Medium 9788578680992

A Força das Ideias para um Capitalismo Sustentável

Visualizações: 2
Classificação: (0)

Aplicar o pensamento filosófico em uma Bolsa de Valores parecia algo impossível. No entanto, quando foi presidente da Bovespa, Raymundo Magliano Filho propôs a si próprio esse desafio e mostra, nesta obra, que é possível criar, inovar e superar os modelos de exclusão social para construir uma sociedade melhor. A Força das Ideias para um Capitalismo Sustentável traz um grande exemplo de como podem ocorrer mudanças profundas na sociedade, por meio de uma mobilização pacífica em torno de ideias e iniciativas que gerem possibilidades de desenvolvimento para todos.

 

5 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

I. Visibilidade e integração

PDF Criptografado

CAPÍTULO I

VISIBILIDADE E INTEGRAÇÃO

A BOVESPA AO ALCANCE DE TODOS OS BRASILEIROS

Apesar do vínculo estreito com a sociedade civil em seu todo, que remonta à organização do mercado de ações de maneira espontânea no Brasil do século XIX, sob a influência europeia e norte-americana, para os leigos, não era simples compreender os conceitos e o funcionamento de uma Bolsa de Valores ou da economia em geral. A crescente complexidade de seus mecanismos e o tecnicismo de sua linguagem apresentavam-se como elementos de exclusão.

Além disso, após a década de 1970, o mercado de ações no

Brasil passou a ser visto apenas como espaço de especulação financeira. Aos olhos da população, era um ambiente em que só seria possível ter êxito por meio do acesso privilegiado a informações, o que o tornava um espaço inacessível para a maioria.

39

Nesse contexto, em 2002, foi lançada a peça fundamental da campanha de popularização do mercado de ações, o programa

Bovespa Vai até Você,15 com o objetivo de ir ao encontro das pessoas, onde quer que elas estivessem, para levar esclarecimentos sobre a verdadeira função do mercado de ações. O primeiro evento ocorreu em uma quadra da Team Tennis, do professor Humberto Vitale, em Pinheiros (São Paulo), com a transformação do espaço em auditório para mais de 150 pessoas e a apresentação de uma palestra com o especialista em finanças pessoais, Mauro

 

II. Acesso pelo conhecimento

PDF Criptografado

CAPÍTULO II

ACESSO PELO CONHECIMENTO

A FORMAÇÃO DE UMA CULTURA DE

POUPANÇA E INVESTIMENTO

Ao chegar a diferentes públicos, nossas equipes do programa de popularização descobriram que, além da falta de conhecimento sobre o investimento em ações, havia um outro obstáculo a ser superado. Após receberem os esclarecimentos sobre o funcionamento do mercado de ações, as pessoas diziam que gostariam de poupar e investir, mas que “não sobrava dinheiro, no final do mês, para essa finalidade”.

Essa constatação mostrou que era necessário levar também a todos os públicos orientações sobre planejamento e organização das finanças pessoais e da família. Afinal, o Brasil tinha acabado de sair de um longo período de inflação alta, que reforçava a cultura do consumo imediato, diante da enorme perda diária de poder de compra da moeda. Era praticamente

53

impossível para as gerações que vivenciaram a inflação elevada pensar em um planejamento financeiro de longo prazo.

 

III. Responsabilidade socioambiental e cidadania plena

PDF Criptografado

CAPÍTULO III

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

E CIDADANIA PLENA

CONSTRUÇÃO DA CULTURA DE MOBILIZAÇÃO

E PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE

Como parte de todo o processo de posicionamento ativo da Bovespa na transformação do ambiente social, entendemos que também era necessário assumir um papel de liderança na criação de uma nova cultura de participação e mobilização da sociedade em prol da conquista da cidadania plena, que abrange não só os direitos de livre manifestação e atuação política, mas também de bem-estar social.

Além disso, as conquistas do mercado de capitais (e do próprio crescimento econômico) precisam ser acompanhadas por avanços de igual magnitude nos campos social e ambiental. No entanto, a sociedade civil organizada (“os grupos sociais, grandes organizações e associações que se tornaram sujeitos politicamente relevantes”, na segunda metade do século XX, na

59

clássica definição de Norberto Bobbio) não pode esperar tudo do governo, de braços cruzados. Ela deve exercer uma função complementar à do Estado, participando de um esforço comum para vencer as desigualdades.

 

IV. Transparência e transformação

PDF Criptografado

CAPÍTULO IV

TRANSPARÊNCIA E TRANSFORMAÇÃO

A CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE SEM NEGÓCIOS OCULTOS

Quais os princípios que norteiam a ampliação do espaço democrático para âmbitos não estritamente políticos, ou seja, para a sociedade civil? Norberto Bobbio nos indica um dos caminhos ao afirmar que uma promessa da democracia é pôr fim aos “segredos de Estado”, os arcana imperii dos estados absolutistas ou autocráticos, fechados, ocultos, misteriosos, cujas “grandes decisões políticas eram tomadas longe dos olhares indiscretos do público”.25

25 Bobbio trata do tema em inúmeros livros e ensaios, a começar por Estado,

governo, sociedade e O futuro da democracia. Incluiu-o entre promessas não cumpridas ou não inteiramente cumpridas da democracia, ou pelo surgimento de obstáculos não previstos ou por transformações da sociedade.

85

Só a democracia “desoculta”.26 É por meio da revelação que se pode “eliminar o poder invisível”. Ela dá publicidade aos atos do governo e, além de abri-los aos olhos dos cidadãos, coíbe práticas dissonantes dos padrões mínimos de moralidade, pois expõe os governantes ao juízo deles.27 Só a democracia, acrescenta Bobbio, pode dar vida à “transparência do poder”, ao “poder sem máscara”.

 

V. Futuro sustentável

PDF Criptografado

CAPÍTULO V

FUTURO SUSTENTÁVEL

A CONSTRUÇÃO DA NOVA BOLSA GLOBAL

A Bovespa nasceu no dia 23 de agosto de 1890, no alvorecer da

República, com o sugestivo nome de Bolsa Livre de São Paulo.

Localizava-se no número 2 da então Rua do Rosário, no centro histórico da capital. Desde então, acompanhou o desenvolvimento do país, sofreu com as vicissitudes da economia, comemorou e espelhou seus sucessos, evoluindo e aperfeiçoando-se constantemente.

Em sua trajetória, revigorada pela ampliação da base de investidores e do volume de negócios com ações que vem ocorrendo desde 2002, a expansão que se seguiu culminou em uma nova etapa de reorganização administrativa e societária. Em agosto de 2007, a Bovespa passou pelo processo de desmutualização, que resultou na Bovespa Holding. As corretoras, as quais

97

eram proprietárias de títulos patrimoniais da Bolsa (o que configurava um investimento mútuo), transformaram-se em acionistas. E a Bovespa, antes uma instituição sem fins lucrativos, tornou-se uma empresa com a missão de gerar também bons resultados financeiros.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Não
SKU
BPP0000269807
ISBN
9788520448366
Tamanho do arquivo
19 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Não
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados