Gestão da Qualidade - Teoria e Prática

Autor(es): Edson Paladini
Visualizações: 72
Classificação: (0)

O livro que estuda um dos conceitos mais importantes no mundo dos negócios. Com mais recursos, textos concisos, imagens, esquemas e diagramas, Gestão da Qualidade — Teoria e Prática traz estratégias inéditas e implementação de ferramentas já consagradas.

Edson Pacheco Paladini analisa os agentes e os ambientes básicos de atuação da Gestão da Qualidade e como os Programas da Qualidade têm sido estruturados e implantados. Além disso, este livro aborda os referenciais, conceitos e estruturas da área e trata de temas vigentes: a relação da Gestão da Qualidade com os modelos da Economia Compartilhada e com as características da Indústria 4.0 e como esse vínculo está se estruturando com a gênese da Indústria 5.0. Como era de se esperar, essa associação com conceitos e metodologias mais recentes está determinando novas prioridades para a Gestão da Qualidade.

Em particular, o autor tem como foco o processo da Gestão da Qualidade, sob uma perspectiva histórica, e analisa a forma como ele foi viabilizado e as conclusões sobre seus acertos e erros.

Todos os assuntos são apresentados por meio de diversos recursos didáticos, para atender ao perfil inovador de estudantes, professores e profissionais.

FORMATOS DISPONíVEIS

Impresso
eBook

6 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1. Gestão da Qualidade: Conceitos Consagrados Pela Prática

ePub Criptografado

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Espera-se que, ao final do texto, o leitor esteja apto a:

■ Como a Gestão da Qualidade desenvolve suas ações tendo em vista os diferentes conceitos da qualidade.

■ Quais os referenciais que são utilizados para estruturar e ampliar o conceito da qualidade.

■ Como a TQM e a Gestão da Qualidade no processo introduziram novas dimensões à Gestão da Qualidade tradicional.

Um conjunto de conceitos bem caracterizados suporta a estrutura e o funcionamento do processo de Gestão da Qualidade. Os mais relevantes, é evidente, referem-se à forma como se entende a qualidade, ou seja, a noção da qualidade adotada em cada organização. Esta noção é estruturada, claro, a partir de referenciais bem definidos.

Neste Capítulo, propõe-se uma abordagem específica para a qualidade, desdobrando-a em dois planos bem definidos – um “espacial” e outro “temporal”. Por extensão, o processo de gestão passa a ser exercido tendo em vista ambas as direções. A partir desta abordagem, amplia-se a concepção da qualidade.

 

2. Métodos e Estruturas da Gestão da Qualidade Consagrados Pela Prática

ePub Criptografado

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Espera-se que, ao final do texto, o leitor esteja apto a:

■ Constatar como as múltiplas concepções de qualidade determinam posturas práticas bem definidas nas organizações produtivas.

■ Compreender elementos técnicos que inseriram o conceito da qualidade desde o projeto do produto.

■ Perceber a utilidade efetiva de conceitos que, a partir de generalizações de noções básicas, edificaram a dimensão social da qualidade.

■ Entender modelos gerais de planejamento e controle da qualidade, bem como assimilar o funcionamento das estruturas que suportam esses modelos.

■ Caracterizar os métodos de economia da qualidade que atuam tanto no projeto quanto na conformação dos produtos.

Os métodos e as estruturas da Gestão da Qualidade procedem dos conceitos que foram descritos no capítulo anterior e de algumas noções deles decorrentes. Esses métodos têm sido testados, na prática, e são considerados como os mais adequados para a nossa realidade. Este capítulo analisa as múltiplas abordagens da qualidade a partir de dois referenciais, quais sejam, aqueles introduzidos pelas propostas de Garvin e aqueles que decorrem do chamado impacto social da qualidade. Alguns novos conceitos são desenvolvidos e, a seguir, analisam-se elementos operacionais da Gestão da Qualidade, como o processo gerencial em si e a estrutura de organização que sustenta a produção da qualidade. O envolvimento de recursos é também considerado – sobretudo por tratar-se de elemento crucial de todo o esforço para gerar qualidade nas organizações.

 

3. Processo e Agentes da Gestão da Qualidade

ePub Criptografado

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Espera-se que, ao final do texto, o leitor esteja apto a:

■ Compreender quais as características básicas e como operam os modelos gerenciais da Qualidade.

■ Perceber como o modelo de Gestão da Qualidade Total influenciou e alterou processos tradicionais da Gestão da Qualidade e como consolidou as novas práticas da área.

■ Entender qual o perfil do agente de decisão da Qualidade neste novo contexto.

■ Avaliar com precisão o papel de dois outros agentes críticos na Gestão da Qualidade das organizações produtivas: o de transformação (recurso humano) e o de consolidação do processo (cultura da organização).

Embora seja um processo com especificidades bem definidas, a Gestão da Qualidade é viabilizada por um grande número de agentes. Muitos desses agentes desenvolvem ações técnicas (os gerentes, por exemplo).

Mas, como se verá, dada a abrangência da Gestão da Qualidade, seu desenvolvimento não poderia ficar restrito a esse grupo de profissionais.

 

4. Ambientes de Atuação da Gestão da Qualidade

ePub Criptografado

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Espera-se que, ao final do texto, o leitor esteja apto a:

■ Compreender as particularidades que caracterizam a Gestão da Qualidade nos ambientes industriais e de geração de serviços, com ênfase nas diferenças entre ambos.

■ Entender como a Gestão da Qualidade é estruturada em dois ambientes específicos e muito relevantes no cenário social e político de qualquer país: as pequenas empresas e as organizações prestadoras de serviços públicos.

■ Assimilar os conceitos e a aplicação prática dos modelos de qualidade in-line, on-line e off-line.

Este capítulo analisa diversos ambientes de atuação da Gestão da Qualidade. Consideram-se os tipos de atividades produtivas desenvolvidas (produtos industriais, serviços e métodos); o porte da empresa e os chamados modelos da qualidade in-line, on-line e off-line, foco de classificação da avaliação da qualidade baseada em indicadores (para detalhes, ver Paladini, 2014 – Capítulo 2). Observa-se, em todos esses casos, uma unicidade de filosofia, embora haja diversidade de métodos e várias formas de desenvolver e avaliar o processo gerencial da qualidade.

 

5. Ação da Gestão da Qualidade: Estratégias de Concepção e Implantação dos Programas da Qualidade

ePub Criptografado

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Espera-se que, ao final do texto, o leitor esteja apto a:

■ Confrontar as diferentes visões da Gestão da Qualidade e as implicações práticas dessas concepções.

■ Compreender as estratégias que as diversas percepções da qualidade viabilizaram ao longo do tempo, de forma a selecionar quais estratégias são mais adequadas às diferentes situações de implantação.

■ A partir dos conceitos e das estratégias que viabilizam a qualidade, entender como são estruturados os programas que visam produzir e avaliar a qualidade nas organizações produtivas.

Atribui-se o sucesso da concepção da Gestão da Qualidade a dois fatores básicos: (1) a simplicidade e (2) a coerência dos conceitos que a suportam.

Já o sucesso de sua implantação, por meio de programas bem estruturados, deve-se, com idêntica intensidade, às estratégias e às ferramentas desenvolvidas ao longo do tempo, que, em termos práticos, viabilizaram a aplicação efetiva da Gestão da Qualidade na forma como é conhecida hoje.

 

6. Uma Visão Geral da Gestão da Qualidade

ePub Criptografado

OBJETIVOS DO CAPÍTULO

Espera-se que, ao final do texto, o leitor esteja apto a:

■ Construir uma visão geral da Gestão da Qualidade tal qual a entendemos hoje.

■ Entender a distinção entre gestão de qualidade e Gestão da Qualidade.

■ Estruturar as relações corretas entre Gestão da Qualidade e Gestão da Produção.

■ Avaliar quais as perspectivas mais imediatas da Gestão da Qualidade.

De certa forma, este livro lista várias propostas para a construção de um processo de Gestão da Qualidade. Neste capítulo, procura-se definir, como se fossem conclusões, o que a implantação prática dessas propostas deixou como constatação efetiva. E, como perspectivas imediatas, as recomendações para o desenvolvimento de um modelo cada vez mais consistente para a Gestão da Qualidade.

A primeira conclusão refere-se à necessidade de definir uma nova relação entre Gestão da Qualidade e Gestão da Produção.

De fato, a Gestão da Qualidade parece passar, nesse momento, por uma fase de transição rumo a uma situação de maior consolidação. Essa fase pode ser caracterizada exatamente como a da definição da relação entre a Gestão da Qualidade e a Gestão da Produção.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
ePub
Criptografado
Sim
SKU
BPE0000270748
ISBN
9788597022025
Tamanho do arquivo
17 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
ePub
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados