Materiais Dentários

Visualizações: 496
Classificação: (0)

Materiais Dentários é mais um livro da Série Abeno – Odontologia Essencial, pertencente à Parte Clínica, a chegar ao mercado, reunindo, assim como os demais, todas as características da Série Abeno. Este volume apresenta de forma didática e sucinta os conhecimentos necessários para a aplicabilidade eficiente dos principais materiais dentários utilizados na prática da odontologia.

 

10 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Capítulo 1 - Materiais dentários: histórico, classificação e propriedades

PDF Criptografado

1

Materiais dentários: histórico, classificação e propriedades

LEANDRO IRAN ROSA

MARCELO CARVALHO CHAIN

Proporcionar ao ser humano melhores condições de vida e saúde sempre foi o objetivo da odontologia. A busca por melhores materiais e o estabelecimento de novos protocolos para sua utilização se estende há séculos e continua em pleno crescimento. O desenvolvimento de pesquisas científicas oferece, a cada ano, novos materiais com propriedades aprimoradas, visando assim garantir a qualidade do trabalho profissional e proporcionar maior conforto ao paciente. A diversidade e a modernidade dos produtos disponíveis e continuamente lançados no mercado tornam fundamental o conhecimento de suas propriedades físicas, químicas e mecânicas, pois tais informações nortearão o profissional na escolha do material mais adequado para cada tratamento.

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

• Conhecer o histórico e a importância dos materiais dentários e de sua correta seleção

 

Capítulo 2 - Materiais para moldagem

PDF Criptografado

2

Materiais para moldagem

BETSY KILIAN MARTINS LUIZ

MARCELO CARVALHO CHAIN

Os materiais de moldagem são importantes e muito utilizados na odontologia. Sua finalidade é a reprodução de estruturas bucais, dentre elas os dentes para a realização de trabalhos restauradores que necessitem de uma etapa laboratorial. Para a obtenção de uma boa moldagem, o material empregado deve reproduzir com fidelidade e executar com exatidão a réplica dos tecidos extra ou intrabucais, devendo preencher os seguintes requisitos:

• ter fluidez necessária para adaptar-se aos tecidos bucais;

• ter viscosidade suficiente para ficar contido na moldeira que o leva

à boca;

• transformar-se em um material borrachoide com um tempo de presa de aproximadamente 7 minutos quando levado à boca;

• não se distorcer ou rasgar quando removido da boca;

• manter estabilidade dimensional para poder ser vazado e produzir um modelo de gesso com fidelidade.

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

 

Capítulo 3 - Gessos odontológicos

PDF Criptografado

3

Gessos odontológicos

JOÃO ADOLFO CZERNAY

MARCELO CARVALHO CHAIN

Os produtos à base de gesso são amplamente conhecidos, sendo utilizados tanto em procedimentos clínicos como laboratoriais.

Atualmente, além da indicação para confecção de modelos já consagrados desde longa data, esses produtos são encontrados em materiais para enxerto, para revestimentos e, ainda que em pequenas quantidades, fazem parte da composição dos alginatos odontológicos.

Neste capítulo, abordaremos apenas o gesso odontológico e as novas formulações de produtos à base de gesso desenvolvidas recentemente.

Tão importante quanto a etapa clínica, que engloba desde um correto diagnóstico até o ajuste oclusal final em boca, a etapa laboratorial não pode e não deve ser negligenciada. Uma prótese de boa qualidade inclui, dentre vários requisitos, uma adequada adaptação, e o modelo de gesso tem um importante papel na obtenção de uma cópia fiel em detalhes e na dimensão da estrutura a ser reproduzida (Fig. 3.1).

 

Capítulo 4 - Resinas acrílicas

PDF Criptografado

4

Resinas acrílicas

BETSY KILIAN MARTINS LUIZ

CARLA MIRANDA

MARCELO CARVALHO CHAIN

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

• Conhecer a composição básica das resinas acrílicas

• Distinguir os tipos de resinas acrílicas, suas aplicações clínicas e suas apresentações comerciais

• Compreender os aspectos relacionados à manipulação das resinas acrílicas

• Conhecer as diferentes propriedades das resinas acrílicas

Polímero

É um plástico de alta estabilidade dimensional à base de polimetilmetacrilato, utilizado principalmente para a confecção de próteses totais e dentes artificiais.

Os polímeros à base de metacrilato ou resinas acrílicas vêm obtendo popularidade na odontologia porque são econômicos e podem ser produzidos facilmente por métodos simples. Eles constituem um grupo de plásticos que apresentam as propriedades essenciais e as características necessárias para o uso na cavidade bucal. Essas características de desempenho estão relacionadas a aspectos biológicos, físicos, estéticos e de manipulação.

 

Capítulo 5 - Cimentos odontológicos

PDF Criptografado

5

Cimentos odontológicos

PEDRO ALEXANDRE

LEANDRO IRAN ROSA

MARCELO CARVALHO CHAIN

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

• Conhecer as características dos cimentos odontológicos e suas aplicações clínicas

• Apresentar indicações, vantagens e desvantagens dos cimentos odontológicos

• Compreender os aspectos relacionados à manipulação dos cimentos odontológicos

• Conhecer as diferentes propriedades dos cimentos odontológicos

LEMBRETE

Entre as aplicações dos cimentos em odontologia, destacam-se cimentação em prótese, obturação de canais radiculares, restaurações provisórias, proteção do complexo dentina-polpa e tratamento de perfurações dentais.

Os cimentos odontológicos apresentam uma composição variada e têm diversas aplicações em odontologia. Os materiais classificados como cimentos são aqueles que sofrem reação ácido-base durante a reação de presa, logo após a mistura do material. Os cimentos são fornecidos pelo fabricante nas formas de pó e líquido, sendo que o pó tem natureza básica, e o líquido, o caráter ácido. Quando o pó e o líquido são misturados, sofrem uma reação ácido-base, exceto no caso dos cimentos resinosos, em que ocorre uma reação de polimerização.

 

Capítulo 6 - Amálgama dental

PDF Criptografado

6

Amálgama dental

JOÃO ADOLFO CZERNAY

MARCELO CARVALHO CHAIN

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

• Conhecer a composição do amálgama e suas características

• Compreender as reações de presa do amálgama

• Conhecer as diferentes propriedades do amálgama

• Orientar a seleção e o uso do amálgama a partir de suas características e aplicações clínicas

LEMBRETE

O uso do amálgama está relacionado a uma menor recidiva das lesões de cárie, motivo pelo qual esse material é indicado especialmente para pacientes nos quais é difícil manter controle sobre os fatores de risco a essa doença.

Atualmente a conduta preventiva vem aos poucos dando lugar a materiais adesivos que conservam a estrutura dental e têm forte apelo estético. Apesar disso, o amálgama dental continua sendo utilizado na restauração de dentes posteriores, em virtude de sua facilidade de manipulação e dos ótimos resultados avaliados ao longo de 150 anos, além de seu baixo custo.

 

Capítulo 7 - Sistemas adesivos eresinas compostas

PDF Criptografado

7

Sistemas adesivos e resinas compostas

MARCELO CARVALHO CHAIN

PEDRO ALEXANDRE

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

• Conhecer a composição dos sistemas adesivos e das resinas compostas, assim como suas principais características

• Apresentar os diferentes tipos de sistemas adesivos e resinas compostas, com suas diferentes apresentações comerciais

• Conhecer as indicações para o uso de sistemas adesivos e resinas compostas

• Entender o mecanismo de ação dos diferentes sistemas adesivos

Importância de um adesivo. No processo de restauração de uma estrutura dental, o profissional prepara o substrato (esmalte e/ou dentina) e insere um material para substituir o que foi perdido. Tal processo parece fácil, mas o ambiente bucal é tão hostil, com suas variações de temperatura, de pH e seus diferentes tipos de tensões, que há uma grande possibilidade de que ocorram infiltrações na interface dente/material restaurador, as quais são extremamente perniciosas. Por isso, sempre se procurou vedar tal interface, o que é possível com certos materiais como o amálgama, que liberam produtos de corrosão e podem selar as margens da restauração. No entanto, para outras classes de materiais, como a dos polímeros, o uso de uma “cola” é fundamental, pois eles se contraem em decorrência da polimerização e não possuem nenhuma característica própria que possa evitar falhas marginais.

 

Capítulo 8 - Fundição odontológica

PDF Criptografado

8

Fundição odontológica

CARLA MIRANDA

MARCELO CARVALHO CHAIN

LIGAS ODONTOLÓGICAS

PARA FUNDIÇÃO

Apesar do constante desenvolvimento dos sistemas cerâmicos livres de metais, as ligas metálicas ainda ocupam lugar importante no tratamento reabilitador protético e possuem indicações clínicas tanto para próteses fixas como para próteses parciais removíveis.

Os metais apresentam propriedades como maleabilidade

(capacidade de produzir lâminas, chapas finas) e ductibilidade

(capacidade de produzir fios). Além disso, permitem a formação de ligas metálicas, que são resultantes da mistura de dois ou mais metais. As ligas mais utilizadas são as de ouro, paládio, prata, cobalto, níquel e titânio, e os elementos adicionais complementares são os mais variados.

Para comporem uma liga, os metais precisam exibir compatibilidade entre si e facilidade de fusão, fundição e soldagem. Também é fundamental que permitam excelente polimento e apresentem pouca contração de solidificação, mínima reatividade com o material de revestimento, boa resistência ao desgaste, alta dureza e resistência à deflexão e excelente resistência ao manchamento e à corrosão.

 

Capítulo 9 - Cerâmicas odontológicas

PDF Criptografado

9

Cerâmicas odontológicas

PEDRO ALEXANDRE

MARCELO CARVALHO CHAIN

As cerâmicas, também conhecidas como porcelanas, são materiais muito utilizados na prática odontológica. Essa classe de materiais é considerada excelente como material definitivo restaurador em razão de suas desejáveis propriedades funcionais e estéticas. Por ser usada com sucesso há muitos anos, a cerâmica designada para odontologia sofreu muitas alterações e evoluiu muito, gerando diferentes tipos e ampliando muito suas indicações. Um dos exemplos dessa evolução são as restaurações popularmente conhecidas como metal-free, que dispensam o uso de uma estrutura de metal por serem muito resistentes. Neste capítulo abordaremos esse material e suas principais variações, assim como suas indicações, vantagens e desvantagens.

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

• Conhecer o histórico, as vantagens e as desvantagens do uso de cerâmicas odontológicas

• Compreender a composição das diferentes cerâmicas odontológicas

 

Capítulo 10 - Materiais para higiene e prevenção e agentes clareadores

PDF Criptografado

10

Materiais para higiene e prevenção e agentes clareadores

BETSY KILIAN MARTINS LUIZ

CARLA MIRANDA

MARCELO CARVALHO CHAIN

HERMES PRETEL

MATERIAIS PARA HIGIENE

E PREVENÇÃO

É bastante conhecido e igualmente importante o lema “saúde começa pela boca”. Cada vez mais se evidencia a associação de uma pobre higiene oral com doenças coronarianas, partos prematuros e diversos tipos de artroses, pois a placa bacteriana contém agentes nocivos que geram processos infecciosos bucais que podem se disseminar para o resto do corpo. Cabe ao odontólogo o papel relevante de auxiliar o paciente a manter sua saúde bucal, evitando o surgimento de doenças. O profissional da área odontológica tem a obrigação de conhecer os principais produtos disponíveis no mercado, suas formulações e mecanismos de ação, para que, de maneira personalizada, possa orientar o paciente efetivamente. Esses diferentes produtos alteram-se com certa frequência, dada à intensa pesquisa na área, o que torna ainda mais difícil esgotar o tema. Neste capítulo, serão abordados os materiais que são utilizados por odontólogos e pacientes com o objetivo de prevenção, que essencialmente auxiliam na remoção da placa bacteriana e, consequentemente, impedem que certas doenças ou agravos instalem-se e prejudiquem a manutenção da saúde bucal.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPPD000264584
ISBN
9788536702063
Tamanho do arquivo
6,9 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados