Empreendedorismo: Construindo seu Projeto de Vida

Autor(es): Luiz Arnaldo Biagio
Visualizações: 434
Classificação: (0)

A partir do momento em que o emprego formal foi declarado extinto e o sonho do próprio negócio passou a ser alimentado pelas pessoas, a leitura deste livro tornou-se obrigatória. Empreendedorismo: Construindo seu Projeto de Vida é um repensar desse comportamento e do desejo de ser o patrão de si mesmo.
Escrito de forma pedagógica, simples e objetiva, pode ser utilizado com sucesso como bibliografia básica nas disciplinas que tratam de empreendedorismo e gestão de negócios, tão comuns atualmente nos cursos universitários de qualquer linha acadêmica. A sugestão de temas para debates, os questionamentos para reflexões e os estudos de caso contidos neste livro são um verdadeiro arcabouço de aprendizado.

13 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1. Empreendedorismo: fatores de sucesso e fracasso

PDF Criptografado

1

Empreendedorismo: fatores de sucesso e fracasso

Objetivos deste capítulo

Definir empreendedor.

Comentar as características comportamentais do empreendedor.

Apresentar a escada do empreendedor e apontar caminhos para subi-la.

Comentar a biografia de alguns empreendedores referenciais.

Testar o leitor quanto ao seu perfil empreendedor.

O que significa empreendedorismo?

Definindo da forma mais simples, empreendedorismo significa executar, pôr em prática ou levar adiante uma ideia, com a intenção de atingir objetivos e resultados. Definindo tecnicamente, empreendedorismo é a área do conhecimento dedicada a estudar os processos de idealização de empreendimentos, destacando tanto o valor de uma ideia como a sua capacidade de agregar valor ao que já existe (produto e processo).

Você pode considerar que irá tratar do empreendedorismo em uma das três situações a seguir:

3

Book 2.indb 3

5/30/14 6:48 PM

Iniciar uma nova empresa partindo de uma ideia inovadora, com a responsabilidade de levá-la desde os estudos de viabilidade, passando pela implantação, criação de valor, para que possa desenvolver uma operação autossustentável e geradora de resultados.

 

2. Pisando em chão firme e seguindo o rumo certo

PDF Criptografado

2

Pisando em chão firme e seguindo o rumo certo

Objetivos deste capítulo

Analisar o que é uma oportunidade de negócio.

Discutir a diferença entre empreendimento e sonho pessoal.

Demonstrar as variáveis de custo do investimento.

Definir viabilidade do negócio.

Por que você acha sua ideia boa o bastante?

Tecnicamente, para saber se uma ideia é boa o bastante é preciso verificar se ela é embasada em uma concepção conceitual corretamente elaborada, se está coerente com estimativas razoáveis de vendas iniciais e subsequentes, além de estimativas rea­listas de custos e lucros. Somente após o conhecimento dessas informações é que a ideia poderá ser convertida em protótipos, pré-séries, e submetida aos testes de mercado.

Tudo isso será abordado de maneira apropriada mais adiante. Por ora, você precisa saber como descobrir se uma ideia é boa o bastante no que concerne sua base motivacional, ou seja, quanto há de solidez e confiabilidade nos motivos capazes de levá-lo a decidir por empreender uma ideia.

 

3. Enxergando as sinuosidades do caminho

PDF Criptografado

3

Enxergando as sinuosidades do caminho

Objetivos deste capítulo

Demonstrar as dificuldades na escolha dos sócios do empreendimento.

Demonstrar as dificuldades na busca de recursos financeiros.

Discutir a importância de analisar o perfil dos concorrentes.

Definir a segmentação do mercado.

Você vai iniciar o empreendimento sozinho?

Existe um momento de muita complexidade na fase de gestação do empreendimento:­ você precisa tomar a decisão entre caminhar sozinho ou compor sociedade com outras pessoas. Esse momento é delicado, pois são muitas as possibilidades com as quais você se defrontará, cada uma delas com suas peculiaridades positivas e negativas.­

O raciocínio deveria ser apenas lógico, mas sempre resvala em questões emocionais próprias do seu contexto de vida em família e em sociedade. Vejamos algumas opções mais críticas:

53

Book 2.indb 53

5/30/14 6:48 PM

Não ter sócios

É a primeira e mais comum das decisões, afinal se você desenvolveu a ideia sozinho e assim também se dispôs a assumir todos os riscos, então nada mais natural que deseje usufruir o resultado da sua ideia igualmente sozinho. No entanto, você acaba se esquecendo que os resultados virão ou não depois de algum tempo, na fase de maturidade do seu empreendimento, havendo toda uma exaustiva e dura jornada para chegar até lá.

 

4. A segmentação de mercado e o seu empreendimento

PDF Criptografado

4

A segmentação de mercado e o seu empreendimento

Objetivos deste capítulo

Identificar o que é oportunidade de negócio.

Comentar sobre segmentação de mercado.

Definir demanda.

Como prever a demanda e avaliar o potencial de mercado.

Discutir as tendências, as mudanças e o comportamento do mercado consumidor.

Falando um pouco sobre oportunidades e segmentação

Para você desenvolver uma ação mercadológica consistente e que objetive gerar resultados, é preciso estar preparado para navegar nas águas de oportunidades e amea­

ças. Assim, além de conhecer bem a estrutura de seu barco, terá também que estudar palmo a palmo o leito de navegação, para que dali não resulte nenhum furo no casco do seu barco.

As oportunidades e ameaças tanto podem ser decorrentes do ambiente interno do seu barco, como do ambiente externo no leito de navegação. Daí a importância de preparar sempre os melhores estudos e planos, de modo que possa lançar-se às

 

5. Posicionamento estratégico de mercado

PDF Criptografado

5

Posicionamento estratégico de mercado

Objetivos deste capítulo

Definir posicionamento de mercado.

Salientar a importância do planejamento a médio e longo prazos.

Apresentar as vantagens e desvantagens dos mercados com grande potencial de crescimento.

Demonstrar como se pode extrair o potencial máximo de uma ideia.

Demonstrar a necessidade de inovar continuamente tanto os produtos como os processos e os modelos de negócio.

Por que alguém compraria seu produto?

Você já participou de uma pescaria? Se for um pescador experiente, talvez já tenha se comportado da forma descrita a seguir. Caso não seja, siga estas dicas: inicialmente, deve-se procurar um trecho do rio ou do oceano onde exista a maior concentração de peixes; de preferência, um local onde não existam outros pescadores por perto, e somente após ter encontrado o local para pescar é que se organiza e seleciona as iscas, prepara os anzóis e lança a linhada.

Por analogia, para identificar oportunidades de negócio para o seu empreendimento, você deverá procurar aquele trecho de mercado em que poderá encontrar a

 

6. O cliente, seu novo patrão

PDF Criptografado

6

O cliente, seu novo patrão

Objetivos deste capítulo

Permitir a compreensão das diferenças entre percepção e satisfação do cliente.

Demonstrar como funciona o processo de compra sob o ponto de vista do consumidor.

Apresentar as ações do processo de pós-venda.

Apontar os cuidados a serem tomados para não virar empregado e patrão ao mesmo tempo.

Você também acha que montar seu próprio negócio é viver sem patrão?

A resposta para essa pergunta não é nenhuma novidade. Se alguém fizer uma pesquisa com todos os empreendedores do Brasil, a resposta será unânime: sim. Porém, para a sua surpresa, você terá sim um patrão, ou melhor, vários patrões. Ou, melhor ainda, você terá uma categoria especial de patrões. Ao contrário de todos os outros que você já deve ter tido em sua vida, deste, você ficará atento aos movimentos todos os minutos de seus dias. Seu novo patrão será seu cliente.

De um cirurgião, você espera precisão e firmeza quando ele faz uso do bisturi para a incisão que abre caminho para uma operação bem-sucedida. Você também, antes de se lançar ao mercado, terá que ter claro para si quem são seus consumidores em potencial, para poder tomar decisões com precisão e firmeza.

 

7. O produto, fruto de sua ideia

PDF Criptografado

7

O produto, fruto de sua ideia

Objetivos deste capítulo

Demonstrar a importância do desenvolvimento do conceito do produto.

Definir as prioridades no planejamento do lançamento de um produto, como estimativa de demanda.

Desenvolvimento do projeto do produto, desenhos, listas de materiais e processos de produção.

Apresentar os testes necessários para colocar um produto no mercado.

Demonstrar as diversas estratégias competitivas para enfrentar o mercado em todas as fases do ciclo de vida do produto.

Visão conceitual de produtos no mercado

Buscando os meios e as opções disponíveis que possam satisfazer ao seu desejo, os quais convencionou-se chamar de produtos, o homem atribui a cada um deles um

“Um produto é tudo aquilo capaz de satisfazer a um desejo.”

Philip Kotler

133

Book 2.indb 133

5/30/14 6:48 PM

valor, na razão direta da possibilidade de suprir e atender com maior ou menor satisfação ao seu desejo.

 

8. Definindo o preço do seu produto

PDF Criptografado

8

Definindo o preço do seu produto

Objetivos deste capítulo

Definir o que é preço e qual a sua relação com o mercado.

Estabelecer o conceito de “elo de valor”.

Determinar a relação entre demanda, custos unitários totais, receita bruta e lucro esperado.

Apresentar as estratégias de precificação.

Visão de preços no mercado

O preço pode ser conceituado como a expressão monetária do valor de um bem

(produto ou serviço), ou, ainda: o preço é o valor que o cliente em potencial está disposto a pagar no ato da compra.

Analisando os compêndios sobre o assunto, você poderá distinguir quatro aspectos essenciais, que norteiam o critério de determinação de preço.

O custo

É preciso considerar que o custo dos seus produtos deve englobar todos os seus componentes, como: pesquisa, desenvolvimento, matérias-primas, industrialização, embalagem, rotulagem, mão de obra, propaganda, promoção de vendas, distribuição, impostos, taxas, administração, desperdícios, encargos sociais etc.

 

9. O ponto de venda do seu produto

PDF Criptografado

9

O ponto de venda do seu produto

Objetivos deste capítulo

Definir o que é ponto de venda e sua importância para o sucesso do empreendimento.

Reforçar o conceito de “elo de valor”.

Determinar a relação entre demanda, custos unitários totais, receita bruta e lucro esperado.

Apresentar as estratégias de precificação.

Visão conceitual de ponto de venda no mercado

O ponto de venda ou distribuição pode ser entendido como a combinação de agentes por meio dos quais o produto flui, desde o produtor até o consumidor final.

Se você for um empreendedor do setor industrial, dependendo da logística planejada, poderá utilizar o atacadista, o distribuidor, o varejista, o correio, uma loja própria, ou qualquer outro canal para distribuir seus produtos na praça. Mas se você for um empreendedor do setor comercial, alguns desses canais de distribuição não poderão ser utilizados, pois pode tratar-se de um fornecedor ou de um concorrente. Por exemplo, se você tiver um comércio varejista, provavelmente, terá atacadistas ou distribuidores como seus fornecedores.

 

10. A propaganda e a promoção do seu produto

PDF Criptografado

10

A propaganda e a promoção do seu produto

Objetivos deste capítulo

Destacar a importância do marketing e da promoção no sucesso do produto.

Definir as estratégias da força de vendas da sua empresa.

Apresentar os principais processos de comunicação e convencimento.

Demonstrar as diferenças e a importância da propaganda e da promoção.

Visão conceitual de propaganda e promoção no mercado

A propaganda tem por missão integrar o esforço promocional, operando no sentido de atingir o subconsciente do consumidor com a penetração do apelo, influenciando sua decisão de compra. É por meio da repetição de um conceito que ele se infunde e difunde, fazendo variar a opinião do mercado. Mas é preciso haver persistência para que ele se mantenha.

Não faça como alguns empreendedores que se esquecem desse conceito e fazem uso da propaganda apenas algumas vezes, até conseguirem alguns resultados, mas pecam pela falta de repetição, pois, em pouco tempo, todo o trabalho acaba caindo no esquecimento do consumidor. Você não poderá cair nessa armadilha.

 

11. Diagnosticando seu empreendimento

PDF Criptografado

11

Diagnosticando seu empreendimento

Objetivos deste capítulo

Demonstrar de maneira prática e rápida como planejar a sua empresa.

Demonstrar a elaboração de um estudo de viabilidade técnica e econômica – EVTE.

Demonstrar a elaboração de uma análise de riscos.

Realizar o primeiro estudo de Planejamento Estratégico.

Que rumo dar ao empreendimento?

A maior parte das empresas inicia suas atividades sem uma análise do mercado em que ela pretende atuar e, o que é pior, sem formular uma estratégia de operação. É como se um avião decolasse para uma viagem sem um plano de voo definido. Em

700 a.C., o filósofo Sêneca já dizia: “Para um barco que não sabe para que porto vai qualquer vento lhe será favorável”.

Muitas das grandes empresas sucumbiram ao longo do tempo por falta de planejamento estratégico, ou seja, por falta de pensar no futuro. Por exemplo:

197

Book 2.indb 197

5/30/14 6:49 PM

1. A Panam faliu por não perceber que a maior parte de suas receitas vinha do correio aéreo e, com a invenção do fax, esta receita reduziu-se a tal ponto que a companhia ficou inviável.

 

12. Abrindo as portas

PDF Criptografado

12

Abrindo as portas

Objetivos deste capítulo

Demonstrar uma metodologia para a escolha do local de instalação da empresa.

Apresentar um passo a passo para a abertura da empresa e a documentação necessária.

Documentação necessária para empresas regulamentadas.

Documentação específica solicitada pelo município.

Onde sua ideia vai morar?

O local para a instalação é um dos aspectos mais importantes para o sucesso da empresa, tanto que se trata de um fator estratégico. Uma decisão errada sobre a localização do empreendimento pode levar um negócio ao fracasso, e disso não estão imunes as empresas que operam com produtos inovadores, em mercados com crescimento muito acima da média ou em economias aquecidas.

O primeiro passo para você escolher o local para a instalação de sua empresa é fazer um estudo, chamado de “geografia de mercado”. É claro que setores diferentes entre si, como comércio, serviços e indústria, exigem abordagens diferentes. Esse estudo deverá envolver dois aspectos: a macrolocalização e a microlocalização.

 

13. E o sonho acabou?

PDF Criptografado

13

E o sonho acabou?

Engraçado, o sonho acabou, e você não estava dormindo, mas ainda assim estava sonhando... Agora está acordado, sentindo-se leve, muito leve e com uma vontade enorme de começar tudo de novo... Você não é louco, você é um empreendedor!

Certamente você já deve ter ouvido falar no ditado popular que diz que os homens, ou as mulheres, plenamente realizados são aqueles que tiveram um filho, plantaram uma árvore e escreveram um livro. Ter um filho significa perpetuar a espécie, plantar uma árvore significa perpetuar a vida e escrever um livro significa perpe­tuar as ideias. No entanto, esse triângulo de realizações deveria ser transformado em um quadrado, em que um dos vértices deveria ser abrir um negócio. Uma das coisas que mais propiciam a realização ao homem é a criação de um empreendimento. Ter uma empresa significa perpetuar a capacidade de realização.

Você jamais poderá imaginar a sensação de felicidade por planejar um empreen­ dimento e vê-lo surgir, crescer e gerar frutos. Apesar de todas as agruras e dissabores, vale a pena. E muito.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPPD000223866
ISBN
9788520448878
Tamanho do arquivo
4,7 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados