Série Concursos Públicos - Informática para Concursos, 5ª edição

Autor(es): IDANKAS, Rodney
Visualizações: 332
Classificação: (0)

A informática tem sido objeto de diversas provas de concursos públicos. Neste panorama, o autor, especialista e profissional da área, estruturou a obra com foco nos temas mais solicitados nos concursos.

O resultado é um trabalho completo, que não se preocupa somente em informar ao leitor o significado das terminologias específicas, mas sim possibilitar o entendimento dos temas abrangidos pela informática. 

Didática, a obra traz ilustrações e figuras sobre os temas tratados, quadros chamando a atenção do leitor para os aspectos importantes das provas, bem como questões de concurso ao final de cada capítulo. Temas abordados:

Introdução à informática Hardware Memórias Sistemas numéricos utilizados na informáticaSoftware Sistemas operacionais – uma visão geralPacotes officeMs WordMs ExcelLibre Office/BR OfficeAcessando a rede mundial de computadores – InternetBackup – procedimentos de segurançaRedes de computadorConvergência digital: internet, intranet e extranetProtocolos de redeConceitos gerais de segurança da informaçãoProcedimento de segurança da informaçãoPrincipais criptografias em uso na internet e certificados digitaisAs tecnologias de ponta

FORMATOS DISPONíVEIS

22 capítulos

Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta

1 - INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

PDF Criptografado

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

Sumário: 1.1 Conceitos básicos de informática e alguns termos usuais – 1.2 Geração dos computadores – 1.3 Evolução da tecnologia dos computadores – 1.4 Sistema de informática – 1.5

Tipos de computadores – 1.6 Exercícios para fixação.

1.1 CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA E ALGUNS

TERMOS USUAIS

Apesar de não ser um assunto com muita incidência nas provas de concursos e exames de seleção, saber um pouco da história da informática e, consequentemente, os conceitos básicos, pode acrescentar um conhecimento importantíssimo para o candidato que busca um cargo ou emprego público tenha um entendimento geral do assunto de informática e assim consiga um desempenho excelente na prova de informática.

Neste sentido, este primeiro capítulo ajudará o concurseiro a entender de onde veio e para onde (provavelmente) irá a informática

(ou Tecnologia da Informação1) nos próximos anos, ou seja, trará a oportunidade de observar os avanços da tecnologia nos aspectos mais importantes: aumento da capacidade de processamento e da memória.

 

2 - HARDWARE

PDF Criptografado

HARDWARE

Sumário: 2.1 Hardware: parte física do sistema de informática. Conceitos, nomes e características – 2.2 Placa-mãe – 2.3

Detalhes (e expressões de provas) de alguns componentes instalados na placa-mãe – 2.4 Sobre os barramentos – 2.5 Sobre o Chipset – 2.6 Evolução das placas-mãe – 2.7 Tecnologias da placa-mãe: on board e off board – 2.8 Mais detalhes sobre os microprocessadores – 2.9 Entendendo como funcionam um microprocessador e seus elementos principais – 2.10 Mais detalhes das memórias de um computador moderno: 2.10.1 Memória RAM; 2.10.2 Memória ROM; 2.10.3 Memória de Massa;

2.10.4 Memória SWAP: o HDD auxiliando a memória RAM;

2.10.5 Outras classificações para as memórias – 2.11 Memória

ROM especial: BIOS: 2.11.1 O funcionamento da ROM com

BIOS – 2.12 Uma visão mais profunda dos dispositivos de

Entrada e Saída (E/S) ou Input/Output (I/O) – periféricos –

2.13 Exercícios para fixação.

Com certeza, esse assunto é certo na grande maioria das provas de concursos e exames de seleção das provas na esfera federal, estadual ou municipal.

 

3 - MEMÓRIAS

PDF Criptografado

MEMÓRIAS

Sumário: 3.1 Nomes e tecnologias: 3.1.1 A memória RAM –

3.2 Memórias RAM: principal ou de trabalho – 3.3 Quadro esquemático de tipos de memória – 3.4 Memórias auxiliares: secundárias e terciárias – 3.5 Saiba como funciona um HDD tradicional – 3.6 Memória ROM do microcomputador – 3.7

Dicas de prova sobre memórias – 3.8 Exercícios para fixação.

3.1 NOMES E TECNOLOGIAS

Assim como os microprocessadores (CPUs) mereceram um tópico especial, as memórias do microcomputador também necessitam de um tratamento em destaque, em razão da grande incidência de questões nas provas de concursos, ou, ainda, por ser base de entendimento de assuntos correlatos, tais como armazenamento ou execução dos programas.

Lembramos que, quando estudamos para as provas de informática dos concursos públicos, as memórias podem aparecer em três tipos básicos:

RAM

ROM

Memória de Massa (apresentada em três tipos: HD, SSD e Flash

Memory)

 

4 - SISTEMAS NUMÉRICOS UTILIZADOS NA INFORMÁTICA

PDF Criptografado

SISTEMAS NUMÉRICOS UTILIZADOS

NA INFORMÁTICA

Sumário: 4.1 Noções gerais – 4.2 Base binária: base dois (2)

– 4.3 Base decimal: base dez (10) – 4.4 Base hexadecimal: base dezesseis (16) – 4.5 Bits e bytes – 4.6 No sistema internacional (base decimal é a referência) – 4.7 No sistema IEC

(base binária é a referência) – 4.8 Operações de conversão de base – 4.9 Exercícios para fixação.

4.1 NOÇÕES GERAIS

Nossos computadores atuais trabalham com a essência da energia elétrica, ou seja, a eletricidade comanda as operações de funcionamento dos dispositivos de tecnologia.

Para facilitar a manipulação dos dados e informações dentro dos computadores, convencionou-se representar essa eletricidade pela sinalização digital com dois estágios distintos por meio dos números

0 e 1 (zeros e uns).

Informatica_5ed_RodneyIdankas.indb 85

05/09/2014 15:13:09

86

|

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS – Rodney Idankas

Essa representação é chamada de numeração binária, em que há apenas dois números presentes: O número 1 (chamado de bit mais significativo1) e o número 0 (chamado de bit menos significativo).

 

5 - SOFTWARE

PDF Criptografado

SOFTWARE

Sumário: 5.1 Software: parte lógica do sistema de informática.

Conceitos, nomes e características – 5.2 Sistemas operacionais

– 5.3 BOOT – 5.4 Sistemas operacionais para computadores

PC – 5.5 Dicas sobre sistemas operacionais para provas de concurso – 5.6 Características genéricas dos sistemas operacionais atuais – 5.7 Aplicativos e utilitários com mais detalhes – 5.8

Programas de base ou programas auxiliares com mais detalhes

– 5.9 Dica para prova – 5.10 Exercícios para fixação.

5.1 SOFTWARE: PARTE LÓGICA DO SISTEMA

DE INFORMÁTICA. CONCEITOS, NOMES E

CARACTERÍSTICAS

Como visto anteriormente, a informática possui seu sistema próprio, que é dividido em três principais partes integradas com um propósito comum para o processamento e tratamento de dados e informação, quais sejam:

Software: os programas de computador;

Hardware: as partes físicas;

Peopleware: as pessoas que interagem com os programas e equipamentos.

 

6 - SISTEMAS OPERACIONAIS – UMA VISÃO GERAL

PDF Criptografado

SISTEMAS OPERACIONAIS –

UMA VISÃO GERAL

Sumário: 6.1 Introdução: Windows e Linux (os principais cobrados em prova) – 6.2 Outros sistemas operacionais – 6.3

Principais tecnologias comuns entre Windows e Linux – 6.4

Sistema operacional Linux: 6.4.1 Linux: surgimento e licença livre para uso; 6.4.2 Linux: entendendo melhor este sistema;

6.4.3 Características específicas do sistema operacional Linux;

6.4.4 Estrutura de arquivos e diretórios no Linux; 6.4.5 Linux por comandos digitados; 6.4.6 Distribuições Linux – 6.5 Dicas importantes para prova – 6.6 Algumas características do sistema operacional Windows Seven (7): 6.6.1 Alguns comentários sobre os recursos (programas) do Windows Seven (7); 6.6.2 Características diferenciadas aplicadas ao Windows Seven (7) – 6.7 Estrutura de arquivos e diretórios no Windows – 6.8 Regras comuns do sistema de arquivos do Windows (e do Linux): 6.8.1 Sistema de arquivos do Windows; 6.8.2 Sistema de arquivos do Linux;

6.8.3 Sistemas de arquivos em mídias – 6.9 Algumas extensões de arquivos interpretados pelo Windows e pelo Linux – 6.10

 

7 - PACOTES OFFICE

PDF Criptografado

PACOTES OFFICE

Sumário: 7.1 Uma visão geral dos principais pacotes Office

(aplicativos de produtividade) – 7.2 Microsoft Office Word:

7.2.1 Nova interface gráfica do Word 2010; 7.2.2 Faixa de opções; 7.2.3 Caixa de diálogos; 7.2.4 Minibarra de tarefas;

7.2.5 Dicas de teclas; 7.2.6 Smartart; 7.2.7 Assinatura digital;

7.2.8 Suporte a arquivos com extensões XPS e PDF; 7.2.9

Teclas de atalho – 7.3 MS Office: Excel: 7.3.1 Nova interface gráfica do Excel 2010; 7.3.2 Faixa de opções; 7.3.3 Caixa de diálogos; 7.3.4 Minibarra de tarefas; 7.3.5 Smartart; 7.3.6 Teclas de atalho e de funções; 7.3.7 Operadores matemáticos do

MS Excel; 7.3.8 Funções do MS Excel – 7.4 Considerações importantes – 7.5 Exercícios para fixação.

7.1 UMA VISÃO GERAL DOS PRINCIPAIS PACOTES

OFFICE (APLICATIVOS DE PRODUTIVIDADE)

Os pacotes de aplicativos, aplicativos de produtividade ou suítes, como são denominados, são programas de computador apresentados em um conjunto que possuem diversas funções e facilidades diferentes, disponibilizados aos usuários.

 

8 - MS WORD 2010

PDF Criptografado

MS WORD 2010

Sumário: 8.1 Visão prática para provas – 8.2 MS Word: 8.2.1

Iniciando o Word; 8.2.2 Navegação dentro do MS Word e uso do teclado; 8.2.3 Menu de formatação; 8.2.4 Botão Office; 8.2.5

Comando “ir para”; 8.2.6 Revisão ortográfica e gramatical; 8.2.7

Inserção de caracteres especiais; 8.2.8 Impressão de documentos;

8.2.9 Escolhendo páginas para impressão; 8.2.10 Cabeçalhos e rodapés; 8.2.11 Quebras de página – 8.3 Exercícios para fixação.

8.1 VISÃO PRÁTICA PARA PROVAS

Como havíamos comentado em capítulo anterior, iremos aqui abordar aspectos relevantes do MS Word para provas de concursos públicos, ou seja, os principais pontos que são perguntados em provas de concursos públicos.

Não se trata de curso de editor de texto, nosso único objetivo é apresentar situações e expressões relevantes para provas de concursos públicos, além de comentar assuntos do Word que são costumeiros nos diversos exames.

8.2 MS WORD

Como já mencionado anteriormente, o MS Word é o editor de texto da Microsoft, que originalmente foi desenvolvido para ser executado no sistema operacional Windows. Atualmente, há versões do MS Office que funcionam perfeitamente em outra plataforma de sistema operacional.

 

9 - MS EXCEL 2010 – INTERMEDIÁRIO

PDF Criptografado

MS EXCEL 2010 – INTERMEDIÁRIO

Sumário: 9.1 Visão prática para provas – 9.2 MS Excel: 9.2.1

Iniciando o Excel; 9.2.2 Navegação dentro do MS Excel e uso do teclado; 9.2.3 Menu de formatação; 9.2.4 Autoajuste de células; 9.2.5 Construindo fórmulas no MS Excel; 9.2.6

Células referenciadas; 9.2.7 Funções; 9.2.8 Autocálculo – 9.3

Exercícios para fixação.

9.1 VISÃO PRÁTICA PARA PROVAS

Lembramos mais uma vez que o assunto aqui apresentado visa especificamente sua aprovação nas provas de informática de concursos públicos, assim não iremos ministrar nenhum curso para uso de planilhas eletrônicas, e sim alguns temas relevantes costumeiramente cobrados em provas.

Planilhas eletrônicas, em especial o Excel, costumam ser a pedra no sapato dos concurseiro, por isso, neste livro vamos aprofundar alguns importantes itens cobrados nos atuais concursos.

ATENÇÃO

A planilha eletrônica é um programa de computador que define ao usuário um conjunto de células representadas por letras e números.

 

10 - LIBRE OFFICE/BR OFFICE

PDF Criptografado

LIBRE OFFICE/BR OFFICE

Sumário: 10.1 Noções gerais – 10.2 Writer: 10.2.1 Navegação no Writer; 10.2.2 Menu arquivo; 10.2.3 Localizar e substituir;

10.2.4 Inserir campos; 10.2.5 Cabeçalho e rodapé; 10.2.6 Tabela no Writer – 10.3 Calc: 10.3.1 Linhas, colunas e células; 10.3.2

Localizar e substituir; 10.3.3 Barra de status; 10.3.4 Barra de fórmula do Libre Office Calc; 10.3.5 Inserir nota no Calc –

10.4 Exercícios para fixação.

10.1 NOÇÕES GERAIS

Este capítulo não se destina a ensinar a operar o pacote de aplicativo OFFICE, mas a apresentar as características deste aplicativo mais cobradas em provas de concursos públicos.

O objetivo deste livro é, em especial, demonstrar conceitos e detalhes que são pedidos nos concursos de nosso país, dessa forma, temos que entender que LIBRE OFFICE/BR OFFICE é o nome dado

à suíte de pacotes de aplicativos para escritório, muito parecido com o MS Office, que possui os mesmos programas da sua versão em inglês OPEN OFFICE.

 

11 - ACESSANDO A REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES – INTERNET – PELOS NAVEGADORES

PDF Criptografado

ACESSANDO A REDE MUNDIAL DE

COMPUTADORES – INTERNET –

PELOS NAVEGADORES

Sumário: 11.1 A origem da rede mundial – 11.2 Aplicativos de uso da RMC – 11.3 Modem tradicional (analógico) – 11.4 Placa de rede – 11.5 O endereço da placa de rede: MAC Address –

11.6 Navegadores de Internet – 11.7 Internet Explorer – 11.8

Controles do IE – 11.9 Pesquisar na barra de endereços (URL)

– 11.10 Gerenciador de download – 11.11 Guias no Internet

Explorer – 11.12 Navegação Inprivate no IE – 11.13 Plugin silverlight do IE – 11.14 Mozilla Firefox – 11.15 Controles do Firefox – 11.16 Navegação por abas – 11.17 Privacidade –

11.18 Pesquisa inteligente – 11.19 Proteção contra sites falsos

(pharming) – 11.20 Chrome (Google) – 11.21 Rapidez no acesso

à web – 11.22 Segurança – 11.23 Exercícios para fixação.

11.1 A ORIGEM DA REDE MUNDIAL

A rede mundial de computadores – Internet – já é algo consolidado nos tempos atuais: prestação de serviços por pessoas físicas e jurídicas, redes sociais, telecomunicações, videoconferências, telemedicina e convergência são alguns recursos disponibilizados a todos.

 

12 - BACKUP – PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA

PDF Criptografado

BACKUP – PROCEDIMENTOS

DE SEGURANÇA

Sumário: 12.1 Sistemas de backup – 12.2 Backup de dados

(arquivos e programas) – 12.3 Estratégias de backup: 12.3.1

Backup completo, normal ou integral; 12.3.2 Backup incremental; 12.3.3 Backup diferencial – 12.4 Exercícios para fixação.

Apesar de este assunto estar relacionado diretamente ao tema

Segurança da Informação, entendemos importante dar um destaque especial, pois as provas mais “puxadas” em provas de concurso costumam exigir o entendimento do tema dos candidatos, por isso vamos tratá-lo especialmente neste capítulo para que possamos eliminar qualquer dúvida.

Lembre-se de que o backup é mais uma simples cópia de segurança. Ele é responsável pela segurança do funcionamento de todo o sistema de informática1, caso ocorra algum evento de sinistro que necessite de recuperação de alguma parte do sistema.

Entenda backup como um seguro de informática que você não deseja utilizar.

1

Sistema de Informática deve ser entendido como o conjunto de recursos de hardware e de software com a devida interação humana.

 

13 - REDES DE COMPUTADOR

PDF Criptografado

REDES DE COMPUTADOR

Sumário: 13.1 Noções gerais – 13.2 Nomes para redes de computador: visão de compartilhamento de recursos – 13.3

Nomes recorrentes em redes de computador: 13.3.1 Arquitetura de rede; 13.3.2 Topologia de rede – 13.4 Tipos de redes de computadores em relação à extensão: 13.4.1 Rede do tipo LAN;

13.4.2 Rede do tipo MAN; 13.4.3 Rede do tipo WAN – 13.5

Exercícios para fixação.

13.1 NOÇÕES GERAIS

Assunto certo em quase todas as provas de concursos públicos em razão do uso contínuo dos computadores interligados nas diversas instituições e, principalmente, pelo grande sucesso e utilização da

Internet e Intranets corporativas.

Uma rede interna corretamente configurada e ajustada permite acesso mais rápido aos serviços da rede externa.

O termo rede de computadores não é tão novo assim. Temos notícia de que a primeira rede de computadores surgiu em 1969, em território americano. Essa rede chamou-se Arpanet, e tratava-se de uma rede de defesa americana que interligava computadores a longa distância. Assim surgia o embrião da atual Internet.

 

14 - CONVERGÊNCIA DIGITAL: INTERNET, INTRANET E EXTRANET – UMA VISÃO MAIS DETALHADA PARA AS PROVAS

PDF Criptografado

CONVERGÊNCIA DIGITAL: INTERNET,

INTRANET E EXTRANET – UMA VISÃO

MAIS DETALHADA PARA AS PROVAS

Sumário: 14.1 Noções gerais – 14.2 Internet – 14.3 Intranet

– 14.4 Extranet – 14.5 Alguns termos relacionados à Internet e Intranet – 14.6 Exercícios para fixação.

14.1 NOÇÕES GERAIS

Outro assunto decorrente de nossa modernidade, presente atualmente em todas as provas de concurso público, a convergência digital da Internet merece um destaque todo especial, bem como uma melhor atenção dos candidatos nos conceitos que a envolvem.

Muitos pontos e conceitos são semelhantes quando falamos de Internet e Intranet, por isso é de fundamental importância conhecer as pequenas diferenças elas e as siglas que orbitam o presente assunto a ser estudado.

Sempre associaremos Internet e Intranet quanto ao tipo de serviço que uma rede possa ter ou disponibilizar aos seus usuários.

Vamos ao entendimento de Internet, Intranet e Extranet, principalmente às suas características particulares, que costumam ser cobradas nas principais provas de concursos públicos.

 

15 - PROTOCOLOS DE REDE

PDF Criptografado

PROTOCOLOS DE REDE

Sumário: 15.1 Noções gerais sobre protocolos – 15.2 Camada

OSI – 15.3 O modelo TCP/IP: 15.3.1 Protocolos de transporte de dados: TCP e UDP; 15.3.2 Protocolo TCP; 15.3.3 Protocolo

UDP; 15.3.4 Protocolos usados por e-mails; 15.3.5 Protocolo

POP3; 15.3.6 Protocolo SMTP; 15.3.7 Protocolo IMAP; 15.3.8

Protocolos usados em serviços de navegação na Internet/Intranet;

15.3.9 Protocolo HTTP; 15.3.10 Protocolo HTTPS; 15.3.11

Protocolo FTP; 15.3.12 Protocolo IP; 15.3.13 Protocolo IP

(IPv4); 15.3.14 Protocolo IPv6; 15.3.15 O endereço IP loopback; 15.3.16 Protocolo Telnet; 15.3.17 Protocolo DHCP – 15.4

Exercícios para fixação.

15.1 NOÇÕES GERAIS SOBRE PROTOCOLOS

Outro assunto muito abordado em provas de concurso são os protocolos usados em rede de computadores.

Devemos ter em mente que os protocolos são essenciais nas comunicações dos equipamentos de TI quando conectados em redes de computadores.

São eles que criam regras rígidas no transporte de dados nas conexões entre equipamentos, ou seja, é por meio de protocolos de rede que os equipamentos conseguem trocar dados e informações.

 

16 - NOÇÕES GERAIS DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

PDF Criptografado

NOÇÕES GERAIS DE SEGURANÇA DA

INFORMAÇÃO

Sumário: 16.1 Noções gerais – 16.2 Política de segurança da informação – 16.3 Termo de responsabilidade – 16.4 Principais atributos da segurança da informação – 16.5 Dica para prova

– 16.6 Exercícios para fixação.

16.1 NOÇÕES GERAIS

Com o crescimento de acesso às diversas redes, em especial ao uso da Internet e dos mais diversos recursos das redes nas instituições públicas e privadas, os ataques externos e, também, os internos contra as redes têm aumento consideravelmente nesse mundo virtual nos últimos anos.

Surge dessas ações contra o ambiente computacional a questão relativa à segurança da informação, que se tornou objeto de precaução, em razão do alto valor do conhecimento agregado aos dados, informações e conhecimento institucional armazenados em computadores e servidores, sendo um assunto constante em provas de concursos públicos.

ATENÇÃO

A Segurança da Informação, quando tratada na área da Tecnologia da Informação e Comunicação, é vista como a tentativa de minimizar a vulnerabilidade de acesso às informações e recursos computacionais que podem trazer algum impacto negativo a uma Instituição.

 

17 - PROCEDIMENTOS ADOTADOS PARA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

PDF Criptografado

PROCEDIMENTOS ADOTADOS PARA

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Sumário: 17.1 Noções gerais – 17.2 Procedimentos para melhorar a segurança da informação – 17.3 Técnicas especiais para aumentar a segurança – 17.4 Tipos de ataques contra o sistema de informação – 17.5 Fraudes e golpes na internet –

17.6 Exercícios para fixação.

17.1 NOÇÕES GERAIS

Entender e neutralizar as possíveis ameaças que possam causar algum tipo de prejuízo ou dano ao sistema de informática é assunto estudado pelos técnicos e pelos concurseiros, pois o tema

é presente nas provas.

Essa “ameaça” em Tecnologia da Informação e Comunicação, ou seja, nos sistemas de informática, deve ser entendida como o prenúncio ou indício de algum acontecimento perigoso ou maléfico ao sistema, que de certa maneira pode comprometer os recursos tecnológicos de uma Instituição, ou, ainda, paralisar qualquer tipo de atividade.

Podemos entender o termo ameaça com quatro significados diferentes, conforme seguem:

 

18 - PRINCIPAIS USOS DE CRIPTOGRAFIAS NA INTERNET E CERTIFICADOS DIGITAIS

PDF Criptografado

PRINCIPAIS USOS DE CRIPTOGRAFIAS

NA INTERNET E CERTIFICADOS

DIGITAIS

Sumário: 18.1 Noções gerais – 18.2 Chaves, senhas ou password – 18.3 Alguns algoritmos para criptografia – 18.4

Chaves simétricas – 18.5 Chaves assimétricas – 18.6 Assinatura digital – 18.7 Certificado digital – 18.8 PKI ou ICP – 18.9

Exercícios para fixação.

18.1 NOÇÕES GERAIS

Uma das formas de evitar fraudes e “roubos digitais” é utilizar proteções nos sistemas, principalmente com o uso de criptografia.

A criptografia tem sua origem na Grécia. Cripto significa esconder ou escondido, enquanto grafia significa escrita. Na informática, criptografia é a forma de tornar a informação não acessível por meio de cifras ou códigos.

A criptografia pode ser entendida como a ciência que estuda os princípios, meios e métodos para tornar informações não disponíveis caso ocorra a sua interceptação, por meio de um processo de cifrar a mensagem ou informações, restaurando-as para suas formas originais, inteligíveis, por meio de um processo chamado de decifração.

 

Carregar mais


Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
BPP0000205283
ISBN
9788530959197
Tamanho do arquivo
9,9 MB
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados