Psicologia Educacional

Autor(es): John W. Santrock
Visualizações: 275
Classificação: (0)

Esta obra é uma ferramenta para o ensino eficiente. Repleto de relatos de situações vividas, com sucesso, por professores em atividade e com muitos estudos de casos, o texto conduz os estudantes a pensarem criticamente sobre as bases teóricas que sustentam boas práticas de ensino. Um dos objetivos principais do conteúdo deste livro é obter sucesso nos cursos. O uso de complementos que abordam diversidade e tecnologia e outros recursos, como quadros, seções e estudos de casos com temas de grande interesse, complementam o aprendizado, ajudando o estudante a se aprofundar no universo da psicologia educacional. Apresentando muitas situações e atividades do dia-a-dia escolar, Psicologia educacional está fundamentado em pesquisas sólidas e atuais sobre ensino e aprendizagem e fornece uma fonte ampla de bibliografia especializada. É uma obra que enfatiza a aplicação da teoria na prática em sala de aula, buscando formar educadores mais eficientes

FORMATOS DISPONíVEIS

eBook

Disponível no modelo assinatura da Minha Biblioteca

15 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Capítulo 2: Desenvolvimento cognitivo e de linguagem

PDF Criptografado

2

C A P Í T U L O

2

Desenvolvimento cognitivo e de linguagem

Ah! O que seria do mundo

Se não houvesse crianças?

Do nosso passado, um deserto

Pior do que as trevas, ao certo.

—Henry Wadsworth Longfellow

Poeta americano, século 19

Tópicos do capítulo

Uma visão geral do desenvolvimento da criança

Objetivos de aprendizagem

1

Definir desenvolvimento e explicar os principais processos, períodos e questões de desenvolvimento, bem como relacionar desenvolvimento e educação.

2

Discutir o desenvolvimento do cérebro e comparar as teorias de desenvolvimento cognitivo de

Jean Piaget e Lev Vygotsky.

3

Identificar as principais características da linguagem, as influências biológicas e ambientais sobre a linguagem e o crescimento característico da linguagem da criança.

Explorando o que é desenvolvimento

Processos e períodos

Questões sobre o desenvolvimento

Desenvolvimento e educação

 

Capítulo 3: Contextos sociais e desenvolvimento socioemocional

PDF Criptografado

3

C A P Í T U L O

3

Contextos sociais e desenvolvimento socioemocional

No final, o poder por trás do desenvolvimento é a vida.

—Erik Erikson

Psicoterapeuta norte-americano, nascido na Europa, século 20

Tópicos do capítulo

Teorias contemporâneas

Objetivos de aprendizagem

1

Descrever duas perspectivas contemporâneas sobre o desenvolvimento socioemocional: a teoria ecológica de Bronfenbrenner e a teoria do desenvolvimento de duração da vida de Erikson.

2

Discutir como os contextos sociais de famílias, pares e escolas estão ligados ao desenvolvimento socioemocional.

3

Explicar estes aspectos do desenvolvimento socioemocional das crianças: auto-estima, identidade e desenvolvimento moral.

Teoria ecológica de Bronfenbrenner

Teoria do desenvolvimento de duração da vida de Erikson

Contextos sociais de desenvolvimento

Famílias

Pares

Escolas

Desenvolvimento socioemocional

 

Capítulo 4: Variações individuais

PDF Criptografado

4

C A P Í T U L O

4

Variações individuais

Os indivíduos atuam em suas vidas de diferentes maneiras.

—Thomas Huxley

Biólogo inglês, século 19

Tópicos do capítulo

Inteligência

Objetivos de aprendizagem

1

Discutir o conceito de inteligência, como ela é medida e algumas controvérsias a respeito de sua utilização pelos educadores.

2

Descrever os estilos de aprendizagem e pensamento.

3

Definir a personalidade, identificar os “cinco grandes”

(ou mais importantes) fatores da personalidade e discutir a interação pessoa-situação. Além disso, definir temperamento, identificar três tipos de temperamento infantil e avaliar as estratégias de ensino ligadas ao temperamento das crianças.

Testes de inteligência individual

Testes individuais versus testes em grupos

Teorias de inteligências múltiplas

Controvérsias e questões sobre inteligência

Estilos de aprendizagem e pensamento

 

Capítulo 5: Diversidade sociocultural

PDF Criptografado

5

C A P Í T U L O

5

Diversidade sociocultural

Precisamos de todos os talentos humanos e não podemos nos dar ao luxo de negligenciar um que seja por causa de barreiras artificiais de sexo, raça, classe ou nacionalidade.

— Margaret Mead

Antropóloga norte-americana, século 20

Objetivos de aprendizagem

Tópicos do capítulo

Cultura e etnicidade

1

Discutir como as variações na cultura, status socioeconômico e origem étnica podem gerar necessidades especiais em sala de aula.

2

Descrever algumas maneiras de promover uma educação multicultural.

3

Explicar as várias facetas de gênero, incluindo semelhanças e diferenças entre meninos e meninas; discutir questões relacionadas ao gênero no ensino.

Cultura

Status socioeconômico (SSE)

Etnicidade

Bilingüismo

Educação multicultural

Habilitando estudantes

Ensino culturalmente relevante

Educação centrada em análise de problemas

 

Capítulo 6: Alunos que têm deficiência

PDF Criptografado

6

C A P Í T U L O

6

Alunos que têm deficiência

Somente os instruídos são livres.

— Epicuro

Filósofo grego, século 4 a.C.

Tópicos do capítulo

Quem são as crianças com deficiências?

Objetivos de aprendizagem

1

Descrever os vários tipos de deficiências e transtornos.

2

Explicar a estrutura legal, assim como a inclusão e o apoio para crianças com deficiências.

3

Definir o que significa superdotado e discutir algumas abordagens do ensino para crianças superdotadas.

Dificuldades de aprendizagem

Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade

Deficiência intelectual

Deficiências físicas

Deficiências sensoriais

Transtornos de fala e linguagem

Transtorno invasivo do desenvolvimento ou transtorno autista

Transtornos emocionais e comportamentais

Questões educacionais envolvendo crianças com deficiências

Aspectos legais

Inclusão, serviços e pais como parceiros educacionais

 

Capítulo 7: Abordagens sociocognitiva e comportamental

PDF Criptografado

7

C A P Í T U L O

7

Abordagens sociocognitiva e comportamental

Aprender é um prazer natural.

—Aristóteles

Filósofo grego, século 4 a.C.

Objetivos de aprendizagem

Tópicos do capítulo

O que é aprendizagem?

1

Definir aprendizagem e descrever cinco abordagens para estudá-la.

2

Comparar condicionamento clássico e condicionamento operante.

3

Aplicar a análise do comportamento na educação

4

2

Resumir as abordagens sociocognitivas da aprendizagem

O que é aprendizagem e o que não é

Abordagens da aprendizagem

Abordagens comportamentais da aprendizagem

Condicionamento clássico

Condicionamento operante

Análise do comportamento aplicada na educação

O que é análise do comportamento aplicada?

Aumentando a ocorrência de comportamentos desejáveis

Diminuindo a ocorrência de comportamentos indesejáveis

Avaliando o condicionamento operante e a análise do comportamento aplicada

 

Capítulo 8: A abordagem deprocessamento da informação

PDF Criptografado

8

C A P Í T U L O

8

A abordagem de processamento da informação

A mente é algo encantador.

— Mariane Moore

Poeta norte-americana, século 20

Tópicos do capítulo

A natureza da abordagem do processamento da informação

Objetivos de aprendizagem

1

Descrever a abordagem do processamento da informação.

2

Caracterizar atenção e resumir suas mudanças ao longo do desenvolvimento.

3

Discutir memória em relação à codificação, ao armazenamento e ao resgate.

4

Tirar algumas lições do aprendizado a partir de como os especialistas pensam.

5

Explicar o conceito de metacognição e identificar algumas maneiras para melhorar a metacognição em crianças.

Informação, memória e raciocínio

Recursos cognitivos: capacidade e velocidade de processamento das informações

Mecanismos de mudança

Atenção

O que é atenção?

Mudanças do desenvolvimento

Memória

O que é memória?

 

Capítulo 9: Processos cognitivos complexos

PDF Criptografado

9

C A P Í T U L O

9

Processos cognitivos complexos

Penso, logo existo.

—René Descartes

Filósofo e matemático francês, século 17

Tópicos do capítulo

Compreensão conceitual

Objetivos de aprendizagem

1

Discutir a compreensão conceitual e as estratégias para o ensino de conceitos.

2

Descrever os vários tipos de pensamento e os meios pelos quais o professor pode fomentá-los.

3

Adotar uma abordagem sistemática na resolução de problemas.

4

2

Definir transferência e explicar como aprimorá-la enquanto professor.

O que são conceitos?

Promovendo a formação de conceitos

Pensamento

O que é o pensamento?

Raciocínio

Pensamento crítico

Tomada de decisão

Pensamento criativo

Resolução de problemas

Passos para a resolução de problemas

Obstáculos na resolução de problemas

Mudanças desenvolvimentais

Aprendizagem baseada em problemas e aprendizagem baseada em projetos

 

Capítulo 10: Abordagens socioconstrutivistas

PDF Criptografado

10

C A P Í T U L O

1 0

Abordagens socioconstrutivistas

O ser humano é por natureza um animal social.

—Aristóteles

Filósofo grego, século 4 a.C.

Tópicos do capítulo

Abordagens socioconstrutivistas de ensino

Objetivos de aprendizagem

1

Comparar a abordagem socioconstrutivista com as demais abordagens construtivistas.

2

Explicar como os professores e seus pares podem contribuir em conjunto para o aprendizado das crianças.

3

Tomar decisões eficazes na estruturação do trabalho em grupos pequenos.

4

2

Descrever três programas socioconstrutivistas.

O socioconstrutivismo no contexto geral do construtivismo

Cognição situada

Professores e pares como conjunto de colaboradores para o aprendizado dos estudantes

Andaime

Aprendizado cognitivo

Tutoria

Aprendizagem cooperativa

Estruturando o trabalho em pequenos grupos

Compondo o grupo

Habilidades para a criação de equipe

 

Capítulo 11: Aprendizagem e cognição nas áreas de conteúdo

PDF Criptografado

11

C A P Í T U L O

1 1

Aprendizagem e cognição nas áreas de conteúdo

O significado não é dado a nós, mas por nós.

— Eleanor Duckworth

Educadora norte-americana contemporânea

Tópicos do capítulo

Objetivos de aprendizagem

Conhecimento especializado e conhecimento de conteúdo pedagógico

1

Diferenciar entre o conhecimento especializado e o conhecimento de conteúdo pedagógico.

Leitura

2

Explicar como a leitura se desenvolve e discutir algumas abordagens úteis para o ensino da leitura.

3

Descrever como a escrita se desenvolve e discutir algumas abordagens úteis para o ensino da escrita.

4

2

Caracterizar como o pensamento matemático se desenvolve e identificar algumas questões relacionadas ao ensino da matemática.

Um modelo desenvolvimental de leitura

Sistemas de regras de linguagem

Abordagens de leitura

Abordagens cognitivas

Abordagens socioconstrutivistas

 

Capítulo 12: Planejamento, ensino e tecnologia

PDF Criptografado

12

C A P Í T U L O

1 2

Planejamento, ensino e tecnologia

A educação é a transmissão da civilização.

— Ariel e Will Durant

Escritores e filósofos norte-americanos do século 20

Tópicos do capítulo

Planejamento

Objetivos de aprendizagem

1

Explicar o que envolve o planejamento de sala de aula.

2

Identificar as formas importantes de ensino centrado no professor.

3

Discutir as formas importantes de ensino centrado no aluno.

4

2

Resumir como utilizar a tecnologia de modo efetivo para ajudar as crianças a aprender.

Planejamento de ensino

Planejamento e períodos de execução

Ensino e planejamento de aula centrados no professor

Planejamento de aula centrado no professor

Ensino direto

Estratégias de ensino centradas no professor

Avaliação do ensino centrado no professor

Ensino e planejamento de aula centrados no aluno

Princípios centrados no aluno

 

Capítulo 13: Motivação, ensino e aprendizagem

PDF Criptografado

13

C A P Í T U L O

1 3

Motivação, ensino e aprendizagem

A arte de ensinar é despertar a curiosidade em mentes jovens.

— Anatole France

Romancista e poeta francês, século 20

Tópicos do capítulo

Explorando a motivação

Objetivos de aprendizagem

1

Definir motivação e comparar as perspectivas comportamental, humanista, cognitiva e social da motivação.

2

Discutir os processos importantes da motivação para o rendimento.

3

Explicar como os relacionamentos e os contextos socioculturais podem apoiar ou destruir a motivação.

O que é motivação?

Perspectivas sobre a motivação

Processos do rendimento

Motivação extrínseca e intrínseca

Atribuição

Motivação para excelência

Auto-eficácia

Definição de objetivos, planejamento e automonitoramento

Expectativas

Motivação, relacionamentos e contextos socioculturais

Motivos sociais

Relacionamentos sociais

 

Capítulo 14: Gerenciando a sala de aula

PDF Criptografado

14

C A P Í T U L O

1 4

Gerenciando a sala de aula

A precisão na comunicação é mais importante do que nunca nesses nossos tempos de instabilidade emocional, quando uma palavra errada ou mal entendida pode provocar tanto desastre quanto um ato intempestivo e impensado.

— James Thurber

Cronista e humorista norte-americano, século 20

Objetivos de aprendizagem

Tópicos do capítulo

Por que a sala de aula deve ser gerenciada eficientemente

1

2

Aspectos do gerenciamento nas salas de aula do ensino fundamental e médio

A sala de aula lotada, complexa e potencialmente caótica

Começando do jeito certo

Enfatizando o ensino e o clima positivo em sala de aula

Objetivos e estratégias de gerenciamento

Planejando o ambiente físico da sala de aula

2

Descrever o planejamento positivo do ambiente da sala de aula.

3

2

Discutir como criar um ambiente positivo na sala de aula.

 

Capítulo 15: Testes padronizados e ensino

PDF Criptografado

15

C A P Í T U L O

1 5

Testes padronizados e ensino

As pessoas não têm talentos iguais.

Mas todos os indivíduos deveriam ter oportunidades iguais de desenvolver seus talentos.

—John F. Kennedy

Presidente dos Estados Unidos, século 20

Objetivos de aprendizagem

Tópicos do capítulo

A natureza dos testes padronizados

1

2

Discutir a natureza e os propósitos dos testes padronizados, assim como o critério para avaliá-los.

2

Comparar os testes de aptidão e de rendimento e descrever os usos atuais de testes de rendimento.

3

2

Identificar os papéis do professor nos testes padronizados.

Testes padronizados e seus propósitos

Critérios para avaliar testes padronizados

Testes de aptidão e de rendimento

Comparar testes de aptidão e de rendimento

Tipos de testes padronizados de rendimento

Testes estaduais padronizados baseados em padrões de alto valor

Testes distritais e nacionais nos Estados Unidos

 

Capítulo 16: Avaliação em sala de aula

PDF Criptografado

16

C A P Í T U L O

1 6

Avaliação em sala de aula

Chamo minhas avaliações de “oportunidades” que dão aos alunos uma maneira diferente de pensar sobre eles.

—Bert Moore

Psicólogo americano contemporâneo

Objetivos de aprendizagem

Tópicos do capítulo

A sala de aula como um contexto de avaliação

1

Discutir a sala de aula como um contexto de avaliação.

2

Proporcionar algumas diretrizes para elaboração de testes tradicionais.

3

Descrever alguns tipos de avaliações alternativas.

4

2

Construir uma abordagem sólida para a atribuição de notas.

5

2

Identificar alguns usos de computadores na avaliação.

A avaliação como parte integral do ensino

Tornando a avaliação compatível com visões contemporâneas de aprendizagem e motivação

Criando metas de aprendizagem claras e apropriadas

Estabelecendo avaliações de alta qualidade

Tendências atuais

Testes tradicionais

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
MFPP000001617
ISBN
9788563308559
Tamanho do arquivo
15 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados