Crie suas própias Pastas

Selecione capítulos de diferentes livros e organize-os em sua própria pasta, de forma simples e rápida. Você pode ainda personalizar a capa e disponibilizar o conteúdo em nossa loja para seus alunos ou colegas.

Educação
Pesquisa
Lazer

Capítulos Selecione um ou vários capítulos para montar sua Pasta

Medium 9788582714720

Capítulo 20. Análise funcional de um caso de transtorno bipolar

Ana Karina C. R. de-Farias; Flávia Nunes Fonseca; Lorena Bezerra Nery Grupo A PDF Criptografado

20

Análise funcional de um caso de transtorno bipolar

Alceu Martins Filho

O diagnóstico psiquiátrico é importante para que informações sobre o indivíduo que procura tratamento na área da saúde mental sejam compartilhadas entre os profissionais. Essas informações versam sobre padrões topográficos (i.e., formas de comportamento) de respostas estatisticamente prevalentes em sujeitos acometidos por transtornos mentais de mesma alcunha (Lappalainen

& Tuomisto, 2005). Os padrões topográficos de respostas são os sintomas. Dessa forma, a descrição presente no Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais (American Psychiatric Association [APA], 2013/2014) não inclui a história de seleção ontogenética que produziu esse responder nem as consequências que mantêm essas respostas, tampouco atenta para os contextos antecedentes envolvidos na sua emissão.

Para a terapia de base analítico-comportamental, discursar sobre estatística e rótulos psicopatológicos não é fundamental. A Análise do

Ver todos os capítulos
Medium 9788547221805

1. VÍCIOS PRECLUSIVOS, RESCISÓRIOS E TRANSRESCISÓRIOS

TESHEINER, José Maria Rosa Editora Saraiva PDF Criptografado

T eoria G er al

do

P rocesso

ineficácia. A promoção de tal declaração pelo litisconsorte preterido aproveita aos demais litisconsortes que forem unitários. d) Na hipótese de litisconsórcio necessário unitário, em que o interesse litigioso seja indisponível, teremos uma ineficácia absoluta da sentença (ineficaz em relação a todos, inclusive àqueles que foram partes), razão pela qual todos são legitimados para a promoção da declaração de ineficácia”64.

Só em casos raros pode-se falar em sentença inexistente, tais como a proferida por não juiz, a que o juiz não chegou a escrever ou a assinar ou a entregar em cartório para ser publicada.

1. VÍCIOS PRECLUSIVOS, RESCISÓRIOS E TRANSRESCISÓRIOS

Já se assinalou a existência de vícios que se desconsideram uma vez transitada em julgado a sentença; outros que persistem, mas autorizam a rescisão da sentença; outros, ainda, que resistem até mesmo ao decurso do prazo para a propositura de ação rescisória, podendo motivar, a qualquer tempo, a declaração da inexistência ou da ineficácia da sentença ou a decretação de sua nulidade.

Ver todos os capítulos
Medium 9788553131068

A.27 UPSIDE TASUKI GAP

LEMOS, Flávio Editora Saraiva PDF Criptografado

486 ANÁLISE TÉCNICA DOS MERCADOS FINANCEIROS

Padrão de três dias baixistas que só acontece em tendência de alta. O primeiro dia é um corpo branco comprido, seguido de uma abertura com gap e uma vela de corpo pequeno que fecha acima do gap. O terceiro dia é, também, um dia de vela preta, mas o corpo já é maior que a do segundo e o envolve fechando ainda acima da vela do primeiro dia.

A.27 UPSIDE TASUKI GAP

Figura A.29

Gap de alta tasuki

Somando as velas

Fonte: ilustração do autor.

Padrão de continuação com um corpo branco comprido, seguido de outro corpo branco que se formou em gap acima do primeiro. No terceiro dia, a vela é preta, abre dentro da amplitude da vela do segundo dia e fecha na área do gap, porém não até o fim dele.

26-Anexo I.indd 486

01/05/18 18:53

Ver todos os capítulos
Medium 9788553604791

2. TEORIA GRUPALISTA CRISTÃ

PDF Criptografado

LIX

O ESTADO E A FAMÍLIA

1. A família como unidade integrante do Estado.

2. Teoria grupalista cristã. 3. O primado da família na sociedade. 4. A família e o Estado brasileiro.

1. A FAMÍLIA COMO UNIDADE INTEGRANTE DO ESTADO

A família é o grupo fundamental da sociedade civil; o grupo humano natural, destinado a conservar o indivíduo e a espécie, como doutrinou

Santo Tomás de Aquino. É o “asilo bendito em que a personalidade humana se desenvolve ao sopro da ternura e da afeição”, no dizer de Kurth. É uma instituição de direito natural, anterior ao Estado e à própria sociedade civil, como sustenta o pensamento sociológico desde os tempos de Aristóteles.

O liberalismo político, essencialmente humanista, partiu desta concepção de direito natural, afirmando Rousseau que a família é o “primeiro modelo das organizações políticas”. Entretanto, o Estado liberal estruturou-se em base individualista sem levar na devida consideração os grupos naturais que compõem a sociedade civil. Positivados os seus erros fundamentais, duas correntes de protestos se levantaram — uma em nome dos direitos da sociedade, e outra em nome dos direitos dos grupos naturais que representam as unidade básicas do Estado. O primeiro expoente desta reação grupalista foi Frederic Le Play (1806-1882), que patrocinou a reforma social, baseando a sua doutrina, principalmente, nos preceitos referentes a família, constantes do Decálogo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788547223410

3. Fontes

ABRÃO, Nelson Editora Saraiva PDF Criptografado

42

DIREITO BANCÁRIO

atividades ligadas aos planos de saúde, seguro de vida, profissional, arrendamento mercantil, corretagem de valores, fundos de aposentadoria etc.

Este mare magnum da atividade disciplinada pelo leque ditado pelos bancos deixa uma dificuldade essencial na regulamentação e consequente aplicação de diretrizes inibidoras de condutas, a ponto de responsabilizar os administradores em casos de malversação do dinheiro e nas operações de risco.

A profissionalidade ínsita à atividade desenvolvida pelo banqueiro pede uma regulamentação mais eficiente e categórica sob o plano de sua responsabilidade, uma vez que o Banco Central somente descobre eventuais irregularidades depois de muitos anos da respectiva ocorrência, além, é

óbvio, do crescente problema de liquidez que abala o mercado e reduz a confiabilidade do consumidor no segmento fundamental à consolidação e segurança na estabilidade das relações negociais.

Há uma década, desde a introdução do Plano Real, que permitiu maior flexibilização dos preços e recomposição salarial, garantindo parâmetros concretos de inflação, essa circunstância imprimiu mais liquidez às instituições financeiras.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos