Frandson - Anatomia e Fisiologia dos Animais de Produção

Visualizações: 69
Classificação: (0)

O livro Frandson | Anatomia e Fisiologia dos Animais de Produção é referência para os estudantes e profissionais de Medicina Veterinária, Zootecnia e Agronomia.A sua oitava edição foi totalmente revisada e atualizada, mantendo uma abordagem abrangente e acessível de todos os temas da área, incluindo a composição da célula, a anatomia do sistema nervoso, o sistema esquelético, a fisiologia do músculo e muito mais.Além do seu consagrado texto, agora aprimorado e atualizado, este livro conta com inúmeras ilustrações, novos tópicos e diversos recursos desenvolvidos para facilitar o aprendizado, como:• Revisão dos tópicos de anatomia e fisiologia dos animais de produção• Objetivos de aprendizagem no início de cada capítulo• Novo conteúdo sobre regulações endócrina e metabólica do crescimento e da composição do corpo• Ilustrações elaboradas para facilitar a compreensão dos assuntos apresentados.

FORMATOS DISPONíVEIS

eBook

Disponível no modelo assinatura da Minha Biblioteca

30 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1 Introdução à Anatomia e à Fisiologia

ePub Criptografado

Nomenclatura anatômica, termos direcionais e planos de corte

Anatomia microscópica | Células e tecidos animais

Tecidos epiteliais

Tecidos conjuntivos

Tecidos musculares

Tecidos nervosos

Plano anatômico geral do corpo animal

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Entender as subdisciplinas específicas que fazem parte do estudo da anatomia

• Estar apto a utilizar os termos direcionais anatômicos corretamente na descrição da anatomia

• Descrever a forma de classificação de estruturas como parte de um sistema corpóreo, órgão, tecido ou tipo celular

• Fazer uma breve descrição dos quatro tipos básicos de tecidos e suas principais subcategorias. Distinguir as características de cada tipo de tecido dessas subcategorias primárias. Localizar onde esses tipos de tecidos ou suas principais subcategorias poderiam ser encontrados

 

2 Anatomia e Fisiologia da Célula

ePub Criptografado

Propriedades da vida

Composição química da célula

Água

Proteínas

Lipídios

Carboidratos

Substâncias inorgânicas

Ácidos, bases e pH

Avaliação microscópica da célula

Microscopia óptica

Microscopia eletrônica

Membrana celular

Estrutura da membrana

Contato e adesão intercelular

Transporte através das membranas celulares

Difusão simples e facilitada

Osmose

Transporte ativo

Potenciais de membrana e células excitáveis

Potencial de membrana em repouso

Células excitáveis e potenciais de ação

Receptores de membrana e sinalização intracelular

 

3 Embriologia

ePub Criptografado

Desenvolvimento das camadas germinativas

Princípios da diferenciação

Neurulação

Diferenciação do mesoderma

Teratogênese

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Descrever os eventos no desenvolvimento que ocorrem no concepto, desde zigoto até nêurula

• Diferenciar período embrionário de período fetal

• Identificar, por nome, as três camadas germinativas fundamentais (folhetos embrionários) e os tecidos e as estruturas que originam

• Definir as células-tronco embrionárias e identificar quais são essas células no desenvolvimento animal

• Definir teratogênese e saber quando é maior a probabilidade de ocorrerem anomalias do desenvolvimento

• Descrever as categorias gerais de anomalias do desenvolvimento.

Embriologia é o estudo do início do desenvolvimento pré-natal do corpo. Como disciplina descritiva, tem sido amplamente suplantada nos currículos universitários pela biologia do desenvolvimento, uma abordagem que tende a enfocar os eventos celulares, genéticos e moleculares subjacentes ao desenvolvimento do embrião. Embora esses eventos tenham relevância biomédica, o conhecimento das alterações morfológicas – que são o assunto da embriologia descritiva – facilita o entendimento da anatomia, além de deixar mais lógica a anatomia dos defeitos congênitos.

 

4 Sistema Ósseo

ePub Criptografado

Funções dos ossos

Terminologia

Classificação geral dos ossos segundo o aspecto macroscópico

Esqueleto axial

Crânio

Coluna vertebral

Esterno e costelas

Esqueleto apendicular

Membros torácicos

Membros pélvicos

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Descrever as funções dos ossos

• Ser capaz de usar os termos padrões que descrevem as características macroscópicas dos ossos

• Ser capaz de classificar ossos com base em seu formato geral

• Definir e identificar os ossos do esqueleto axial

• Definir e identificar os ossos do esqueleto apendicular. Reconhecer as modificações distais importantes dos membros dos animais domésticos.

Osteologia é o estudo dos ossos que formam o esqueleto, ou a estrutura óssea do corpo. O esqueleto dá a base para a estrutura externa e a aparência da maioria dos animais vertebrados assim como os conhecemos (Figuras 4.1 e 4.2). Todos os mamíferos compartilham um plano corpóreo básico com semelhanças impressionantes na estrutura esquelética. As diferenças refletem a adaptação aos diferentes estilos de vida.

 

5 Anatomia Microscópica e Crescimento e Desenvolvimento Ósseos

ePub Criptografado

Anatomia microscópica e formação óssea

Ossificação

Ossificação endocondral (intracartilaginosa)

Ossificação intramembranosa

Fisiologia do osso

Mecânica e remodelação óssea

Calcificação óssea

Fraturas e sua cicatrização

Outras patologias

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Saber a composição primária do osso e sua formação

• Distinguir entre centros primário e secundário de ossificação

• Descrever brevemente um osteon e sua relação com estruturas neurovasculares, osteócitos, periósteo e endósteo

• Conhecer os fatores que regulam a ossificação endocondral

• Descrever brevemente a cicatrização dos ossos e sua remodelação após uma fratura

• Compreender a regulação do cálcio no corpo.

Cerca de um terço do peso do osso consiste em estrutura orgânica formada por tecido fibroso e células. Essa matéria orgânica é composta principalmente por colágeno e polissacarídeos, chamados de glicosaminoglicanas (GAGs), que contêm sulfato de condroitina. Essas substâncias conferem resiliência e robustez aos ossos. Os dois terços remanescentes do peso ósseo consistem em cálcio inorgânico e sais de fósforo em estrutura orgânica. Cerca de 80% desses sais são fosfato de cálcio e o restante é formado primariamente por carbonato de cálcio e fosfato de magnésio. O fosfato de cálcio é encontrado principalmente nos cristais de hidroxiapatita, formados com hidróxido de cálcio. Esses sais são responsáveis pela dureza e rigidez dos ossos e os tornam resistentes à passagem dos raios X. Se os sais inorgânicos forem removidos dos ossos por imersão em ácido diluído, o osso descalcificado resultante permanece em sua forma original, mas é flexível o suficiente para ser amarrado em um nó. Por outro lado, se a matéria orgânica for removida por meio de carbonização em um forno, para que apenas os sais inorgânicos permaneçam, o osso mantém sua forma original, mas é frágil e se quebra com facilidade, a menos que seja manuseado com extremo cuidado.

 

6 Articulações

ePub Criptografado

Classificação das articulações

Articulações fibrosas

Articulações cartilaginosas

Articulações sinoviais

Outras estruturas sinoviais

Movimentos das articulações

Tipos de articulações sinoviais

Articulações do esqueleto axial

Articulações do esqueleto apendicular

Articulações do membro torácico

Articulações do membro pélvico

Patologia das articulações e estruturas relacionadas

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Descrever as articulações com base no tecido que as une ou pelo tipo de movimentos que permitem. Dar exemplos de locais no corpo em que cada tipo é encontrado

• Conhecer as partes de uma articulação sinovial

• Ser capaz de descrever a anatomia e a função de outras estruturas sinoviais (bursas e bainhas tendíneas)

 

7 Anatomia do Sistema Muscular

ePub Criptografado

Nomenclatura anatômica dos músculos

Tipos de tecido muscular

Organização da musculatura lisa

Inserções musculares

Agrupamento funcional de músculos

Estruturas sinoviais

Músculos do membro torácico

Músculos extrínsecos do membro torácico

Músculos da articulação do ombro

Músculos do cotovelo

Músculos da porção distal do membro

Músculos do membro pélvico

Músculos da articulação do quadril

Músculos do joelho

Músculos do jarrete

Músculos dos dedos

Músculos da cabeça

Músculos da mastigação

Músculos da expressão facial

Outros músculos da cabeça

Músculos do tronco e do pescoço

 

8 O Pé e o Aparelho de Sustentação Passiva dos Equinos

ePub Criptografado

Estrutura do pé

Ossos e cartilagens

Tecidos córneos

Tendões

Ligamentos

Estruturas sinoviais

Função

Concussão e armazenamento de energia

Aparelho de sustentação

Membro torácico

Membro pélvico

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Ser capaz de descrever os ossos e as articulações da mão e do pé dos equinos

• Descrever as camadas e características anatômicas macroscópicas do casco

• Reconhecer o significado das lâminas e das doenças que afetam essa camada (laminite)

• Articular os princípios do aparelho de sustentação passiva, reconhecendo o papel dos ligamentos e de outros tecidos colágenos que dão suporte passivo ao peso corpóreo

 

9 Anatomia Microscópica e Fisiologia do Músculo

ePub Criptografado

Músculo esquelético

Estrutura

Excitação, contração e relaxamento

Força de contração

Fármacos que afetam a função dos músculos esqueléticos

Tipos de contração muscular

Músculo liso

Estrutura

Estresse-relaxamento

Contração e relaxamento

Papel e fontes de cálcio

Potenciais de ação e ondas lentas

Inervação autônoma

Músculo cardíaco

Excitação e contração

Hipertrofia cardíaca

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Comparar e contrastar a estrutura microscópica e a localização dos músculos esquelético, liso e cardíaco

 

10 Anatomia do Sistema Nervoso

ePub Criptografado

Neuroanatomia microscópica

Embriologia

Sistema nervoso central

Encéfalo

Meninges

Medula espinal

Sistema nervoso periférico

Nervos espinais

Nervos cranianos

Sistema nervoso autônomo

Sistema nervoso simpático

Sistema nervoso parassimpático

Sistema nervoso entérico

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Descrever a anatomia característica e as funções dos neurônios sensoriais e motores

• Descrever a anatomia de um neurônio típico

• Identificar as substâncias cinzenta e branca e descrever onde cada uma é encontrada, tanto no sistema nervoso central quanto no sistema nervoso periférico

• Definir glia. Identificar as células da glia responsáveis pela mielinização

 

11 Fisiologia do Sistema Nervoso

ePub Criptografado

Regiões funcionais do neurônio

Fisiologia do impulso nervoso

Velocidade de condução e mielinização

Transmissão sináptica

Neurotransmissores

Controle nervoso da musculatura esquelética

Reflexos com contração da musculatura esquelética

Movimento voluntário

Fisiologia do sistema nervoso autônomo

Regulação da atividade do sistema nervoso autônomo

Neurotransmissores autônomos e seus receptores

Regeneração e reparo no sistema nervoso

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Ser capaz de detalhar os eventos associados à geração e à propagação do potencial de ação. Conseguir esboçar graficamente o potencial de ação e explicar quais eventos produzem cada parte do gráfico

• Explicar a anatomia e a função da mielinização na propagação do potencial de ação

 

12 Órgãos dos Sentidos

ePub Criptografado

Receptores sensoriais

Somatossensação

Dor

Propriocepção

Tato

Sensibilidade visceral

Sentidos químicos

Paladar

Olfato

Audição e equilíbrio

Orelha externa

Orelha média

Orelha interna

Fisiologia da audição

Mecanismos do equilíbrio

Visão

Anexos oculares

Globo

Lente

Campo visual e caminho óptico

Vias visuais do cérebro

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Descrever os tipos anatômicos e funcionais dos receptores sensoriais

• Explicar quais tipos de estímulos são considerados nocivos e descrever a natureza dos neurônios sensoriais que transmitem informações desses estímulos

 

13 Endocrinologia

ePub Criptografado

Hormônios e seus receptores

Classes químicas de hormônios

Eicosanoides

Receptores de hormônios

Efeitos celulares de hormônios peptídicos

Efeitos celulares de hormônios esteroides e tireoidianos

Regulação por feedback negativo e positivo

Eixo hipotalâmico-hipofisário

Hormônios da neuro-hipófise

Hormônios da adeno-hipófise

Hormônio do crescimento

Hormônio adrenocorticotrófico

Hormônio tireoestimulante

Outras glândulas endócrinas

Glândulas paratireoides

Ilhotas pancreáticas

Epífise (glândula pineal)

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Saber quais são as principais diferenças entre compostos ou hormônios endócrinos, exócrinos e parácrinos

 

14 Tegumento

ePub Criptografado

Tegumento

Pele

Epiderme

Derme

Hipoderme

Anexos cutâneos

Pelos

Glândulas

Epiderme modificada

Cascos

Cornos

Dedos rudimentares

Castanhas e esporões

Cor do pelame em equinos

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Descrever e indicar, em uma fotomicrografia e/ou diagrama, as camadas da pele e suas estruturas anexas (p. ex., pelos) associadas

• Nomear os três principais tipos de pelo, indicar onde são encontrados e descrever suas diferentes anatomias

• Descrever as glândulas odoríferas comuns (de marcação territorial) dos animais domésticos

• Comparar e contrastar a anatomia dos cascos dos cavalos e artiodátilos

 

15 Sangue e Outros Fluidos do Corpo

ePub Criptografado

Sangue

Elementos formados do sangue e hematopoese

Hemácias

Plaquetas

Leucócitos

Plasma e soro

pH do sangue

Hemostasia e coagulação

Plaquetas e endotélio

Vias intrínsecas e extrínsecas da coagulação

Linfa

Fluidos serosos

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Conhecer quais são os elementos formados do sangue. Compreender como são gerados, definir quais suas características principais e quais fatores provocam sua formação ou degeneração

• Entender qual é a função fisiológica da hemoglobina. Descrever brevemente o desenvolvimento de icterícia e hemoglobinúria. Saber se, em um paciente com hemólise grave, o hematócrito é alto ou baixo. Conhecer o termo usado para descrever esse paciente

 

16 Defesas Corporais e Sistema Imune

ePub Criptografado

Defesas não específicas

Resposta imune específica

Linfócitos B

Imunoglobulinas

Linfócitos T e imunidade celular

Origem, desenvolvimento e residência dos linfócitos

Imunidade ativa e imunidade passiva

Vigilância imunológica

Sistema linfático

Vasos linfáticos

Linfonodos

Baço

Timo

Tonsilas

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Definir o conceito de imunidade e descrever os mecanismos gerais usados para montar defesas específicas ou não contra substâncias estranhas

• Comparar e contrastar a localização e a função de cada uma das diferentes imunoglobulinas

• Comparar e contrastar a localização e a função de cada uma das principais estruturas do sistema linfático

 

17 Anatomia do Sistema Cardiovascular

ePub Criptografado

Coração

Pericárdio

Anatomia cardíaca

Vasos

Vasos sanguíneos

Vasos linfáticos

Circulação pulmonar

Circulação sistêmica

Aorta

Distribuição arterial para a cabeça

Distribuição arterial para o membro torácico

Distribuição arterial para o membro pélvico

Veias

Veia cava cranial

Veia cava caudal

Sistema porta

Circulação fetal

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Descrever as características internas e externas do coração, explicando o fluxo normal de sangue pelas câmaras e valvas

• Descrever a anatomia do pericárdio

• Diferenciar artérias, veias e capilares e explicar como sua anatomia reflete suas várias funções no transporte do sangue

 

18 Fisiologia do Coração e da Circulação

ePub Criptografado

Estrutura básica e função do sistema cardiovascular

Ciclo cardíaco

Sístole

Diástole

Bulhas e sopros cardíacos

Diagnóstico por imagem do coração

Atividade elétrica do coração

Nó sinoatrial e frequência cardíaca

Nó atrioventricular e outras células especializadas de condução no coração

Eletrocardiografia e arritmias

Débito cardíaco e sua regulação

Enchimento ventricular e volume sistólico

Contratilidade cardíaca e volume sistólico

Estrutura e função dos vasos sanguíneos

Estrutura microscópica dos vasos sanguíneos

Função dos vasos sanguíneos

Regulação da pressão arterial e do volume de sangue

Reflexos neurais

Agentes humorais

 

Carregar mais


Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
ePub
Criptografado
Sim
SKU
BPE0000270902
ISBN
9788527735902
Tamanho do arquivo
79 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
ePub
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados