Medicina Interna de Harrison

Visualizações: 110
Classificação: (0)

Baseado no conteúdo preciso e atualizado da 19ª edição do Medicina interna de Harrison, esta obra é composta por mais de 1.000 questões que auxiliam na preparação de estudantes e profissionais da medicina interna. Cada questão é acompanhada por uma explicação da resposta correta e das incorretas, e muitas refletem cenários clínicos realistas, incluindo imagens radiográficas e patológicas. As explicações são referenciadas a capítulos do Medicina interna de Harrison, 19ª edição, e ampliam a compreensão do leitor sobre fisiopatologia, epidemiologia, diagnóstico diferencial, tomada de decisão clínica e tratamento das doenças.

FORMATOS DISPONíVEIS

eBook

Disponível no modelo assinatura da Minha Biblioteca

11 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

PARTE I - Considerações gerais em medicina clínica

PDF Criptografado

Parte I: Considerações gerais em medicina clínica

1

Questões

A. As diretrizes de prática clínica protegem os profissionais de saúde de acusações indevidas de má prática; contudo elas não oferecem proteção aos pacientes, evitando que recebam uma assistência abaixo dos padrões estabelecidos.

B. As diretrizes de práticas clínicas alcançaram, em grande parte, um estágio detalhista, permitindo que elas levem em consideração todas as doenças em particular e os pacientes que procuram o médico de hoje.

C. As diretrizes de prática clínica proporcionam uma restrição legal aos médicos, e qualquer desvio dos cuidados baseados nas diretrizes invariavelmente torna o médico vulnerável a uma ação legal.

D. Quando diferentes organizações discordam com relação às diretrizes de prática clínica, um terceiro órgão

é designado para atenuar essas divergências, de modo que as diretrizes de todas as grandes organizações sejam consistentes.

E. Todas as afirmativas anteriores são falsas.

 

PARTE II - Principais manifestações e apresentações das doenças

PDF Criptografado

Parte II: Principais manifestações e apresentações das doenças

57

Questões

A. Artrite gonocócica aguda

B. Síndrome do túnel do carpo

C. Síndrome dolorosa complexa regional

D. Gota

E. Lúpus eritematoso sistêmico

Questões

II-1.  Quando são aplicados estímulos intensos e repetidos a tecidos lesionados ou inflamados, qual das seguintes respostas ocorre?

sexualmente ativa, não faz uso de medicamentos e não usa tabaco, álcool ou substâncias ilícitas. Qual é o diagnóstico mais provável?

Parte II

INSTRUÇÕES: Escolha a resposta mais adequada para cada questão.

A. O limiar de ativação dos nociceptores aferentes primários é reduzido, e a frequência de descarga torna-se maior para estímulos de todas as intensidades.

B. O limiar de ativação dos nociceptores aferentes primários é reduzido, e a frequência de descarga torna-se menor para estímulos de todas as intensidades.

C. O limiar de ativação dos nociceptores aferentes primários é elevado, e a frequência de descarga torna-se maior para estímulos de todas as intensidades.

 

PARTE III - Oncologia e hematologia

PDF Criptografado

Parte III: Oncologia e hematologia

137

Questões

A. Apresenta taxas de mortalidade iguais em todos os grupos raciais.

B. O câncer é responsável por 1 em cada 4 mortes nos Estados Unidos.

C. O câncer constitui a terceira causa principal de morte nos Estados Unidos

D. Desde 1992, a incidência do câncer vem aumentando em cerca de 2% a cada ano.

E. O maior número de casos de cânceres no mundo é observado na Europa e na América do Norte.

III-2.  Uma mulher de 42 anos de idade é tratada com carboplatina e paclitaxel para câncer de ovário em estágio III. A tomografia computadorizada (TC) realizada após completar seis ciclos de terapia revela uma redução de 25% da carga tumoral.

Qual é a melhor avaliação de sua resposta à terapia?

A.

B.

C.

D.

Resposta completa

Resposta parcial

Doença progressiva

Doença estável

III-3.  Uma mulher de 68 anos de idade é diagnosticada com câncer de mama em estágio II. Apresenta história de doença pulmonar obstrutiva crônica grave com volume expiratório forçado em 1 segundo (VEF1) de 32% do previsto, doença arterial coronariana com colocação prévia de stent em artéria descendente anterior, doença vascular periférica e obesidade.

 

PARTE IV - Doenças infecciosas

PDF Criptografado

Parte IV: Doenças infecciosas

189

Questões

A.

B.

C.

D.

E.

Bactérias catalase-positivas

Neisseria meningitidis

Pseudomonas aeruginosa

Salmonella spp.

Streptococcus pneumoniae

IV-2.  Todas as seguintes afirmativas são verdadeiras com relação às doenças infecciosas no mundo, EXCETO:

A. A tuberculose resistente a fármacos é comum nos países do antigo bloco soviético.

B. As doenças infecciosas constituem a principal causa de morte no mundo inteiro.

C. Mais de 60% das mortes na África Subsaariana foram relacionadas a doenças infecciosas (2010).

D. O número absoluto de mortes relacionadas a doenças infecciosas permaneceu relativamente constante nos

últimos 20 anos.

E. A taxa de mortalidade relacionada às doenças infecciosas diminuiu notavelmente nos últimos 20 anos.

A.

B.

C.

D.

E.

Escherichia coli

Haemophilus influenzae

N. meningitidis

 

PARTE V - Distúrbios do sistema cardiovascular

PDF Criptografado

Parte V: Distúrbios do sistema cardiovascular

339

Questões

A. À medida que essa nação entra no estágio de declínio das pandemias, o esperado é que a maior parte da morbidade e mortalidade causadas por DCV seja devido a miocardiopatias secundárias a agentes infecciosos.

B. Cada nação ou localização geográfica progride pelos cinco estágios de transição epidemiológica de maneira idêntica no que diz respeito ao risco de DCV.

C. Nesta nação, quando a mortalidade das DCV alcançar um pico, o esperado é que a mortalidade por acidente vascular encefálico seja maior que a da doença arterial coronariana.

D. O esperado é um padrão epidemiológico muito homogêneo de risco de DCV em toda essa nação com o decorrer do tempo.

E. A previsão é a de que a mortalidade por DCV aumentará inexoravelmente à medida que essa nação progrida pelos cinco estágios da transição epidemiológica.

WIENER_19ed_HARRISON_Preparacao_Provas_Concursos_BOOK.indb 339

A. Comunicação interatrial

 

PARTE VI - Distúrbios do sistema respiratório e medicina intensiva

PDF Criptografado

Parte VI: Distúrbios do sistema respiratório e medicina intensiva

417

Questões

A. Asma

B. Superdosagem de narcótico

C. Pneumonia pneumocócica

D. Pneumonia por Pneumocystis

E. Embolia pulmonar

VI-3.  Qual o volume pulmonar em que o recolhimento elástico para fora da parede torácica é igual ao recolhimento elástico para dentro dos pulmões?

A.

B.

C.

D.

E.

Volume de reserva expiratória

Capacidade residual funcional

Volume residual

Volume corrente

Capacidade pulmonar total

VI-4.  Um homem de 65 anos de idade é examinado devido

à ocorrência de dispneia ao esforço progressiva no decorrer dos últimos três meses. A história clínica é significativa devido a um episódio de pancreatite necrosante, que resultou em falência de múltiplos órgãos e síndrome da angústia respiratória aguda. Houve necessidade de ventilação mecânica durante seis semanas antes de sua recuperação. O paciente também

 

PARTE VII - Distúrbios dos rins e do trato urinário

PDF Criptografado

Parte VII: Distúrbios dos rins e do trato urinário

471

Questões

A. Apoptose e necrose das células tubulares

B. Vasodilatação glomerular em resposta ao oxido nítrico reduzido

C. Vasoconstrição glomerular em resposta a níveis de endotelina aumentada

D. Aumento da adesão dos leucócitos dentro do glomérulo

E. Todas as respostas anteriores

VII-2.  Todas as seguintes opções constituem fatores de risco para a lesão renal aguda pós-operatória, EXCETO:

A.

B.

C.

D.

E.

Cirurgia cardíaca com bypass cardiopulmonar

Diabetes melito

Sexo feminino

Hipotensão intraoperatória

Perda significativa de sangue durante a cirurgia

VII-3.  Um homem de 57 anos de idade com história de diabetes melito e doença renal crônica com nível basal de creatinina de 1,8 mg/dL é submetido a cateterismo cardíaco por infarto agudo do miocárdio. Subsequentemente, é diagnosticado com lesão renal aguda em consequência ao uso de meio de contraste iodado. Todas as seguintes afirmativas são verdadeiras acerca dessa lesão renal, EXCETO:

 

PARTE VIII - Distúrbios do sistema gastrintestinal

PDF Criptografado

Parte VIII: Distúrbios do sistema gastrintestinal

491

Questões

A. Capacidade de avaliar função e morfologia.

B. Capacidade de intervenção, bem como de diagnóstico.

C. Capacidade de obter amostras de biópsia.

D. Maior sensibilidade para a detecção de anormalidades identificadas por alteração da cor, como, por exemplo, metaplasia de Barrett.

E. Maior sensibilidade para a detecção de lesões da mucosa.

VIII-2.  Um homem de 47 anos de idade é examinado no serviço de emergência para avaliação de dor torácica, que surgiu quando estava em um restaurante, após deglutir um pedaço de bife. Relata a ocorrência de episódios intermitentes de carne presa na projeção do tórax inferior nos últimos três anos, porém nenhum tão intenso quanto este último. Nega regurgitação de alimento fora desses episódios ou queimação retroesternal. Consegue ingerir líquidos sem dificuldade e não teve nenhuma perda de peso. Qual o diagnóstico mais provável?

A. Acalasia

 

PARTE IX - Reumatologia e imunologia

PDF Criptografado

Parte IX: Reumatologia e imunologia

541

Questões

A. Trata-se exclusivamente de uma característica de animais vertebrados.

B. As células importantes incluem macrófagos e linfócitos natural killer.

C. O não reconhecimento de moléculas estranhas de micróbios benignos.

D. O reconhecimento por moléculas do hospedeiro codificadas pela linhagem germinativa.

E. O reconhecimento de fatores de virulência microbianos principais, mas não o reconhecimento de moléculas próprias.

Questões

IX-1.  Todas as seguintes alternativas são características fundamentais do sistema imune inato, EXCETO:

IX-5.  Um calouro universitário de 19 anos de idade chega

à clínica universitária com queixa de lesões cutâneas hipersensíveis e dolorosas na axila (ver Figura IX-5). O paciente relata que já teve episódios semelhantes durante toda vida, os quais foram tratados com antibióticos. Ele tem o laudo laboratorial do último episódio, que relata uma cultura positiva para Serratia marcescens. Todas as seguintes afirmativas sobre esse paciente e o seu provável diagnóstico são verdadeiras, EXCETO:

 

PARTE X - Endocrinologia e metabolismo

PDF Criptografado

Parte X: Endocrinologia e metabolismo

579

Questões

A. Hormônio adrenocorticotrófico

B. Hormônio do crescimento

C. Ocitocina

D. Prolactina

E. Hormônio estimulante da tireoide

X-2.  Para seu médico, um homem de 45 anos de idade relata que sua esposa percebeu que seus traços faciais estavam se tornando grosseiros no decorrer desses vários anos. Além disso, queixa-se de baixa libido e diminuição da energia. O exame físico revela a presença de bossa frontal e maior tamanho das mãos. A RM confirma a existência de uma massa hipofisária.

Qual dos seguintes exames de rastreamento deve ser solicitado para diagnosticar a causa dessa massa?

A.

B.

C.

D.

Cortisol livre na urina de 24 horas

Ensaio para hormônio adrenocorticotrófico (ACTH)

Nível de hormônio do crescimento

Nível sérico do fator de crescimento semelhante à insulina 1 (IGF-1)

E. Nível sérico de prolactina

X-3.  Qual das seguintes afirmativas é verdadeira com relação

 

PARTE XI - Distúrbios neurológicos

PDF Criptografado

Parte XI: Distúrbios neurológicos

629

Questões

A. Tronco encefálico

B. Cérebro

C. Medula espinal cervical

D. Vários níveis da medula espinal

E. Junção neuromuscular

XI-2.  Durante um exame neurológico, você solicita ao paciente que mantenha os braços em extensão total e paralelos ao solo, mantendo os olhos fechados durante 10 segundos.

Qual é o nome desse teste?

A. Sinal de Babinski

B. Disdiadococinesia

C. Sintoma de Lhermitte

D. Desvio pronador

E. Sinal de Romberg

XI-3.  O teste descrito na Questão XI-2 é considerado positivo se houver flexão dos cotovelos ou antebraços, ou se houver pronação dos antebraços. Um teste positivo é um sinal de:

A.

B.

C.

D.

E.

Sensibilidade anormal

Demência precoce

Doença localizada do tronco encefálico

Fraqueza potencial

Disfunção cerebelar subjacente

XI-4 a XI-8.  Para cada um dos seguintes achados clínicos no exame neurológico, identifique a localização anatômica mais provável:

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPP0000269552
ISBN
9788580556094
Tamanho do arquivo
56 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados