O Modelo Toyota de Liderança Lean

Visualizações: 138
Classificação: (0)
Liker e Convis, em mais um livro inovador da série O Modelo Toyota, relatam qual é o papel do líder na conquista da verdadeira excelência operacional e no direcionamento da equipe ao rumo certo, equilibrando os dois ativos mais importantes de uma organização: o capital e o conhecimento.
 

7 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Capítulo 1. Liderando no Modelo Toyota: a jornada de uma vida

PDF Criptografado

Capítulo 1

Liderando no Modelo Toyota: a jornada de uma vida

Genchi genbutsu (ir ao local de trabalho e verificar a situação real) significa imaginar o que você observa em seu próprio trabalho, não o problema de outra pessoa, e se esforçar para melhorá-lo. Títulos de cargos não têm importância. No final das contas, as pessoas que conhecem o gemba (onde é feito o trabalho concreto) são as mais respeitadas.

– Akio Toyoda, presidente, Toyota Motor Corporation, 2009

A maior dificuldade enfrentada por um livro sobre liderança talvez consista em definir o que é liderança. Para utilizar o famoso ditado, talvez não possamos definir liderança, mas é algo que reconhecemos sempre que a vemos. Assim, em vez de perder tempo buscando uma definição semântica de liderança para dar o pontapé inicial deste livro, permitam que lhes contemos duas histórias sobre liderança que demonstram o que ela é e o que ela não é na Toyota.

O que é a liderança Modelo Toyota?

Em 1970, sob a direção do lendário executivo de pesquisa e desenvolvimento da

 

Capítulo 2. Autodesenvolvimento: identificando e orientando sabiamente líderes em desenvolvimento no gemba

PDF Criptografado

Capítulo 2

Autodesenvolvimento: identificando e orientando sabiamente líderes em desenvolvimento no gemba

Só aquele ser humano que é absolutamente sincero tem condições de desenvolver plenamente a sua natureza. Sendo capaz de dar pleno desenvolvimento à sua natureza, ele se torna capaz de oferecer pleno desenvolvimento à natureza de outros seres humanos.

– Extraído de A doutrina do meio, de Zisi, neto de Confúcio

Líderes nascem prontos ou são criados? Essa questão da dúvida entre natureza e formação tem sido acaloradamente debatida na literatura sobre liderança há pelo menos um século. Indagada se a liderança é inata ou aprendida, a resposta da

Toyota é um duplo e sonoro sim. Sim, líderes nascem líderes – ou, para colocar em outros termos, algumas pessoas simplesmente não têm capacidade ou pretensões de liderança, e nem todo o treinamento do mundo, seja em que forma for, poderá mudar essa situação. E, sim, líderes precisam aprender a ser líderes. Escolher indivíduos com potencial de liderança e dizer a eles “é assim que um líder deve ser; por favor, aja como um líder a partir de agora” é pura perda de tempo. A única forma de se tornar um líder Toyota é aprender o estilo Toyota de liderança ao longo de um processo contínuo, interminável. Espelhando-se na dedicação da

 

Capítulo 3. Orientar e desenvolver outros

PDF Criptografado

Capítulo 3

Orientar e desenvolver outros

Começo com a premissa de que a função da liderança é desenvolver mais líderes, não mais seguidores.

– Ralph Nader, advogado de direito do consumidor

Quando começaram a lançar fábricas na América do Norte, os executivos da Toyota sabiam que não poderiam falhar. Sua apólice de seguro era mandar tantos japoneses quanto possível para ensinar os norte-americanos a liderarem pelo Modelo

Toyota, e, se necessário fosse, os japoneses poderiam se juntar a eles para evitar eventuais catástrofes. Obviamente, esse foi apenas o primeiro passo – semear o grupo inicial de líderes norte-americanos. A Toyota expandia-se rapidamente mundo afora e não teria condições de enviar indefinidamente aos Estados Unidos exércitos de senseis japoneses. A visão de longo prazo da empresa era a autossuficiência. Para concretizá-la, os principais líderes norte-americanos precisariam aprender a se tornar senseis, e cada nível de liderança abaixo deles teria de atingir determinado grau de maestria em cumprir os valores organizacionais, liderar melhorias e orientar outros a melhorar processos que tivessem em vista objetivos bem definidos.

 

Capítulo 4. Kaizen diário: desenvolvimento contínuo a partir da base da hierarquia funcional

PDF Criptografado

Capítulo 4

Kaizen diário: desenvolvimento contínuo a partir da base da hierarquia funcional

Não há instituição que seja capaz de sobreviver se precisa de gênios ou super-homens para administrá-la. Ela deve ser organizada de uma forma que lhe permita ter sucesso sob uma liderança formada por seres humanos comuns.

– Peter Drucker, autor pioneiro no campo da

Administração de Empresas

No Capítulo 1, estabelecemos uma distinção entre a visão da Toyota acerca da liderança e a visão padrão norte-americana, esta última focada em altos executivos do tipo “cavaleiro solitário”. O que discutimos até aqui sobre o Modelo Toyota de liderança pode não parecer tão diferente do que se vê nos modelos tradicionais norte-americanos, uma vez que nos concentramos basicamente nas ações pessoais de líderes no tocante ao seu autodesenvolvimento e ao desenvolvimento de outros. Todo líder bem-sucedido em qualquer empresa trabalha em estreita colaboração com uma equipe bem ajustada que se reporta a ele e, até certo ponto, está desenvolvendo seus subordinados diretos. Na Toyota, contudo, os líderes que desenvolvem subordinados diretos são apenas uma pequena parte do sistema como um todo. A Toyota acredita que esses líderes dotados de habilidades especiais precisam estar integrados a um sistema mais amplo de liderança institucional, para que a empresa possa progredir. Uma rápida história que serve para ilustrar esse ponto é a do “rebaixamento” de Gary na NUMMI, após vários anos atuando como vice-presidente de todas as operações de produção.

 

Capítulo 5. Hoshin kanri: alinhar visão, metas e planos para a melhoria contínua

PDF Criptografado

Capítulo 5

Hoshin kanri: alinhar visão, metas e planos para a melhoria contínua

Uma visão sem ação não passa de um sonho.

Uma ação sem visão só faz passar o tempo.

A visão com ação pode mudar o mundo.

– Joel A. Barker, futurólogo

No Capítulo 4, examinamos a natureza “comunitária” das lideranças Toyota. A liderança do kaizen diário exercida por líderes de grupo e o apoio às lideranças oriundas da base da pirâmide organizacional são responsáveis por grande parte do sucesso da Toyota. O desenvolvimento da melhoria contínua não se restringe a tecnólogos visionários e “agentes da mudança” instalados nos níveis executivos. Embora seja verdade que muitas inovações revolucionárias surgem do setor de engenharia, a maior parte das melhorias cotidianas por que passam os processos provém da base, capitaneadas por líderes de grupo e membros de equipes comprometidos com um objetivo comum, aos quais são confiadas a liberdade para aprimorar constantemente seus domínios e a responsabilidade por tal.

 

Capítulo 6. Liderança no Modelo Toyota fez a Dana Corporation dar a volta por cima

PDF Criptografado

Capítulo 6

Liderança no Modelo Toyota fez a Dana

Corporation dar a volta por cima

Águas agitadas proporcionam testes de liderança mais verdadeiros. Em águas paradas, qualquer navio tem um bom capitão.

– Provérbio sueco

É muito fácil para outras empresas aprender as lições erradas com a Toyota – basta, por exemplo, que se concentrem nas ferramentas em vez da cultura, ou nas métricas em vez da liderança. Mas é também muito fácil simplesmente rejeitar a abordagem

Toyota sob o velho argumento de que “nunca daria bons resultados aqui”. Sem dúvida, a cultura Toyota é diferente e, até mesmo, estranha aos padrões e práticas que se tornaram a norma na maioria das empresas globais. Adotar a perspectiva do longo prazo, desenvolver com toda a paciência pessoas e líderes, tratar os funcionários como ativos valiosos – nem sempre isso está ao alcance até mesmo dos altos executivos de uma companhia, que precisam prestar contas aos acionistas e ao conselho de administração.

 

Capítulo 7. Aprendendo com o Modelo Toyota de Liderança

PDF Criptografado

Capítulo 7

Aprendendo com o Modelo Toyota de Liderança

Junte-se às pessoas. Viva com elas. Aprenda com elas.

Comece por aquilo que elas sabem. Construa com aquilo que elas possuem. Com os melhores líderes, quando o trabalho estiver pronto, a tarefa completa, as pessoas dirão:

“Nós fizemos tudo isso sozinhos”.

– Lao-Tsu, fundador do taoísmo

Nosso objetivo neste livro foi apresentar e explorar um modelo de liderança Lean baseado no Modelo Toyota, a fim de ensinar a outras pessoas como poderão igualmente vir a ser líderes em excelência operacional nos seus respectivos segmentos empresariais. Insistimos em que, para a excelência operacional de longo prazo, essa abordagem de liderança, ou alguma similar a ela, é essencial; isso é ilustrado pelo sucesso de longo prazo da Toyota, apesar das drásticas mudanças enfrentadas no ambiente em que atua. Claro que a Toyota cambaleou entre 2008 e 2011, sob o peso dos golpes desferidos pela Grande Recessão, pela crise do recall nos Estados Unidos e pelo terremoto seguido de tsunami no Japão, mas em cada um desses episódios a empresa aproveitou o tempo ocioso para realizar treinamento e kaizen e, fazendo uso de profundas reflexões e contramedidas, recuperou-se rapidamente, saindo da crise ainda mais forte do que antes. A radical volta por cima da Dana após a falência ilustra que a liderança Lean que adere ao Modelo Toyota pode ajudar outras empresas a construírem um caminho para a verdadeira excelência operacional, mesmo ao enfrentarem as piores circunstâncias imagináveis.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPPD000268574
ISBN
9788582600177
Tamanho do arquivo
1,9 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados