação do desempenho.

 

Capítulo 16 - Riscos e sustentabilidade

PDF Criptografado

CAPÍTULO 16

Riscos e sustentabilidade

RESUMO DO CAPÍTULO

EVOLUÇÃO DAS REPONSABILIDADES DOS PROFISSIONAIS DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

PROCESSOS E RECURSOS

C O M P LE X IDAD E D O P RO D UTO

TE RC E IR IZ AÇ ÃO

GESTÃO DE RISCOS E SEGURANÇA

R E G ULAM E N TAÇ ÃO

F IN AN C E IR A E TR IB UTÁR IA

S E G UR AN Ç A

SUSTENTABILIDADE

AM B IE N TAL

É TIC A

E D UC AC IO N AL

E C O N Ô M IC A

E X E M P LO S D E S US TE N TAB IL I DA D E N A CA D E I A D E SU P R I M E NTOS

RESUMO

QUESTÕES PARA REVISÃO

DESAFIOS

O foco da gestão da cadeia

de suprimentos está se expandindo rapidamente para incluir novas dimensões. Embora essas expansões aumentem as demandas de executivos de logística e cadeia de suprimentos em relação aos conhecimentos e às competências, elas também ampliam a importância e o papel da cadeia de suprimentos na competitividade da empresa.

Especificamente, a liderança da cadeia de suprimentos deve assumir um papel mais ativo e crítico na administração e no equilíbrio entre a cadeia de suprimentos e outras dimensões de riscos corporativos e de sustentabilidade. O Capítulo 16 começa pela descrição de como as responsabilidades dos gestores de logística e da cadeia de suprimentos estão evoluindo. O capítulo identifica então desafios específicos que estão fora do escopo tradicional da gestão de logística e da cadeia de suprimentos, bem como discute alguns aspectos relacionados a esses desafios. A consideração adequada desse amplo escopo de responsabilidades aumenta a contribuição que a gestão da logística e da cadeia de suprimentos pode dar para a competitividade da empresa. A discussão ilustra como as responsabilidades dos gestores de logística e da cadeia de suprimentos estão evoluindo a partir dos trade-offs interfuncionais limitados para a sustentabilidade global da empresa.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
MFPP000002187
ISBN
9788580553185
Tamanho do arquivo
12 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados