As Novas Faces da Medicina

Visualizações: 49
Classificação: (0)

“O que um estudante de Medicina ou um médico recém-formado pode esperar da profissão? A resposta certamente varia de acordo com a visão ou grau de miopia de quem responde. Seria importante ouvir, de antemão, as ponderações de um médico com sólidos conhecimentos clínicos e epidemiológicos. Seria igualmente importante atentar-se para as observações de um professor de Medicina, versado em ensinar as bases fisiopatológicas do ofício adquiridas por meio de pesquisas de repercussão básica e clínica. No entanto, a Medicina não é apenas ciência e por isso seria ainda aconselhável ouvir as ponderações de um médico humanista que alia a prática à erudição, obtida nos grandes clássicos da literatura universal. Portanto, o ideal seria que o profissional consultado somasse experiência em todas essas áreas e que pudesse oferecer uma análise equilibrada, erudita e prática sobre o saber-fazer médico. Nesta obra, Protásio Lemos da Luz, professor, médico, pesquisador e humanista, oferece-nos aspectos da Medicina que todo jovem gostaria de aprender no alvorecer de sua prática profissional. Aos mais experientes, o livro também vem em boa hora, pois, além do excelente conteúdo, o autor aborda com humor exemplos do dia a dia.” (Mário Abdalla Saad, Professor Titular de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas [FCM-Unicamp])

 

14 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1. Características da medicina moderna

PDF Criptografado

1. CARACTERÍSTICAS DA MEDICINA

MODERNA

Uma acumulação de fatos não é uma ciência, da mesma forma que uma porção de pedras não é uma casa. Henri Poincaré

Quando se exclui o impossível, o que resta, embora improvável, deve ser a verdade. Sir Conan Doyle

É inquestionável que a Medicina experimentou espetaculares progressos nas últimas décadas. No Brasil, não apenas as pessoas vivem mais, como também a qualidade de vida melhorou sensivelmente. Basta ver a expectativa de vida de

74,6 anos em 2012, quando em 1970 era apenas de 63 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).1

Nesse ínterim houve grandes mudanças, como veremos.

No passado, a profissão era liberal, o que significa que os médicos prestavam serviços diretamente aos pacientes e, portanto, tinham compromissos pessoais, cobrando honorários baseados em critérios individuais e dependentes dos costumes vigentes. Pacientes exerciam total liberdade de escolha sobre quem consultar. Com o passar do tempo, houve uma mudança fundamental nesse estado de coisas; muitos médicos, talvez a maioria, passaram a trabalhar para entidades assistenciais por meio de empregos assalariados, com horários bem definidos de trabalho e sem compromissos individuais permanentes com os pacientes. Segundo o Conselho Federal de Medicina

 

2. A escolha da profissão

PDF Criptografado

2. A ESCOLHA DA PROFISSÃO

O começo de todas as ciências é assombrar-se de que as coisas são o que são. Aristóteles

Todas as coisas devem ser o mais simples possível, mas não mais que isso. Albert Einstein

Por que a Medicina continua exercendo tanto fascínio sobre os jovens? Apesar de ser vista como uma profissão difícil, que exige consideráveis sacrifícios pessoais, é uma das principais escolhas entre os vestibulandos: 40 candidatos por vaga em 2013.1

É uma profissão nobre porque cuida de valores inalienáveis, que não podem ser substituídos. “Cuida das pessoas e não das coisas das pessoas”, como expressou o eminente professor

Adib Jatene. No Babylonian Talmud se diz: “Whoever saves one life is considered by God as if he (she) had saved the whole world”. No livro

Felicidade Autêntica, Martim Seligman2 relata que um grupo de pedagogos decidiu ensinar à juventude valores fundamentais da vida. Surgiu a pergunta: ensinar o quê? Buscaram a resposta consultando religiões, culturas e filosofias milenares consolidadas entre os homens; incluíram budismo, cristianismo, islamismo, cultura grega, romana e chinesa. Ao final, e para surpresa de muitos, apenas seis valores foram universalmente reconhecidos como essenciais na vida do homem: 1. saber e conhecimento; 2. coragem; 3. amor e humanidade; 4. justiça; 5. moderação; 6. espiritualidade e transcendência.

 

3. Importância da boa formação médica – Graduação e pós-graduação

PDF Criptografado

3. IMPORTÂNCIA DA BOA FORMAÇÃO

MÉDICA – GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

A grande tragédia da ciência é a escravidão de uma bela hipótese por um fato sem graça. Aldous Huxley

Aprender por experiência própria é próprio dos ignorantes; ao homem verdadeiramente inteligente basta o exemplo do que acontece aos outros. Provérbio chinês

Uma boa formação médica é essencial para o êxito da carreira.

Essa formação compreende a graduação e as diferentes etapas ou formas de pós-graduação. Uma carreira médica bem-sucedida depende de vários fatores, a começar pelo talento do profissional. Tudo, porém, começa com a entrada na escola de Medicina. Isso, por si só, já é motivo de comemoração. A escola médica deve ter como missões precípuas:

1. Ensinar os fenômenos biológicos essenciais que governam as funções do organismo: rins, coração, pulmões, fígado e outros órgãos. Assim, quando William Harvey descobriu como o sangue circula, contribuiu de modo definitivo para o esclarecimento dos mecanismos da circulação sanguínea e oxigenação dos tecidos, compreendendo o papel do coração, das artérias e das veias. Sua descoberta constitui um pilar mestre da fisiologia, sendo considerada uma das maiores de todos os tempos. Muitos, hoje, fiam-se na tecnologia de beira de leito, nos resultados computadorizados de ga23

 

4. Conhecimentos necessários hoje – A medicina além do doente

PDF Criptografado

4. CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

HOJE – A MEDICINA ALÉM DO DOENTE

O universo escreve-se em linguagem matemática. Galileu Galilei

Só existem duas coisas infinitas: o universo e a estupidez humana; e não estou muito certo quanto à primeira. Albert Einstein

No passado, as escolas médicas tinham como missão simplesmente ensinar como diagnosticar doenças e tratar de doentes.

Custos eram problema do Estado, e problemas pessoais dos pacientes eram questões privadas das quais o médico prudentemente se afastava. Esse conceito hoje é certamente uma supersimplificação do cenário em que a profissão é exercida.

Evoluímos para o tratamento integral, em que todos os aspectos relacionados ao indivíduo doente devem ser considerados.

Saímos do conceito de doença e passamos ao conceito de indivíduo com doenças orgânicas e mentais associadas aos desajustes sociais decorrentes disso. Hoje, a missão das escolas médicas engloba preparar o aluno para a prática da moderna

 

5. Lidar com pessoas, seus dramas e expectativas

PDF Criptografado

5. LIDAR COM PESSOAS, SEUS DRAMAS

E EXPECTATIVAS

Esperar que qualquer homem que nasceu livre fique contente em se ver confinado e sem liberdade de ir aonde quiser é como esperar que as águas de um rio corram para trás... Deixem-me ser livre – livre para viajar, livre para parar, livre para trabalhar, livre para negociar onde escolher, livre para escolher meus mestres, livre para escolher a religião de meu país, livre para pensar e andar e agir por mim mesmo – e obedecerei todas as leis ou me submeterei às penalidades.

Chief Joseph, dos índios Nez Percé americanos, confinado pelo governo dos EUA. Quando morreu, em 21 de setembro de 1904, o médico da agência atestou como causa do óbito “coração partido”.*

Pela minha avaliação, 50% do sucesso em Medicina se deve à competência científica; a outra metade, à uma boa relação entre médico e paciente. É por isso que os charlatões adquirem prestígio – eles não sabem Medicina, mas sabem lidar com as pessoas. Há verdadeiros tratados sobre os diversos tipos de personalidades. Dostoiévski, Shakespeare e Freud foram mestres em descrever tipos de personalidade, penetrando na intimidade da alma humana.

 

6. Avanços científicos – Progressos e dilemas

PDF Criptografado

6. AVANÇOS CIENTÍFICOS –

PROGRESSOS E DILEMAS

O respeito cego pela autoridade é o maior inimigo da verdade.

Albert Einstein

É melhor sempre falar a verdade para não precisar ficar se lembrando do que falou. Mark Twain

Os antigos se apropriaram de nossas melhores novas ideias.

Mark Twain

Durante séculos, o progresso da ciência médica foi lento. Antes de Cristo, os gregos agiam baseados em simples observações da natureza, deduções e crenças. A revolução científica começou por volta de 1500 d.C., com Kepler, Galileo e Copérnico na Cosmologia. Descartes, que viveu de 1596 a 1649, sistematizou o pensamento científico no seu imortal Discurso do Método. A ciência médica também passou a florescer. Em 1543, Andreas Vesalius publicou De humani corporis fabrica libre septem, no qual descreveu o esqueleto humano. No último século, sobretudo nas últimas décadas, registraram-se significativas descobertas que mudaram radicalmente o modo como se pratica Medicina. Por conta disso, a mortalidade por cânceres diminuiu significativamente. Entre

 

7. Internet e prática clínica – O perfil dos pacientes mudou

PDF Criptografado

7. INTERNET E PRÁTICA CLÍNICA –

O PERFIL DOS PACIENTES MUDOU

A simplicidade é o que há de mais difícil no mundo; é o último resultado da experiência, a derradeira força do gênio.

Bernard Shaw

Deus não joga dados com o universo. Albert Einstein

A mediocridade consiste em não causar escândalos e também não dar exemplos. José Ingenieros

Dentre os grandes avanços tecnológicos dos últimos anos, a internet talvez seja o que causou maior impacto na vida das pessoas. Além de ter criado uma série de tecnologias que hoje são usadas na área médica, a internet afetou todos os aspectos de nossas vidas: criaram-se redes sociais, como Facebook, Twitter e blogs, que interligam pessoas no mundo inteiro e permitem a comunicação indivíduo a indivíduo; a informação tornou-se acessível a todos de modo instantâneo; imagens de Marte são mostradas on-line. Hoje, não precisamos mais de jornais ou televisão para expressar ideias: podemos usar nossos instrumentos pessoais, passando mensagens para muitos seguidores. É possível fazer compras, executar transações bancárias, programar viagens, reservar hotéis, visitar museus, procurar relacionamentos amorosos. Campanhas políticas servem-se dessa tecnologia para captar eleitores. São inúmeras as atividades que podem ser feitas pela internet. Infelizmente, esses instrumen193

 

8. Sucesso e instituições

PDF Criptografado

8. SUCESSO E INSTITUIÇÕES

Bem, isto não é o fim. Não é nem mesmo o começo do fim. Mas é, talvez, o fim do começo. Winston Churchill, em discurso em Londres, em 9 de novembro de 1942, comentando a Batalha do

Egito, vencida pelas forças aliadas.

Você pode enganar parte do povo, todo o tempo. Pode enganar todo o povo, parte do tempo. Mas não pode enganar todo o povo, todo o tempo. Abraham Lincoln

Tenho observado a trajetória de muitas instituições médicas no nosso país. Algumas atingiram graus de desenvolvimento notáveis, contribuindo para o progresso da Medicina brasileira, seja na assistência ao paciente, no ensino ou na geração de novos conhecimentos. Outras não. Algumas tiveram um brilho passageiro e, depois, sumiram. Outras nunca chegaram a ter brilho algum. Certamente, quem as criou imaginou para cada uma delas um futuro radiante. O que diferencia essas histórias?

O fenômeno não é só brasileiro. Trajetórias semelhantes também podem ser observadas no exterior. Instituições fortes, duradouras e criativas são fundamentais para o progresso do país, da ciência e para o desenvolvimento de sistemas de saúde que realmente beneficiem a população. Tendo trabalhado há anos em instituições norte-americanas e brasileiras, participando da condução de vários processos institucionais, adquiri certa experiência na área. Refletindo sobre esse tema, gostaria de compartilhar com os leitores alguns conceitos. Minha esperança é que a discussão sirva, de alguma maneira, para aqueles

211

 

9. Opções no exercício profissional – O que você quer ser?

PDF Criptografado

9. OPÇÕES NO EXERCÍCIO

PROFISSIONAL– O QUE VOCÊ QUER SER?

Whoever saves one life is considered by God as if he (she) had saved the whole world. Talmud

O único lugar onde sucesso vem antes de trabalho é no dicionário.

Albert Einstein

A carreira médica oferece múltiplas opções e isso é uma de suas características mais fascinantes. Basicamente, o profissional pode ser médico assistencial ou acadêmico, aí incluídos os professores e pesquisadores, e, claro, uma mescla de tudo. Todas as formas de atividade carregam em si a dignidade e o simbolismo da profissão e reverenciam a pessoa humana que é, afinal, o objeto da Medicina. É uma profissão nobre, admirada por todas as culturas ao longo dos tempos. Os caminhos podem não ser fáceis: cada uma das vertentes têm características especiais e requerem formações específicas. Ao médico jovem compete descobrir seus próprios talentos, reconhecer suas inclinações para, então, escolher que caminho seguir. Há um agravante: a prática médica será longa, de muitas décadas, e é difícil mudar de rumo no meio do caminho. Os investimentos em tempo e recursos são grandes. Aliás, custos e duração da formação são motivos suficientes para a discussão de reformas curriculares nos EUA.1-4 Além disso, o comprometimento com a profissão médica, se equivocado, pode levar a pessoa a trabalhar a vida toda em uma área que não gosta. Isso seria uma

223

 

10. Como construir uma carreira

PDF Criptografado

10. COMO CONSTRUIR UMA CARREIRA

Escreve na areia o mal que te desejaram e no mármore o bem que te fizeram. Provérbio árabe.

Se encontrando o sucesso e o fracasso conseguires tratar da mesma forma esses dois impostores... És um homem meu filho.

Rudyard Kipling

Jesus conta que havia dois homens que pretendiam construir suas casas. Um era homem sábio e o outro, insensato. O sábio construiu sua casa sobre a rocha e, quando terminou, ele a observou e disse: “Está muito bem”. Logo vieram tempestades, chuvas e os rios transbordaram, mas, como a casa estava sobre a rocha, nada lhe aconteceu. O insensato também fez uma casa boa, mas sobre a areia. Vieram as chuvas, a água afrouxou a areia embaixo da casa, e a casa desmoronou (Mateus 7:24-27).

Em um paralelo, a carreira do médico também deve ser feita sobre a rocha para que, quando vierem as intempéries, ela não desabe. No caso, a rocha é a formação profissional, como será discutido adiante. Intempéries são todos os desafios que surgem no decorrer da vida.

 

11. A pesquisa como carreira

PDF Criptografado

11. A PESQUISA COMO CARREIRA

Não sei como possa parecer aos olhos do mundo, mas, aos meus, pareço apenas ter sido como um menino brincando à beira-mar, divertindo-se com o fato de encontrar, de vez em quando, uma concha mais bonita, enquanto o grande oceano da verdade permanece misterioso diante dos meus olhos. Isaac Newton

Na ciência, o crédito vai para o homem que convence o mundo, não para o homem que teve a ideia em primeiro lugar. Sir William Osler

No imaginário popular, quando se fala em Medicina, imagina-se alguém curando outro alguém. Não ocorre, de início, a ideia de um cientista. Isso é mais para os físicos, matemáticos e astrônomos. No entanto, cientistas da área da saúde, em certo sentido, são os mentores da prática médica. Os médicos são como artistas que aplicam com maestria os conhecimentos existentes; eles não podem experimentar livremente no ser humano. Já a obrigação do cientista é justamente experimentar para descobrir o que pode ser aplicado, com segurança e proveito, ao homem. Embora médicos e cientistas militem nas mesmas

 

12. Formas de adquirir conhecimento – Uma visão do clínico

PDF Criptografado

12. FORMAS DE ADQUIRIR

CONHECIMENTO – UMA VISÃO DO CLÍNICO

O trabalho nos livra de três grandes males: o tédio, o vício e a pobreza. Voltaire

A verdade é filha não da autoridade, mas do tempo.

Francis Bacon

Há várias maneiras de adquirir conhecimento, incluindo experiência pessoal, leituras, deduções e pesquisas científicas. Na

área médica, a pesquisa científica tem sido a viga-mestra do progresso. Assim, a literatura científica é o veículo principal de transmissão do conhecimento. A interpretação correta dos dados científicos requer formação adequada, às vezes profunda, de vários aspectos da ciência: modelos, métodos, protocolos, dados estatísticos. Neste capítulo, apresentarei alguns aspectos dessa problemática. Não é uma visão de especialista em estatística, mas, sim, observações de um clínico, pertinentes à interpretação de estudos e dirigidas especificamente a médicos, que devem retirar da literatura especializada as informações que possam ser incorporadas à sua prática diária.

 

13. Medicina Translacional – Como acelerar o progresso

PDF Criptografado

13. MEDICINA TRANSLACIONAL – COMO

ACELERAR O PROGRESSO

A maravilhosa disposição e harmonia do universo só pode ter tido origem segundo um plano de um Ser que tudo sabe e tudo pode. Isso fica sendo a minha última e mais elevada descoberta.

Isaac Newton

O homem de vez em quando tropeça sobre a verdade, mas na maioria das vezes se levanta e continua andando como se nada tivesse acontecido. Winston Churchill

O PROBLEMA

Um dos grandes gargalos na aplicação do conhecimento médico à população tem sido a demora entre a geração do conhecimento pelas áreas básicas, os testes clínicos e, por fim, sua aplicação na prática. No passado, vigorava o chamado modelo linear do progresso tecnológico, no qual primeiro se gerava o conhecimento e depois vinha o desenvolvimento tecnológico, seguido da aplicação. Hoje, trabalha-se com o modelo do círculo virtuoso, no qual a pesquisa alimenta a tecnologia e esta gera mais pesquisa, porém, em uma fórmula circular em que os dois elementos se entrelaçam em inter-relações simultâneas. Esse modelo atual tem a vantagem potencial de encurtar o tempo necessário à transformação tecnológica e também de propiciar um sistema de retroalimentação automática. Tal conceito aplica-se a todas as ciências, não apenas às biológicas.

311

 

14. Desafios futuros

PDF Criptografado

14. DESAFIOS FUTUROS

O que você pode fazer, ou sonha que pode, comece; a intrepidez tem em si o gênio, poder e magia. Goethe

A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las.

Aristóteles

É sempre perigoso prever o futuro. Mas, pior ainda, é não pensar sobre ele. Vários desafios estão diante da classe médica no século XXI, tanto em nível pessoal, quanto acadêmico, governamental e da sociedade civil. Diante das profundas e rápidas transformações sociais a que estamos assistindo, o próprio papel do médico merece consideração.

O papel do médico nunca desaparecerá. Mesmo com toda tecnologia moderna, o médico sempre tomará decisões, realizará procedimentos, atenderá às pessoas, pensará na organização dos sistemas de saúde. O doente, especialmente nas situações graves, procura no médico um companheiro. Alguém que não o abandone na longa e penosa viagem pelo sofrimento. Para o doente grave, o médico é o ramo de arbusto na margem a que ele se agarra quando a corrente do sofrimento e da morte procura arrastá-lo. Não só isso. O médico é o único que pode integrar os vários ramos do conhecimento científico, definir estratégias de investigação, prioridades, optar pelos tratamentos mais adequados, aconselhar famílias e pacientes, elucidar as informações veiculadas na imprensa e internet.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPP0000269809
ISBN
9788520448397
Tamanho do arquivo
120 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados