Fundamentos de Pesquisa em Enfermagem: Avaliação de Evidências para a Prática da Enfermagem - 9.ed.

Visualizações: 129
Classificação: (0)
Atualizado para refletir as últimas novidades em métodos de pesquisa, esta 9ª edição auxiliará os estudantes na leitura e na crítica de relatórios de pesquisa, bem como na avaliação da pesquisa para o aprimoramento da prática da enfermagem. Novidades: Aprimoramento dos recursos didáticos, novos conteúdos, diretrizes e suporte para crítica de estudos, exemplos de pesquisa, orientação prática, além de suplementos online.
 

24 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Capítulo 1. Introdução à pesquisa em enfermagem baseada em evidências

PDF Criptografado

PARTE 1 Visão geral da pesquisa em

enfermagem e do seu papel na prática baseada em evidências

1

Introdução à pesquisa em enfermagem baseada em evidências

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Compreender por que a pesquisa é importante em enfermagem

• Discutir a necessidade da prática baseada em evidências

• Descrever tendências históricas amplas e rumos futuros da pesquisa em enfermagem

• Identificar fontes alternativas de dados para a prática da enfermagem

• Descrever as características principais dos paradigmas positivista e construtivista

• Comparar o método científico tradicional (pesquisa quantitativa) com os métodos construtivistas (pesquisa qualitativa)

• Identificar vários propósitos das pesquisas quantitativa e qualitativa

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Evidências empíricas

• Generalização

• Grupo de estudos

 

Capítulo 2. Fundamentos da prática de enfermagem baseada em evidências

PDF Criptografado

2

Fundamentos da prática de enfermagem baseada em evidências

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Distinguir a utilização de pesquisa e da prática baseada em evidências (PBE) e discutir a situação atual de ambas no campo da enfermagem

• Identificar diversos recursos disponíveis para facilitar a PBE na prática da enfermagem

• Listar os diversos modelos para a implementação da PBE

• Discutir os cinco passos principais da PBE como iniciativa individual do enfermeiro

• Identificar os componentes de uma questão clínica bem-elaborada e conseguir estruturá-la

• Discutir as amplas estratégias para garantir um projeto organizacional da PBE

• Distinguir a PBE dos esforços para melhora da qualidade (MQ)

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Cochrane Collaboration

• Hierarquia de evidências

• Melhora da qualidade

(MQ)

• Metanálise

 

Capítulo 3. Conceitos-chave e etapas nas pesquisas quantitativa e qualitativa

PDF Criptografado

3

Conceitos-chave e etapas nas pesquisas quantitativa e qualitativa

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Definir novos termos apresentados no capítulo e distinguir os termos associados com pesquisas quantitativa e qualitativa

• Distinguir pesquisas experimentais e não experimentais

• Identificar as três principais tradições disciplinares da pesquisa qualitativa em enfermagem

• Descrever o fluxo e a sequência de atividades nas pesquisas quantitativa e qualitativa e discutir por que eles são diferentes

Termos-chave

• Amostra

• Análise estatística

• Autorização e garantia de

acesso para pesquisar (em alguns sites)

Conceito

Construto

Dados

Dados qualitativos

Dados quantitativos

Definição conceitual

Definição operacional

Delineamento da pesquisa

• Ensaio clínico

 

Capítulo 4. Leitura e crítica de artigos de pesquisa

PDF Criptografado

4

Leitura e crítica de artigos de pesquisa

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Identificar e descrever as principais seções de artigos de pesquisa publicados em periódicos

• Caracterizar o estilo utilizado em relatórios de pesquisas quantitativa e qualitativa

• Ler um artigo de pesquisa e compreender amplamente sua “história”

• Descrever aspectos de uma crítica de pesquisa

• Compreender os muitos desafios enfrentados por pesquisadores e identificar algumas ferramentas para vencer desafios metodológicos

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Achados

• Aleatoriedade

• Artigo de periódico

• Confiabilidade

• Controle da pesquisa

• Credibilidade

• Crítica

• Estudo cego

• Formato IMRD

• Inferência

• Mérito científico

• Nível de significância

•p

• Placebo

• Potencial de transferência

 

Capítulo 5. Ética em pesquisa

PDF Criptografado

5

Ética em pesquisa

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Discutir a história da criação de vários códigos de ética

• Compreender possíveis dilemas éticos surgidos a partir de conflitos entre a ética e as demandas de pesquisa

• Identificar os três principais princípios éticos articulados no Relatório de Belmont, bem como as dimensões substanciais de cada um deles

• Identificar procedimentos de adesão a princípios éticos e de proteção aos participantes do estudo

• Avaliar as dimensões éticas de um relatório de pesquisa, munido de informações suficientes

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Anonimato

• Avaliação de riscos e benefícios

• Beneficência

• Certificado de

• Comitê de Ética em

Confidencialidade

• Código de ética

Pesquisa

Concordância

Confidencialidade

 

Capítulo 6. Problemas de pesquisa, questões de pesquisa e hipóteses

PDF Criptografado

Etapas preliminares nas pesquisas quantitativa e qualitativa

PARTE 2

6

Problemas de pesquisa, questões de pesquisa e hipóteses

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Descrever o processo de desenvolvimento e refinamento de um problema de pesquisa

• Distinguir funções e formas das declarações de propósito e questões de pesquisa em estudos quantitativos e qualitativos

• Descrever a função e as características das hipóteses de pesquisa

• Criticar declarações de propósito, questões de pesquisa e hipóteses de relatórios de pesquisa em termos de colocação, clareza, escolha de palavras e significância

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Declaração de propósito

• Declaração do problema

• Hipótese

• Hipótese afirmativa-negativa

• Hipótese

VISÃO GERAL DOS

PROBLEMAS DE PESQUISA

Os estudos iniciam de modo bem semelhante ao de um projeto de prática baseada em evidências

 

Capítulo 7. Localização e revisão de evidências de pesquisa na literatura

PDF Criptografado

7

Localização e revisão de evidências de pesquisa na literatura

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Compreender as etapas da realização de uma revisão da literatura

• Identificar recursos bibliográficos que ajudam a recuperar relatórios de pesquisas em enfermagem e localizar referências de um tópico de pesquisa

• Compreender o processo de rastreamento, abstração, crítica e organização de dados de pesquisa

• Avaliar o estilo, o conteúdo e a organização de uma revisão da literatura

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Banco de dados

• CINAHL

• Fonte primária

• Fonte secundária

• Google Acadêmico

• MEDLINE

• MeSH

• Palavra-chave

A revisão da literatura é um resumo por escrito das evidências sobre um problema de pesquisa.

É útil que os leitores de pesquisa em enfermagem adquiram habilidades de leitura, de crítica e de preparação de manuscrito de resumos de evidências.

 

Capítulo 8. Estruturas teóricas e conceituais

PDF Criptografado

8

Estruturas teóricas e conceituais

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Identificar as principais características de teorias, modelos conceituais e estruturas

• Identificar vários modelos conceituais ou teorias frequentemente usadas por enfermeiros pesquisadores

• Descrever como a teoria e a pesquisa estão relacionadas em estudos quantitativos e qualitativos

• Criticar a adequação de uma estrutura teórica – ou de sua ausência – no estudo

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Estrutura

• Estrutura conceitual

• Estrutura teórica

• Mapa conceitual

• Modelo

• Modelo conceitual

• Modelo esquemático

• Teoria

Geralmente, estudos de alta qualidade alcançam elevado nível de integração conceitual. Isso acontece quando as questões de pesquisa se encaixam nos métodos escolhidos, são consistentes com os dados existentes e quando há um princípio conceitual plausível para os resultados esperados – incluindo um princípio racional para todas as hipóteses ou intervenções. Considere-se, por exemplo, que uma equipe de pesquisa formulou a hipótese de que uma intervenção para parar de fumar, conduzida pelo enfermeiro, reduz o tabagismo entre pacientes com doença cardiovascular. Por que eles fariam essa predição? Que

 

Capítulo 9. Delineamento de pesquisas quantitativas

PDF Criptografado

Delineamentos e métodos para pesquisas quantitativa e qualitativa em enfermagem

PARTE 3

9

Delineamento de pesquisas quantitativas

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Discutir as decisões de delineamento de pesquisa-chave para um estudo quantitativo

• Discutir os conceitos de causalidade e identificar critérios para as relações causais

• Descrever e identificar delineamentos experimentais, quase experimentais e não experimentais

• Distinguir entre modelos transversais e longitudinais

• Identificar e avaliar métodos alternativos de controle de variáveis de confusão

• Compreender várias ameaças à validade de estudos quantitativos

• Avaliar estudos quantitativos em termos do delineamento de pesquisa e dos métodos de controle das variáveis de confusão

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Ameaça da história

• Ameaça da maturação

 

Capítulo 10. Amostragem e coleta de dados em estudos quantitativos

PDF Criptografado

10

Amostragem e coleta de dados em estudos quantitativos

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Distinguir entre amostras de não probabilidade e de probabilidade e comparar suas vantagens e desvantagens

• Identificar e descrever vários tipos de modelos de amostragem em estudos quantitativos

• Avaliar em que medida o método de amostragem e o tamanho da amostra são apropriados ao estudo

• Identificar os fenômenos que se prestam ao autorrelato, à observação ou às medidas fisiológicas

• Descrever várias abordagens para coletar dados de autorrelatos (p. ex., entrevistas, questionários, escalas compostas)

• Descrever métodos de coleta e de registro de dados observacionais

• Descrever os principais aspectos e as vantagens das medidas biofisiológicas

• Criticar as decisões do pesquisador em relação ao plano de coleta de dados

• Descrever abordagens para avaliar a confiança e a validade das medidas

 

Capítulo 11. Delineamentos e abordagens de estudos qualitativos

PDF Criptografado

11

Delineamentos e abordagens de estudos qualitativos

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Discutir o princípio racional de um modelo emergente na pesquisa qualitativa e descrever os aspectos do projeto qualitativo

• Identificar as principais tradições da pesquisa qualitativa e descrever o domínio de pesquisa de cada uma

• Descrever os principais aspectos e métodos associados com estudos de etnografia, fenomenologia e teoria fundamentada

• Descrever os principais aspectos da pesquisa histórica, dos estudos de caso, da análise narrativa e de estudos qualitativos descritivos

• Discutir os objetivos e os aspectos de pesquisa com perspectiva ideológica

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Análise narrativa

• Comparação constante

• Diário reflexivo

• Estudo de caso

• Estudo qualitativo descritivo

• Etnografia crítica

 

Capítulo 12. Amostragem e coleta de dados em estudos qualitativos

PDF Criptografado

12

Amostragem e coleta de dados em estudos qualitativos

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Descrever a lógica de amostragem para estudos qualitativos

• Identificar e descrever vários tipos de amostragem em estudos qualitativos

• Avaliar em que medida o método de amostragem e o tamanho da amostra são apropriados ao estudo qualitativo

• Identificar e descrever métodos de coleta de dados autorrelatados não estruturados

• Identificar e descrever métodos de coleta e registro de dados observacionais não estruturados

• Criticar as decisões do pesquisador qualitativo quanto ao plano de coleta de dados

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Amostragem de variação

máxima

Amostragem em rede (ou em bola de neve)

Amostragem proposital

(ou intencional)

Amostragem teórica

Diário

 

Capítulo 13. Métodos mistos e outros tipos especiais de pesquisa

PDF Criptografado

13

Métodos mistos e outros tipos especiais de pesquisa

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Identificar vantagens da pesquisa com métodos mistos e descrever aplicações específicas

• Descrever estratégias e delineamentos para conduzir pesquisas com métodos mistos

• Identificar os propósitos e alguns aspectos distintivos dos tipos específicos de pesquisa (p. ex., ensaios clínicos, avaliações, pesquisa de resultados, enquetes)

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Análise do processo

• Análise econômica (de custos)

• Análise secundária

• Enquetes

• Ensaio clínico

• Entrevista de Delphi

• Estudo metodológico

• Melhora da qualidade

(MQ)

Modelo convergente

Modelo explanatório

Modelo exploratório

Modelo sequencial

Modelo simultâneo

Pesquisa com métodos mistos

 

Capítulo 14. Análise estatística de dados quantitativos

PDF Criptografado

Análise e interpretação nas pesquisas quantitativa e qualitativa

PARTE 4

14

Análise estatística de dados quantitativos

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Descrever os quatro níveis de medição e identificar qual nível foi utilizado para medir variáveis específicas

• Descrever as características das distribuições por frequência e identificar e interpretar várias estatísticas descritivas

• Descrever a lógica e o propósito da estimativa de parâmetros e interpretar intervalos de confiança

• Descrever a lógica e o propósito do teste de hipóteses e interpretar os valores p

• Especificar aplicações apropriadas para testes t, análise de variância, testes do qui quadrado e coeficientes de correlação e interpretar o significado das estatísticas calculadas

• Compreender os resultados dos procedimentos estatísticos simples descritos em relatórios de pesquisa

• Identificar vários tipos de estatísticas multivariadas e descrever situações nas quais elas podem ser utilizadas

 

Capítulo 15. Interpretação e significância clínica na pesquisa quantitativa

PDF Criptografado

15

Interpretação e significância clínica na pesquisa quantitativa

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Descrever as dimensões para interpretar resultados de pesquisa quantitativa

• Descrever a disposição mental que conduz à interpretação crítica de resultados de pesquisa

• Identificar abordagens de avaliação da credibilidade dos resultados quantitativos, e realizar esse tipo de avaliação

• Distinguir entre significância estatística e significância clínica

• Identificar alguns métodos para tirar conclusões sobre significância clínica nos níveis de grupo e individual

• Criticar a interpretação dos resultados feita pelos pesquisadores na seção de discussão de um relatório

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Escore de mudança

• Mudança mínima importante (MMI)

• Orientações CONSORT

• Referência

• Resultados

Neste capítulo, são consideradas abordagens para interpretar os resultados estatísticos dos pesquisadores, o que requer consideração das várias decisões teóricas, metodológicas e práticas que os pesquisadores tomam ao realizar um estudo. Fala-se também sobre um tópico importante, mas raramente discutido: a significância clínica.

 

Capítulo 16. Análise de dados qualitativos

PDF Criptografado

16

Análise de dados qualitativos

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Descrever as atividades que os pesquisadores qualitativos realizam para controlar e organizar seus dados

• Discutir os procedimentos utilizados para analisar dados qualitativos, incluindo tanto proce•

dimentos gerais quanto aqueles usados nas pesquisas etnográfica, fenomenológica e de teoria fundamentada

Avaliar a adequação das descrições feitas pelos pesquisadores de seus próprios procedimentos analíticos e analisar a pertinência desses procedimentos

Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Análise de conteúdo

qualitativa

Caso-paradigma

Categoria central

Categoria nuclear

Círculo hermenêutico

Codificação aberta

• Codificação axial

• Codificação seletiva

• Códigos substantivos

• Códigos teóricos

 

Capítulo 17. Confiabilidade e integridade na pesquisa qualitativa

PDF Criptografado

17

Confiabilidade e integridade na pesquisa qualitativa

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Discutir algumas controvérsias relacionadas com a questão da qualidade na pesquisa qualitativa

• Identificar os critérios de qualidade propostos em uma estrutura principal de avaliação da qualidade e da integridade na pesquisa qualitativa

• Discutir as estratégias de incremento da qualidade na pesquisa qualitativa

• Descrever as diferentes dimensões relacionadas com a interpretação dos resultados qualitativos

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Acompanhamento de

auditoria

Análise de casos negativos

Auditoria investigativa

Autenticidade

Credibilidade

Credibilidade do pesquisador

Desconformidades

• Descrição densa

• Engajamento prolongado

• Grau de dependência

 

Capítulo 18. Revisões sistemáticas: metanálise e metassíntese

PDF Criptografado

18

Revisões sistemáticas: metanálise e metassíntese

Objetivos de aprendizagem

Depois de estudar este capítulo, o leitor será capaz de:

• Discutir abordagens alternativas para integrar dados de pesquisas e vantagens do uso de métodos sistemáticos

• Descrever decisões e etapas fundamentais da realização de metanálises e metassínteses

• Criticar aspectos principais de escrita de uma revisão sistemática

• Definir os novos termos apresentados neste capítulo

Termos-chave

• Análise de subgrupo

• Estudo primário

• Gráfico de floresta

• Heterogeneidade

estatística

Metaetnografia

Metanálise

• Metarresumo

• Metassíntese

• Revisão sistemática

• Tamanho do efeito (TE)

• Tamanho do efeito da

intensidade

• Tamanho do efeito manifesto

• Viés de publicação

frequência

No Capítulo 7, foram descritas as principais etapas da realização de uma revisão da literatura.

 

Carregar mais


Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
MFPP000001852
ISBN
9788582714904
Tamanho do arquivo
8,4 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados