Empreendedorismo para visionários-desenvolvendo negócios inovadores para um mundo em transformação

Autor(es): José Dornelas
Visualizações: 587
Classificação: (0)

Empreendedorismo para Visionários – Desenvolvendo Negócios Inovadores para um Mundo em Transformação se destaca entre as muitas obras existentes no mercado por apresentar uma perspectiva contemporânea do tema e por inovar na interpretação do processo empreendedor. Escrita de maneira didática e objetiva, amplia os horizontes de interpretação do empreendedorismo para além da criação de novas empresas. Partindo da premissa que todo empreendedor busca, de modo incessante, realizar sonhos, a obra propõe situações comprovadas que mostram a importância da inovação para a competitividade dos negócios, além do impacto da globalização e da sustentabilidade nas iniciativas empreendedoras. A participação cada vez maior de mulheres na criação e gestão de empresas e o impacto que o rápido desenvolvimento tecnológico traz aos negócios também são tratados de maneira esclarecedora.Essa macrovisão proporcionada pela obra torna o seu conteúdo extremamente relevante para o contexto atual de mercado e ainda prepara o empreendedor, passo a passo, não só no planejamento de um novo negócio, mas na criação do seu plano empreendedor pessoal, na busca do autoconhecimento e no desenvolvimento de uma visão de negócios diferenciada. O conteúdo da obra se destaca pela riqueza de exemplos e equilibra forte embasamento teórico com atividades práticas e lúdicas que reproduzem de maneira fiel os desafios enfrentados pelos empreendedores no processo de transformar suas ideias em oportunidades de negócio. 

Como apoio ao livro, o site do autor (www.josedornelas.com.br) traz diversos materiais para o aprofundamento de discussões, assim como conteúdos especiais para professores que adotarem esta obra em disciplinas da área de empreendedorismo e planejamento de negócios. Com todos esses recursos, Empreendedorismo para Visionários – Desenvolvendo Negócios Inovadores para um Mundo em Transformação é leitura indispensável para pessoas com grandes ideias e disciplina para torná-las realidade.

 

FORMATOS DISPONíVEIS

8 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

Capítulo 1 - Empreendedorismo em uma era de transformação e mudanças

PDF Criptografado

1

Empreendedorismo em uma era de transformação e mudanças

dornelas_OC.indd 1

28/10/13 15:03

Capítulo 1

1.1 Empreender nos dias atuais

é um pouco diferente

Empreendedorismo já não é uma palavra desconhecida no vocabulário do brasileiro há algum tempo. Jovens e adultos, homens e mulheres, e até crianças, já ouviram falar, leram ou de alguma forma empreendem no seu dia a dia. Empreender é a realização máxima dos sonhadores que almejam ver seus sonhos concretizados.

Alguns empreendem por meio do próprio negócio; outros, em grandes empresas.

Há aqueles que empreendem coletivamente, outros, sozinhos, e há ainda os que participam de organizações não governamentais. Empreender pode estar relacionado com o fazer acontecer em várias fases da vida do ser humano.

No mundo atual, empreender continua tendo o mesmo significado que no passado. Quem empreende está sempre visando ao futuro e à construção de algo novo que vai melhorar a vida das pessoas, de preferência com soluções criativas, inovadoras e sustentáveis. O resultado maior da atividade empreendedora leva

 

Capítulo 2 - Diferentes maneiras de empreender

PDF Criptografado

2

Diferentes maneiras de empreender

dornelas_OC.indd 33

28/10/13 15:04

Capítulo 2

2.1 Empreender não é sinônimo de criar empresa

Empreender não se resume à criação do próprio negócio. Mas a maneira mais conhecida de se tornar um empreendedor é criando uma empresa. Por outro lado, com a disseminação do conceito de empreendedorismo na sociedade, o comportamento empreendedor passou a ser observado com mais atenção em ambientes nos quais antes não se pensava haver empreendedores.

Um ator, ao encenar uma peça, pode agir como empreendedor. Na verdade, ele pode agir como empreendedor desde a concepção da peça, no seu planejamento, na preparação para o papel, na execução (atuação) e na entrega do produto ao cliente final (proporcionar felicidade, alegria, satisfação, relaxamento, prazer etc. aos espectadores).

Um funcionário público pode ser um empreendedor ao propor maneiras de otimizar os recursos disponíveis para que o serviço prestado à população seja de excelência, com o menor investimento possível, e trabalhar para que sua proposta seja implementada.

 

Capítulo 3 - Quem é o empreendedor do próprio negócio

PDF Criptografado

3

Quem é o empreendedor do próprio negócio

dornelas_OC.indd 49

28/10/13 15:04

Capítulo 3

3.1 Conhecendo o perfil do empreendedor

A tentativa de rotular o perfil do empreendedor e definir os traços comuns àqueles que empreendem não é recente. Há décadas os pesquisadores se debruçam sobre dados das mais variadas fontes com o objetivo de identificar o que pensa e como age o empreendedor. Alguns dos estudos mais conhecidos e disseminados no Brasil pelo SEBRAE é o conjunto de características comportamentais empreendedoras, definidas por David McClelland nas décadas de 1960 e 1970.20

Nos livros Empreendedorismo, Transformando Ideias em Negócios21 e Empreendedorismo na Prática22 também são apresentados estudos e uma relação de características empreendedoras, de maneira a ratificar que o rótulo de empreendedor é um dos mais difíceis de definir, já que a própria definição de empreender, como apresentada no Capítulo 1, permite interpretações subjetivas.

 

Capítulo 4 - O processo empreendedor revisitado

PDF Criptografado

4

O processo empreendedor revisitado

dornelas_OC.indd 61

28/10/13 15:04

Capítulo 4

4.1 Onde tudo começa

O início do processo empreendedor ocorre quando a decisão de empreender é tomada pelo empreendedor. O que leva a essa decisão não depende de uma única variável, como já foi apresentado no Capítulo 2. Na Figura 4.1, esse momento

é representado pelos quadros com setas direcionadas ao círculo “Decisão de empreender”. Nos quadros constam representações de motivações empreendedoras, como vontade, desejo, busca, descoberta, sonho, missão, fazer acontecer, autonomia, ganhar dinheiro, pós-carreira, negócio familiar, convite etc. A partir da decisão tomada, as ideias devem ser analisadas pelo empreendedor de maneira que sejam consideradas ou descartadas na próxima etapa do processo empreendedor. É o que se recomenda para evitar cair na tentação comum quando se tem uma ideia aparentemente infalível. Essas ideias cegam o empreendedor que, sem qualquer análise mais criteriosa, muitas vezes cria o negócio e, com isso, corre grandes riscos de quebrar a empresa.

 

Capítulo 6 - O plano de negócios

PDF Criptografado

6

O plano de negócios

dornelas_OC.indd 91

28/10/13 15:04

Capítulo 6

Ao concluir a análise de oportunidade, o empreendedor tomará a decisão de levar a frente ou não sua ideia de negócio. Se houver uma desistência por considerar que a ideia não é uma boa oportunidade de negócio, sugere-se que reinicie o ciclo do processo empreendedor, reveja suas ideias e analise novas oportunidades em potencial até selecionar aquela que, em princípio, parece ser a base de um bom negócio.

Como já discutido, a partir da oportunidade identificada, o empreendedor tem duas possibilidades: partir para o desenvolvimento de um plano de negócios tradicional ou desenvolver um plano de negócios efectual. Na verdade, há empreendedores que não desenvolvem nenhuma das duas opções de planejamento e já criam a empresa. Os riscos dessa alternativa já foram tratados nos capítulos anteriores.

O plano de negócios popularizou-se nos últimos anos como uma das principais ferramentas de gestão dos empreendedores, principalmente dos interessados em iniciar uma empresa. Por meio do plano de negócios, o empreendedor consegue ter uma visão mais clara do que será a empresa, do mercado e simular projeções de crescimento do negócio, bem como custos, despesas e potencial de lucratividade.

 

Capítulo 8 - Plano empreendedor pessoal

PDF Criptografado

8

Plano empreendedor pessoal

dornelas_OC.indd 203

28/10/13 15:04

Capítulo 8

O Plano Empreendedor Pessoal (PEP) é o seu planejamento para os projetos futuros relacionados com o empreendedorismo que você sonha concretizar. Da mesma maneira que se discutiu o plano de negócios como base para o planejamento da criação e gestão de uma empresa, o PEP serve de base para você pensar de maneira estruturada e definir suas estratégias pessoais para atingir seus objetivos profissionais.

Muitas pessoas não dão a devida atenção ao PEP e nunca realizaram um, mas quem passa pela experiência de colocar no papel seus anseios e sonhos e tenta traduzi-los em objetivos acaba por criar um guia íntimo e individual com o qual passa a se comprometer. Isso ajuda não só a pensar o futuro de maneira estruturada, mas a entender com mais clareza quais são as possibilidades ou caminhos a seguir.

O fato de desenvolver um PEP não lhe garantirá a sua concretização conforme o previsto. Aqui, de novo, cabe a analogia com o plano de negócios. O fato de planejar não garante o sucesso, mas auxilia você (empreendedor) a ter um norte a seguir. Por isso, o PEP é extremamente útil àqueles em busca de respostas sobre seu futuro profissional como empreendedor. Por meio do PEP, você pode identificar caminhos que o levarão ao empreendedorismo do próprio negócio, empreendedorismo social, corporativo, enfim, a várias possibilidades para seu desenvolvimento profissional.

 

Capítulo 9 - Fazendo acontecer

PDF Criptografado

9

Fazendo acontecer

dornelas_OC.indd 223

28/10/13 15:04

Capítulo 9

Ao analisar o processo empreendedor, nota-se a ênfase dada às fases iniciais: da concepção da ideia ao desenvolvimento do plano de negócios. É importante ter essas etapas bem desenvolvidas para garantir mais chances de sucesso na tão esperada etapa pelos empreendedores: colocar a empresa em funcionamento, ou seja, fazer acontecer!

Porém, antes de fazer acontecer, o empreendedor precisa ficar atento a diversos aspectos relevantes de seu ambiente de negócio e internos à sua empresa.

Questões relacionadas com legislação, obtenção e gestão de recursos financeiros, contratos, relacionamento com fornecedores, contratação e retenção de funcionários, participação em entidades representativas do setor, entre outros, fazem parte do dia a dia do empreendedor.

Muitas dessas atividades devem ser feitas diretamente pelo empreendedor, outras podem ser delegadas. O importante é conhecer quais são as principais

 

Capítulo 10 - Os desafios além da fase inicial

PDF Criptografado

10

Os desafios além da fase inicial

dornelas_OC.indd 233

28/10/13 15:04

Capítulo 10

Ao compreender os estágios de crescimento de um negócio, o empreendedor conclui que a criação do negócio foi apenas o primeiro desafio. A partir da colocação da empresa em funcionamento, os problemas e adversidades surgem diariamente e, com isso, o empreendedor precisa cada vez mais abraçar a gestão administrativa como algo primordial ao sucesso do negócio.

Muitos empreendedores iniciam um negócio porque possuem competência técnica ou conhecimento profundo do produto, mas poucos são preparados, desde o início, para a gestão da empresa em crescimento. Esse aprendizado ocorre com a prática e com o tempo à frente do empreendimento.

Aos poucos, a empresa vai adquirindo uma identidade intimamente ligada às crenças e aos valores do empreendedor, que lidera o processo de desenvolvimento do negócio. A cultura corporativa começa a tomar corpo, e as regras explícitas e implícitas passam a fazer parte do dia a dia do negócio. Com isso, fica mais evidente a burocracia, que nada mais é que a tentativa de embutir controle às atividades para evitar o caos. A burocracia quase sempre se mostra mais uma maneira de engessar os processos da empresa que de facilitar o cumprimento das regras de negócio.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPP0000206300
ISBN
9788521625155
Tamanho do arquivo
9,5 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados