Administração de Materiais - Uma Abordagem Logística

Visualizações: 6
Classificação: (0)

Este livro tem como objetivos principais reunir os fundamentos da Administração de Materiais e apresentar sua importância dentro da empresa. Destinado àqueles que estão em seu primeiro contato com a Logística, aborda de forma simples e prática temas como:_x000D_
• dimensionamento e controle de estoques;_x000D_
• armazenamento de materiais;_x000D_
• localização e classificação de materiais;_x000D_
• administração de compras; e_x000D_
• distribuição e transporte._x000D_
A obra é resultado de amplo trabalho de pesquisa e consultas a diversos materiais disponíveis, bem como de experiências profi ssionais e acadêmicas do autor, visando apresentar para você os mais modernos conceitos de Logística Empresarial – desde o planejamento das necessidades materiais de uma empresa até a chegada do produto acabado ao cliente final._x000D_

 

7 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1 Introdução

ePub Criptografado

A atividade econômica, seja em nível local, regional ou global, atravessa ciclicamente fases de expansão e recessão industrial, e às vezes associadas à alta inflação. Isso permite que as empresas cresçam rápida e intensamente, graças a uma combinação de aumentos de produção e preços elevados. Essa conjuntura, entretanto, em certo estágio do desenvolvimento, leva a uma aproximação dos limites do crescimento econômico, e a indústria e o comércio sentem o aparecimento simultâneo de vários problemas graves, entrando em um período de concentração e declínio econômico.

Tradicionalmente, nesse tipo de cenário, as empresas voltam-se para o Governo, tentando obter apoio e assistência, seja em subsídios tributários, isenções fiscais, empréstimos ou financiamentos subsidiados. Pode-se perguntar, no entanto, se em vez disso não deveriam considerar a possibilidade de uma revisão crítica de seus próprios padrões de operação. Se pudessem eliminar os elementos ineficientes de sua estrutura e concentrar-se na melhoria da qualidade de sua operação, é possível que as políticas adotadas para sobrevivência as levassem ao crescimento ou pelo menos uma melhoria de performance.

 

2 Dimensionamento e Controle de Estoques

ePub Criptografado

A função da Administração de Estoques é maximizar o efeito lubrificante entre vendas e o planejamento e programação da produção. Deve minimizar o capital investido em estoques, pois ele é de alto custo, e aumenta de acordo com o custo financeiro. Sem estoque é impossível uma empresa trabalhar, pois ele é o amortecedor entre os vários estágios da produção até a venda final do produto.

Quanto maior o investimento em estoque, tanto maior será o comprometimento e a responsabilidade de cada departamento. Para a Gerência Financeira, a minimização dos estoques é uma das metas prioritárias. O objetivo, portanto, é otimizar esse investimento, aumentando o uso eficiente dos recursos financeiros, reduzindo as necessidades de capital investido.

Se o Gerente da Produção é também o responsável pelos estoques, como algumas vezes é o caso, então esse estoque será encarado por ele como um meio de apoio para sua meta principal: a produção. Sem dúvida, deve-se pressionar o Gerente da Produção para minimizar o investimento em estoque de matéria-prima, embalagens, produtos em processo. Existe uma situação conflitante entre a disponibilidade de estoque e a vinculação do capital, que pode ser vista no Quadro 2.1. Sob o enfoque de Vendas, deseja-se um estoque elevado para atender aos clientes. Do ponto de vista financeiro, necessita-se de estoques reduzidos para diminuir o capital investido.

 

3 Armazenagem de Materiais

ePub Criptografado

O armazém, depósito, ou almoxarifado, está diretamente ligado à movimentação ou transporte interno de cargas, e não se pode separá-lo.

A influência dos equipamentos e sistemas para a armazenagem na produção industrial pode ser observada em todas as suas frentes. Um método adequado para estocar matéria-prima, peças em processamento e produtos acabados permite diminuir os custos de operação, melhorar a qualidade dos produtos e acelerar o ritmo dos trabalhos. Além disso, provoca redução nos acidentes de trabalho, redução no desgaste dos equipamentos de movimentação e menor número de problemas de administração. Ademais, a importância desses fatores cresce em função da acentuada valorização da mão de obra e do acirramento da concorrência nos diferentes setores. Nesse sentido, mede-se o processo de um complexo industrial pelo grau de mecanização das suas diversas unidades, incluindo armazenagem e manutenção do material. O capital imobilizado nesses equipamentos pode ser recuperado em curto prazo pelo melhor aproveitamento da mão de obra e demais maquinarias. No entanto, são as condições do trabalho que determinam as possibilidades reais de melhoria. Elas servem de base na escolha do sistema de armazenagem de cargas e da operação do armazém.

 

4 Movimentação de Materiais

ePub Criptografado

Para que a matéria-prima possa transformar-se ou ser beneficiada, pelo menos um dos três elementos básicos de produção – homem, máquina ou material – deve movimentar-se; se não ocorrer essa movimentação, não se pode pensar em termos de processo produtivo.

Na maioria dos processos industriais, o material é o elemento que se movimenta. Em casos especiais, como na construção de aviões, navios e equipamentos pesados, homem e máquina convergem para o material, eles é que se movimentam.

A movimentação e o transporte de material são classificados de acordo com a atividade funcional a que se destinam.

a. Granel – Abrange os métodos e equipamentos de transportes usados desde a extração, até o armazenamento de toda a espécie de materiais a granel, incluindo gases, líquidos e sólidos.

b. Cargas unitárias – Basicamente trata-se de cargas contidas em um recipiente de paredes rígidas ou individuais ligadas entre si, formando um todo único do ponto de vista de manipulação.

 

5 Administração de Compras

ePub Criptografado

A função compra é um segmento essencial do Departamento de Logística, Materiais ou Suprimentos, que tem por finalidade suprir as necessidades de materiais ou serviços, planejá-las quantitativamente e satisfazê-las no momento certo com as quantidades corretas, verificar se recebeu efetivamente o que foi comprado e providenciar armazenamento. Compras é, portanto, uma operação da área de Logística muito importante entre as que compõem o processo de suprimento.

Qualquer atividade industrial ou comercial necessita de matérias-primas, componentes, equipamentos e serviços para que possa operar. No ciclo de um processo de fabricação, antes de se dar início à primeira operação, os materiais e insumos gerais devem estar disponíveis, mantendo-se, com certo grau de certeza, a continuidade de seu abastecimento a fim de atender as necessidades ao longo do período. Logo, a quantidade dos materiais e a sua qualidade devem ser compatíveis com o processo produtivo.

Em todo sistema empresarial, para manter um volume de vendas e um perfil competitivo no mercado e gerar lucros satisfatórios, a minimização de custos deve ser perseguida e alcançada. Principalmente os que se referem aos materiais utilizados, já que representam uma parcela por demais considerável na estrutura de custo total.

 

6 Transportes

ePub Criptografado

A atividade de transporte tem várias maneiras de ser executada. A forma de executar e movimentar cargas entre dois pontos, com várias maneiras de transporte, é o multimodalismo, ou seja, é o modal, modo, de transportar as mercadorias entre esses pontos.

Podemos classificar de forma bem abrangente o modal de transporte entre três grandes grupos:

– Transporte Aquaviário;

– Transporte Terrestre; e

– Transporte Aéreo.

Transporte aquaviário

O aquaviário é denominado para toda e qualquer movimentação de cargas que utilize meios aquáticos. É também subdividido em: marítimo; fluvial e lacustre. Como o próprio nome define claramente, são transportes que utilizam mares, rios e lagos.

O marítimo se subdivide também em dois segmentos:

– Longo curso;

– Cabotagem.

O transporte marítimo de longo curso faz a movimentação internacional de importação e exportação entre portos de vários países.

O transporte marítimo de cabotagem movimenta as cargas entre os portos da costa do mesmo país.

 

7 Distribuição Física

ePub Criptografado

Comprar bem, procurando os melhores preços e prazos de pagamento para os materiais e produtos, estocar de maneira a evitar perdas e com o mínimo custo já não são somente os maiores fatores de lucratividade da Logística. Nos últimos anos, a Distribuição tornou-se uma questão importante, e muitas empresas não hesitam em afirmar que são os seus custos que muitas vezes participam e determinam a sua rentabilidade.

A entrega do produto ao cliente final, seja ele o consumidor, o varejista ou atacadista, necessita de uma atenção bem especial. A distribuição era considerada uma fonte que gerava custos e engolia os lucros. Porém, quando o objetivo é minimizar os custos totais da empresa e ao mesmo tempo maximizar sua renda, a abordagem deverá ser feita de tal maneira que um aumento de custo em determinado setor seja no mínimo equivalente à redução de custo em outro.

Uma empresa pode optar pelo aumento de seu valor do frete de distribuição, vamos supor em 10%, mas tem que ter como objetivo reduzir os tempos de entrega. Como consequência, terá de obter um incremento das suas vendas, e que seja em uma quantidade tal que esse aumento de vendas absorva o custo do aumento de frete.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
ePub
Criptografado
Sim
SKU
BPE0000270749
ISBN
9788597022094
Tamanho do arquivo
18 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
ePub
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados