Administração Estratégica, 3ª edição

Visualizações: 491
Classificação: (0)

Projeto acalentado há tempos e arquitetado por quatro renomados docentes, Administração Estratégica é uma obra ímpar que imprime, ao mesmo tempo, simplicidade e didática, amplitude e atualidade.
O conteúdo do livro abrange os tópicos tradicionalmente abordados dentro do tema – como os conceitos básicos, avaliação e controle, parcerias e etapas do plano estratégico – e vai além, com a nítida experiência dos autores para enriquecer a teoria, aliada às suas vivências profissionais e acadêmicas. Houve, ainda, a preocupação em adequar os assuntos à cadência do ensino em sala de aula, o que pode ser claro facilitador, tanto para professores quanto para estudantes.
Administração Estratégica surge, assim, como bibliografia de destaque ao trazer a combinação equilibrada entre teoria e prática, em sintonia com as tendências mais recentes do mercado, além de referências do Brasil e do mundo.

7 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

CAPÍTULO 1 – Os Conceitos Básicos de Administração Estratégica

PDF Criptografado

CAPÍTULO 1

Os Conceitos Básicos de Administração

Estratégica

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

1.1  A evolução da administração estratégica

1.2  A natureza da administração estratégica

1.3  �Conceitos de administração estratégica: um estudo de caso

1.4  �Benefícios e vantagens de administração estratégica – estratégias sociais

1.5  �O processo de administração estratégica

1.6  �Administração estratégica, ética e responsabilidade social

001Belmiro.indd 1

28/01/14terça-feira 11:34

001Belmiro.indd 2

28/01/14terça-feira 11:34

Os Conceitos Básicos de Administração Estratégica

1.1  A evolução da administração estratégica

Até chegar ao conceito atual de Administração Estratégica, foram formulados e aplicados, em especial, em empresas multinacionais americanas, diversos processos:

•• Planejamento Financeiro

•• Planejamento de Longo Prazo

•• Planejamento Estratégico (primórdios)

•• Estratégia Competitiva

 

CAPÍTULO 2 – Análise Ambiental

PDF Criptografado

CAPÍTULO 2

Análise Ambiental

2.1  �Elementos de análise ambiental – novos ambientes: oportunidades e desafios

JOAQUIM FRANCISCO CAVALCANTE DE

OLIVEIRA

2.2  �Análise do ambiente externo – desenvolvimento econômico: estratégia para empregabilidade

SOLANGE COELHO DE AZEVEDO

2.3  �Análise do ambiente interno

JOSÉ NORBERTO LAGE

2.4  �Síntese da análise ambiental – Matriz

SWOT

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

002Belmiro.indd 33

28/01/14terça-feira 11:33

002Belmiro.indd 34

28/01/14terça-feira 11:33

Análise Ambiental

2.1  �Elementos de análise ambiental – novos ambientes: oportunidades e desafios

JOAQUIM FRANCISCO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

Introdução

Este trabalho mostra as oportunidades e os desafios que os empreendedores terão pela frente ao iniciarem um novo negócio. A tendência é a de procurar implementar seus negócios nas áreas em que já trabalharam, por se sentirem mais seguros devido ao conhecimento adquirido. Outros, ainda, são atraídos para segmentos que trazem maior retorno financeiro. Além disso, outra opção muito escolhida é o mercado de modismo. Nesse cenário, o desafio consiste em identificar uma oportunidade de negócio ressaltando-se, contudo, que o mais importante no momento da decisão é fazer aquilo de que se gosta.

 

CAPÍTULO 3 – A Etapa de Formulação Estratégica

PDF Criptografado

CAPÍTULO 3

A Etapa de Formulação

Estratégica

3.1  �Estratégias organizacionais

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

3.2  �Estratégias de negócios –

Intraempreendedor, um estrategista de negócios

SOLANGE COELHO DE AZEVEDO

3.3  �Estratégias funcionais

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

3.4  �Restrições e critérios de seleção na formulação de estratégias – Restrições abrandadas pelo uso de nova matriz na formulação de estratégias – A combinação de portfólio, objetivos de produtos/serviços e ciclo de vida

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

003Belmiro.indd 63

02/02/14domingo 20:39

003Belmiro.indd 64

02/02/14domingo 20:39

A Etapa de Formulação Estratégica

3.1  �Estratégias organizacionais

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

Nas estratégias organizacionais, é importante ressaltar o comportamento das empresas perante o meio ambiente.

O quadro abaixo demonstra esta situação.

Comportamento/ Inativo

 

CAPÍTULO 4 – A Etapa de Implementação de Estratégias

PDF Criptografado

CAPÍTULO 4

A Etapa de

Implementação de

Estratégias

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

4.1  �Estratégia versus estrutura organizacional

4.2  �Implicações da estratégia no desenho de cargos

4.3  �Os planos de ação como instrumentos gerenciais para a implementação –

Os funcionários que compartilham estratégias

4.4  �Gestão de pessoas e liderança –

Administração estratégica de RH – Um estudo de caso

004Belmiro.indd 97

02/02/14domingo 21:05

004Belmiro.indd 98

02/02/14domingo 21:05

A Etapa de Implementação de Estratégias

4.1  Estratégia versus estrutura organizacional

Quatro estratégias foram selecionadas para serem cotejadas com a estrutura da organização. São elas:

Sobrevivência

Estabilidade

Crescimento

Diversificação

•• Sobrevivência

É uma estratégia que se passa quando o caixa da empresa mal cobre os gastos.

Em palavras mais técnicas, teríamos o índice de liquidez próximo a 1; isto é, o ativo circulante e o passivo circulante, iguais. Esta equidade leva a considerações de estratégias que podem ser as seguintes:

 

CAPÍTULO 5 – Avaliação e Controle na Administração Estratégica

PDF Criptografado

CAPÍTULO 5

Avaliação e Controle na Administração

Estratégica

5.1  �O processo de controle – controle estratégico

JOSÉ NORBERTO LAGE

5.2  �Sistemas de informação estratégica – planejamento estratégico de sistemas de informação nas organizações

JOAQUIM FRANCISCO CAVALCANTE DE

OLIVEIRA

005Belmiro.indd 121

04/02/14terça-feira 14:42

005Belmiro.indd 122

04/02/14terça-feira 14:42

Avaliação e Controle na Administração Estratégica

5.1  �O processo de controle – controle estratégico

JOSÉ NORBERTO LAGE

Para entendermos as formulações e necessidades do controle estratégico, antes precisamos entender o controle organizacional, que forma as bases para o primeiro.

Todo processo organizacional necessita de controle para avaliar o correto andamento da operação. Sem ele, não é possível detectar problemas e consequentemente tomar medidas para a correção dos rumos.

O controle começa quando a administração promove direção à organização.

 

CAPÍTULO 6 – Parcerias Estratégicas – Troca com “Players” Concorrentes

PDF Criptografado

CAPÍTULO 6

Parcerias Estratégicas –

Troca com “Players”

Concorrentes

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

006Belmiro.indd 145

04/02/14terça-feira 14:45

006Belmiro.indd 146

04/02/14terça-feira 14:45

Parcerias Estratégicas – Troca com “Players” Concorrentes

O mercado fornecedor de serviços tem, na maioria das vezes, intensidade de concorrência elevada. Bancos, hospitais e escolas de terceiro grau são bons exemplos de alta rivalidade, principalmente por se tratar de mercados fornecedores concentrados – e, de forma especial, se vier a ser considerada a segmentação por território em que esses negócios estão operando.

Em se tratando de tamanho, esses são, tipicamente, negócios de grande porte (alguns são médios), que seguem as tendências do mercado fornecedor de serviços e terceirizam boa parte de seus fornecedores de serviços, bens e materiais.

No entanto, esses negócios podem se tornar cooperativos e não competitivos. Para que isso ocorra, é necessário que haja algumas condições, elucidadas pelo seguinte exemplo.

 

CAPÍTULO 7 – Plano Estratégico

PDF Criptografado

CAPÍTULO 7

Plano Estratégico

7.1  �A formulação e etapas do plano estratégico – lógica do plano estratégico

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

7.2  �Plano de negócios: a ferramenta do empreendedor

JOAQUIM FRANCISCO CAVALCANTE DE

OLIVEIRA

007Belmiro.indd 149

04/02/14terça-feira 14:47

007Belmiro.indd 150

04/02/14terça-feira 14:47

Plano Estratégico

7.1  �A formulação e etapas do plano estratégico – lógica do plano estratégico

LUIZ ALBERTO GRAVINA BELMIRO

Pesquisa realizada pela aluna Jane Ferreira, do curso de Administração da

Universidade Estácio de Sá – campus Nova América.

A sociedade mundial vem sofrendo um processo de mudanças que, obviamente, influencia todo o planejamento de uma empresa. Neste cenário de mudanças, vê-se a transformação da economia nacional para a chamada economia mundial.

Isso vem aplicado ao conceito de ambiente das empresas, suas áreas de negócios, dimensões e extensões de mercado (sua fragmentação e sua visão de marketshare, e o equilíbrio de portfólio de produtos). Há uma tendência à internacionalização do processo produtivo e a projetos conjuntos de empresas de várias nacionalidades.

 

Detalhes do Produto

Livro Impresso
eBook
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPPD000205881
ISBN
9788521625957
Tamanho do arquivo
3,6 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados