TC de Alta Resolução do Pulmão, 4ª edição

Visualizações: 364
Classificação: (0)

A tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR) é comumente utilizada na prática clínica para detectar e classificar de modo acurado várias anormalidades pulmonares. Desde a publicação da edição anterior, houve considerável progresso no entendimento dessas doenças, exercendo a TCAR importante papel nesse cenário. Por esse motivo, chega agora ao mercado a quarta edição de TC de Alta Resolução do Pulmão, atualizada e revisada com os avanços mais recentes na classificação e compreensão das doenças pulmonares difusas e suas características na TCAR.

18 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1. Aspectos Técnicos da Tomografia Computadorizada de Alta Resolução

PDF Criptografado

1

Aspectos Técnicos da

Tomografia

Computadorizada de

Alta Resolução

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Tomografia Computadorizada de Alta Resolução:

Técnicas Fundamentais

Técnicas de Aquisição de Imagem: Imagens Axiais com

Espaçamento Versus Imagens Volumétricas

Dose de Radiação

Tomografia Computadorizada de Alta Resolução Expiratória

Modificações Técnicas Adicionais

Exibição da Imagem

Protocolos da Tomografia Computadorizada de Alta

Resolução

Resolução Espacial da Tomografia Computadorizada de

Alta Resolução

Artefatos da Tomografia Computadorizada de Alta Resolução

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

2D:

3D:

ECG:

FOV: kV: kV(p): mA: mAs: mGy:

MinIP:

MIP: mSv:

TCAR:

TCAR-MD:

bidimensional tridimensional eletrocardiograma campo de visão (field of view) quilovolt quilovolt máximo miliampere miliamperes por segundo miligray projeção de intensidade mínima projeção de intensidade máxima milisievert

 

2. Anatomia do Pulmão Normal

PDF Criptografado

Anatomia do Pulmão

Normal

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

O Interstício Pulmonar

Os Brônquios de Grande Calibre e as Artérias

O Lóbulo Pulmonar Secundário e o Ácino Pulmonar

Anatomia do Lóbulo Secundário e Seus Componentes

O Conceito Cortical e Medular do Pulmão

Interstício Subpleural e Superfícies Pleurais

Atenuação Pulmonar Normal

Tomografia Computadorizada de Alta Resolução

Expiratória Normal

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

B/A:

DP:

E/D:

MinIP:

TCAR:

TCAR-MD:

UH:

broncoarterial desvio padrão espessura/diâmetro da parede brônquica projeção de intensidade mínima

TC de alta resolução

TC de alta resolução com múltiplos detectores unidades Hounsfield

A interpretação acurada das imagens da TCAR exige conhecimento de anatomia pulmonar normal e das alterações patológicas na anatomia normal do pulmão que ocorrem na vigência de doença (1–5). Neste capítulo, faremos uma revisão apenas dos aspectos da anatomia pulmonar que são importantes para a utilização e interpretação da TCAR.

 

3. Achados na Tomografia Computadorizada de Alta Resolução na Doença Pulmonar

PDF Criptografado

Achados na Tomografia

Computadorizada de

Alta Resolução na

Doença Pulmonar

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Opacidades Lineares e Reticulares

Nódulos e Opacidades Nodulares

Opacificação do Parênquima

Cistos Pulmonares, Enfisema e Bronquiectasia

Perfusão em Mosaico e Atenuação em Mosaico

Aprisionamento Aéreo na Expiração

Distribuição das Anormalidades do Parênquima no

Diagnóstico de Doença Pulmonar

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

AIDS:

BR-DPI:

EPC:

FPI:

HAP:

PAP:

PIA:

PID:

PIL:

PINE:

PIU:

PMC:

PO,

BOPO,

POC:

SARA:

TCAR:

síndrome de imunodeficiência adquirida bronquiolite respiratória-doença pulmonar intersticial embolia pulmonar crônica fibrose pulmonar idiopática hipertensão arterial pulmonar proteinose alveolar pulmonar pneumonia intersticial aguda pneumonia intersticial descamativa pneumonia intersticial linfoide pneumonia intersticial não específica pneumonia intersticial usual pneumoconiose do minerador de carvão

 

4. As Pneumonias Intersticiais Idiopáticas, Parte I: Pneumonia Intersticial Usual/Fibrose Pulmonar Idiopática e Pneumonia Intersticial Não Específica

PDF Criptografado

As Pneumonias

Intersticiais Idiopáticas,

Parte I: Pneumonia Intersticial

4

Usual/Fibrose Pulmonar Idiopática e

Pneumonia Intersticial Não Específica

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Pneumonias Intersticiais Idiopáticas

Pneumonia Intersticial Usual e Fibrose Pulmonar

Idiopática

Pneumonia Intersticial Não Específica

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

ATS:

BOPO:

BR-DPI:

CDMC:

CVF:

ERS:

FPI:

LAD:

PIA:

PID:

PII:

PIL:

PINE:

PO:

POC:

American Thoracic Society bronquiolite obliterante com pneumonia em organização bronquiolite respiratória-doença pulmonar intersticial capacidade de difusão do monóxido de carbono capacidade vital forçada

European Respiratory Society fibrose pulmonar idiopática lesão alveolar difusa pneumonia intersticial aguda pneumonia intersticial descamativa pneumonia intersticial idiopática pneumonia intersticial linfoide pneumonia intersticial não específica pneumonia em organização pneumonia em organização criptogênica

 

5. As Pneumonias Intersticiais Idiopáticas, Parte II: Pneumonia em Organização Criptogênica (BOPO Idiopática), Bronquiolite Respiratória-Doença Pulmonar Intersticial, Pneumonia Intersticial Descamativa, Pneumonia Intersticial Aguda e Pneumonia Intersticia

PDF Criptografado

As Pneumonias

Intersticiais Idiopáticas,

Parte II: Pneumonia em Organização

5

Criptogênica (BOPO Idiopática),

Bronquiolite Respiratória-Doença

Pulmonar Intersticial,

Pneumonia Intersticial Descamativa,

Pneumonia Intersticial Aguda e

Pneumonia Intersticial Linfocítica

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Pneumonia em Organização Criptogênica (Bronquiolite

Obliterante Associada à Pneumonia em Organização)

Pneumonia Intersticial Aguda

Bronquiolite Respiratória e Bronquiolite Respiratória-Doença

Pulmonar Intersticial

Pneumonia Intersticial Descamativa

Pneumonia Intersticial Linfocítica

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

ATS:

BOPO:

American Thoracic Society bronquiolite obliterante associada à pneumonia em organização

Editoração Eletrônica – Diagrama Ação (21) 3852-8419

005webb

pág. 200

BR:

BR-DPI:

ERS:

FPI:

LAD:

PEC:

PFP:

 

6. Colagenoses

PDF Criptografado

6

Colagenoses

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Artrite Reumatoide

Esclerose Sistêmica Progressiva (Esclerodermia)

Lúpus Eritematoso Sistêmico

Polimiosite-Dermatomiosite

Doença Mista do Tecido Conjuntivo

Síndrome de Sjögren

Espondilite Anquilosante

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

AR:

ATS:

BOPO:

CDMC:

CVF:

DMTC:

ERS:

ESP:

FPI:

LAD:

LBA:

LES:

PIL:

PINE:

PM-DM:

PO:

VEF1:

artrite reumatoide

American Thoracic Society bronquiolite obliterante com pneumonia em organização capacidade de difusão do monóxido de carbono capacidade vital forçada doença mista do tecido conjuntivo

European Respiratory Society esclerose sistêmica progressiva (esclerodermia) fibrose pulmonar idiopática lesão alveolar difusa lavado broncoalveolar lúpus eritematoso sistêmico pneumonia intersticial linfoide pneumonia intersticial não específica polimiosite-dermatomiosite pneumonia em organização volume expiratório forçado em 1 segundo

 

7. Neoplasias Pulmonares Difusas e Doenças Linfoproliferativas Pulmonares

PDF Criptografado

Neoplasias Pulmonares

Difusas e Doenças

Linfoproliferativas Pulmonares

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Linfangite Carcinomatosa Pulmonar

Metástases Hematogênicas

Carcinoma Bronquioloalveolar Difuso

Sarcoma de Kaposi

Alterações Linfoproliferativas, Linfoma e Leucemia

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

AIDS:

ALPT:

BALT:

CBA:

HAART:

HIV:

HTLV-1:

LCP:

LDAI:

LH:

LLTA:

LNH:

LRA:

MALT:

OMS:

PIL:

PMC:

SK:

TCAR:

VEB:

síndrome de imunodeficiência adquirida alterações linfoproliferativas pós-transplante tecido linfoide associado ao brônquio carcinoma bronquioloalveolar terapia antirretroviral altamente ativa vírus da imunodeficiência humana vírus linfotrópico T humano do tipo 1 linfangite carcinomatosa pulmonar linfadenopatia angioimunoblástica linfoma de Hodgkin linfoma/leucemia de células T adultas linfoma não Hodgkin linfoma relacionado à AIDS tecido linfoide associado à mucosa

 

8. Sarcoidose

PDF Criptografado

Sarcoidose

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Achados Anatomopatológicos

Achados Radiográficos

Achados na Tomografia Computadorizada de

Alta Resolução

Utilidade da Tomografia Computadorizada de

Alta Resolução

Condições Associadas e Reações Sarcoide-Símiles

Diagnóstico Diferencial

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

CDMC:

capacidade de difusão de monóxido de carbono

CPT:

capacidade pulmonar total

CVF:

capacidade vital forçada

FPI:

fibrose pulmonar idiopática

GA :

citrato de gálio 67

HAART:

terapia antirretroviral altamente ativa

HLA:

antígeno leucocitário humano

HP:

hipertensão pulmonar

IFN:

interferon

67

IL:

interleucina

LCP:

linfangite carcinomatosa pulmonar

PAPm:

pressão arterial pulmonar média

PET-FDG18:

tomografia com emissão de pósitrons com

18-fluoro-desoxiglicose

PFP:

 

9. Pneumoconioses e Doença Pulmonar Ambiental e Ocupacional

PDF Criptografado

Pneumoconioses e

Doença Pulmonar

Ambiental e Ocupacional

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Asbestose e Doença Relacionada ao Asbesto

Silicose

Pneumoconiose do Minerador de Carvão

Pneumoconiose dos Trabalhadores de Grafite

Pneumoconiose Causada pela Inalação de Poeira Mista

Talcose

Pneumoconiose Causada pela Inalação de Poeira de

Alumínio

Pneumoconiose Causada por Metal Pesado

Doença Causada por Berílio (Beriliose)

Pneumoconiose Causada pela Inalação de Poeira Inerte

Pneumoconiose dos Soldadores (Siderose)

Exposição ao Índio

Pulmão do Trabalhador com Flocos

Pneumonite Química e Inalação de Fumaça

Exposição a Combustível à Base de Biomassa

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

Al:

CDMC:

CPT:

CVF:

EPD:

FMP:

FPI:

ILO:

LBA:

PFP:

PID:

PINE:

PIU:

PMC:

alumínio capacidade de difusão de monóxido de carbono capacidade pulmonar total capacidade vital forçada espessamento pleural difuso fibrose maciça progressiva fibrose pulmonar idiopática

 

10. Pneumonite por Hipersensibilidade e Doenças Pulmonares Eosinofílicas

PDF Criptografado

Pneumonite por

Hipersensibilidade e

Doenças Pulmonares

Eosinofílicas

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Pneumonite por Hipersensibilidade

Doença Pulmonar Eosinofílica

Doença Pulmonar Eosinofílica Idiopática

Doença Pulmonar Eosinofílica de Etiologia Específica

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

ABPA:

BOPO:

CDMC:

FPI:

LAD:

LBA:

PEC:

PH:

PID:

PINE:

SCS:

SHE:

TCAR:

aspergilose broncopulmonar alérgica bronquiolite obliterante com pneumonia em organização capacidade de difusão do monóxido de carbono fibrose pulmonar idiopática lesão alveolar difusa lavado broncoalveolar pneumonia eosinofílica crônica pneumonite por hipersensibilidade pneumonia intersticial descamativa pneumonia intersticial não específica síndrome de Churg-Strauss síndrome hipereosinofílica

TC de alta resolução

PNEUMONITE POR HIPERSENSIBILIDADE

Pneumonite por hipersensibilidade (PH), também conhecida como alveolite alérgica extrínseca, é uma doença inflamatória granulomatosa dos pulmões causada pela inalação de fumaças ou partículas orgânicas antigênicas (1,2). Mais de 200 antígenos

 

11. Doenças Pulmonares Fármaco-Induzidas e Pneumonite por Irradiação

PDF Criptografado

Doenças Pulmonares

Fármaco-Induzidas e

Pneumonite por Irradiação

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Doença Pulmonar Fármaco-Induzida

Doença Pulmonar Induzida por Irradiação

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

3D:

5-ASA:

BCNU:

BOPO: cGy:

Gy:

LAD:

PEC:

PH:

PID:

PIL:

PINE:

PIU:

POC:

SARA:

TCAR:

UH:

tridimensional mesalamina carmustina bronquiolite obliterante com pneumonia em organização centigray gray lesão alveolar difusa pneumonia eosinofílica crônica pneumonite por hipersensibilidade pneumonia intersticial difusa pneumonia intersticial linfoide pneumonia intersticial não específica pneumonia intersticial usual pneumonia em organização criptogênica síndrome de angústia respiratória aguda tomografia computadorizada de alta resolução unidades Hounsfield

DOENÇA PULMONAR FÁRMACO-INDUZIDA

Mais de 350 substâncias resultam em reações adversas dos pulmões, vias aéreas e circulação pulmonar. A prevalência mais alta de doença pulmonar fármaco-induzida ocorre nos pacientes em uso de agentes quimioterápicos citotóxicos, com até

 

12. Doença Pulmonar Cística e Enfisema

PDF Criptografado

Doença Pulmonar

Cística e Enfisema

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Histiocitose de Células de Langerhans Pulmonar

Linfangiomiomatose

Enfisema

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

CDMC:

CET:

CL:

CPT:

CRVP:

CTVA:

CV:

CVF:

DPM:

DPOC:

FPI:

GOLD:

HCL:

HCLP:

LAM:

LAM-E:

MinIP:

MIP:

NETT:

PaO2:

PCO2:

PFP:

PH:

PIL:

TCAR:

TCQ:

UH:

VEF1:

capacidade de difusão do monóxido de carbono complexo de esclerose tuberosa células de Langerhans capacidade pulmonar total cirurgia para redução do volume pulmonar cirurgia toracoscópica videoassistida capacidade vital capacidade vital forçada densidade pulmonar média doença pulmonar obstrutiva crônica fibrose pulmonar idiopática

Global Initiative for Chronic Obstructive Lung

Disease histiocitose de células de Langerhans histiocitose de células de Langerhans pulmonar linfangiomiomatose linfangiomiomatose esporádica projeção de intensidade mínima projeção de intensidade máxima

 

13. Infecções

PDF Criptografado

13

Infecções

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Tuberculose

Tuberculose no Paciente HIV-Positivo

Infecções por Micobactérias Não Tuberculosas

Infecção por Micobactérias Não Tuberculosas no

Paciente HIV-Positivo

Bacilo Miliar Calmette-Guérin

Pneumonia por Mycoplasma pneumoniae

Broncopneumonia

Infecções Oportunistas

Doença Pulmonar Relacionada ao Aspergillus

Outras Micoses Além da Aspergilose

Embolia Séptica e Infarto

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

AIDS:

API:

BAAR:

CMA:

CMV:

DPOC:

HAART:

HIV:

LBA:

MBNT:

PPC:

SIRI:

TB:

TB-MDR:

TCGH:

VSR:

síndrome de imunodeficiência adquirida aspergilose pulmonar invasiva bacilo álcool-ácido-resistente complexo Mycobacterium avium citomegalovírus doença pulmonar obstrutiva crônica terapia antirretroviral altamente ativa vírus da imunodeficiência humana lavado broncoalveolar micobactérias não tuberculosas

 

14. Hemorragia Pulmonar Difusa, Edema Pulmonar e Síndrome de Angústia Respiratória Aguda

PDF Criptografado

Hemorragia Pulmonar

Difusa, Edema

Pulmonar e Síndrome de

Angústia Respiratória Aguda

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Hemorragia Pulmonar Difusa

Edema Pulmonar

Síndrome de Angústia Respiratória Aguda e

Lesão Alveolar Difusa

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

HPD:

HPI:

IgA:

IgG:

LAD:

PIA:

SARA:

TB:

TCAR:

hemorragia pulmonar difusa hemossiderose pulmonar idiopática imunoglobulina A imunoglobulina G lesão alveolar difusa pneumonia intersticial aguda síndrome de angústia respiratória aguda tuberculose

TC de alta resolução

HEMORRAGIA PULMONAR DIFUSA

A hemorragia pulmonar difusa (HPD) pode ser resultado de várias doenças, de modo que pode ser difícil estabelecer um diagnóstico específico (1–3). Os achados na radiografia de tórax não são, com frequência, diagnósticos, e pode não ocorrer hemoptise, mesmo nos pacientes com hemorragia suficiente para resultar em anemia (4). Se possível, a HPD deve ser diferenciada da hemorragia pulmonar focal resultante de bronquiectasia, bronquite crônica, infecção ativa (p.ex., TB), infec-

 

15. Outras Doenças Pulmonares Infiltrativas

PDF Criptografado

Outras Doenças

Pulmonares Infiltrativas

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Proteinose Alveolar Pulmonar

Pneumonia Lipoide

Amiloidose

Microlitíase Alveolar Pulmonar

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

AA:

AL:

APS:

FEC-GM:

LBA:

MAP:

PAP:

PIL:

SARA:

amiloide A amiloide leve amiloide P sérico fator estimulante da colônia de granulócito-macrófago lavado broncoalveolar microlitíase alveolar pulmonar proteinose alveolar pulmonar pneumonia intersticial linfoide síndrome de angústia respiratória aguda

Neste capítulo, serão abordadas várias entidades raras que resultam em doença pulmonar difusa e que não são de outra forma facilmente classificadas. Essas entidades incluem proteinose alveolar pulmonar (PAP), pneumonia lipoide exógena, amiloidose parenquimatosa difusa e microlitíase alveolar.

PROTEINOSE ALVEOLAR PULMONAR

Estima-se que a PAP, uma doença rara, ocorra em 1 em 2 milhões de indivíduos (1). Esta condição é caracterizada pelo preenchimento dos espaços alveolares com material eosinofílico granular e proteináceo PAS positivo (ácido periódico de

 

16. Doenças das Vias Aéreas

PDF Criptografado

Doenças das Vias Aéreas

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Bronquiectasia

Doenças Associadas à Bronquiectasia

Bronquiolite

Doenças Associadas à Bronquiolite

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

ABPA:

AIDS:

AR:

BO:

BOPO:

BR:

BR-DPI:

CMA:

CVF:

DEVH:

DIVC:

DPOC:

FC:

HIV:

LBA:

MIP:

PBD:

PFP:

PIL:

POC:

R-BA:

RMP:

SCD:

TCMD:

TMO:

VEF1:

aspergilose broncopulmonar alérgica síndrome de imunodeficiência adquirida artrite reumatoide bronquiolite obliterante bronquiolite obliterante associada à pneumonia em organização bronquiolite respiratória bronquiolite respiratória-doença pulmonar intersticial complexo Mycobacterium avium capacidade vital forçada doença enxerto-versus-hospedeiro síndrome de deficiência imune variável comum doença pulmonar obstrutiva crônica fibrose cística vírus da imunodeficiência humana lavado broncoalveolar projeção de intensidade máxima pambronquiolite difusa provas de função pulmonar pneumonia intersticial linfoide pneumonia em organização criptogênica razão broncoarterial reconstrução multiplanar síndrome dos cílios discinéticos tomografia computadorizada com múltiplos detectores transplante de medula óssea volume expiratório forçado em 1 segundo

 

17. Hipertensão Pulmonar e Doença Vascular Pulmonar

PDF Criptografado

Hipertensão Pulmonar e Doença Vascular

Pulmonar

SUMÁRIO DO CAPÍTULO

Achados na Tomografia Computadorizada de Alta

Resolução de Doença Vascular Pulmonar

Doenças Associadas a Hipertensão Pulmonar

Síndrome Hepatopulmonar

Vasculite Pulmonar

ABREVIATURAS USADAS NESTE CAPÍTULO

ANCA:

AP:

DB:

DVOP:

DVP:

HAP:

HAPA:

HAPF:

HAPI:

HCP:

HP:

PAN:

SEG:

SHP:

STA:

TCAR:

TEPC:

anticorpo citoplasmático antineutrofílico artéria pulmonar doença de Behçet doença veno-oclusiva pulmonar doença vascular pulmonar hipertensão arterial pulmonar hipertensão arterial pulmonar associada hipertensão arterial pulmonar familiar hipertensão arterial pulmonar idiopática hemangiomatose capilar pulmonar hipertensão pulmonar poliarterite nodosa síndrome de embolia gordurosa síndrome hepatopulmonar síndrome torácica aguda tomografia computadorizada de alta resolução tromboembolia pulmonar crônica

 

18. Glossário Ilustrado de Termos Utilizados em Tomografia Computadorizada de Alta Resolução

PDF Criptografado

18

Glossário Ilustrado de

Termos Utilizados em

Tomografia Computadorizada de Alta Resolução

Como rápida referência e auxílio para a compreensão da nomenclatura utilizada neste livro, elaboramos uma lista das definições de vários termos úteis na TCAR e seu significado, com ilustrações de seu aspecto típico. Neste livro, tentamos definir os termos da

TCAR em relação aos seus correlatos anatômicos específicos. Os termos puramente descritivos foram evitados, exceto em situações nas quais os próprios achados são inespecíficos e não podem ser relacionados a determinadas anormalidades anatômicas, quando o termo descritivo inespecífico é particularmente útil para compreensão e reconhecimento do achado anormal, ou quando o termo já é amplamente aceito. Os termos definidos e as definições utilizadas refletem nossas preferências pessoais (1) e incorporam as recomendações da Nomenclature Committee of the Fleischner Society, que foi recentemente revisada (2–4).

ácino

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPPD000223505
ISBN
9788527724746
Tamanho do arquivo
84 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados