Crie suas própias Pastas

Selecione capítulos de diferentes livros e organize-os em sua própria pasta, de forma simples e rápida. Você pode ainda personalizar a capa e disponibilizar o conteúdo em nossa loja para seus alunos ou colegas.

Educação
Pesquisa
Lazer

Capítulos Selecione um ou vários capítulos para montar sua Pasta

Medium 9788520453032

8. Educação financeira

Sousa, Almir Ferreira de ...[et al.] Editora Manole PDF Criptografado

CAPÍTULO 8

Educação financeira

Ana Claudia Silva Leoni

Neste capítulo, é apresentada uma visão geral sobre educação financeira.

INTRODUÇÃO

Desde que fui convidada para escrever o capítulo de educação financeira deste livro, fiquei, como dizia minha mãe, matutando sobre como e o que escrever.

Colocar no papel pensamentos, ideias, anos de observações. Como organizar isso tudo? Como organizar de forma que façam sentido para quem lê? E mais, como fazer com que um tema nada popular se torne interessante e relevante para você, leitor?

Percebi que essa é uma resposta que não apenas uma aprendiz de escritora busca, mas todos os envolvidos, de uma forma ou de outra, com o tema da educação financeira. Grandes bancos, consultores independentes, estudiosos, curiosos: todos buscam a resposta sobre como tornar um assunto vital para a inclusão social e para o exercício pleno de cidadania de qualquer indivíduo algo relevante, prioritário e que faça parte do cotidiano das pessoas, transformando-o em hábito e destituindo o tabu.

Ver todos os capítulos
Medium 9789724420127

TERCEIRA PARTE O CONFLITO DA FACULDADE FILOSÓFICACOM A FACULDADE DE MEDICINA

Kant, Immanuel Grupo Almedina PDF Criptografado

TERCEIRA PARTE

O CONFLITO DA FACULDADE FILOSÓFICA

COM A FACULDADE DE MEDICINA

Do poder que o ânimo tem, pelo simples propósito de ser senhor dos seus sentimentos mórbidos

Uma carta de resposta ao Sr. Conselheiro áulico e professor

Ufeland

Que os meus agradecimentos pelo dom do Vosso instrutivo e agradável livro Da Arte de prolongar a Vida humana, a mim endereçado a 12 de dezembro de 1796, tivessem também de ser calculados para uma longa vida, poderíeis talvez ter motivo para inferir a partir da data da minha resposta do mês de janeiro deste ano, se o ter envelhecido não trouxesse já consigo o adiamento (procrastinatio) mais frequente de resolução importantes, assim, por exemplo, a da morte, que se nos anuncia sempre mais cedo e que se leva a esperar mediante pretextos inesgotáveis.

Pedis-me «um juízo sobre o Vosso esforço por abordar moralmente o físico do homem; por apresentar todo o homem, mesmo o físico, como um ser calculado em vista da moralidade, e por mostrar a cultura moral como indispensável à perfeição física da natureza humana que existe em toda a parte só na disposição». E acrescentais: «Pelo menos, posso asseverar que não eram opiniões preconcebidas, mas fui induzido a este tratamento de modo irresistível pelo trabalho e pela investigação».

Ver todos os capítulos
Medium 9788582712610

Letra C

Mayde Seadi Torriani; Luciana dos Santos; Isabel Cristina Echer, Elvino Barros Grupo A PDF Criptografado

C

CAFEÍNA

Grupo farmacológico. Estimulante do SNC.

Nomes comerciais. Várias associações contendo cafeína com adjuvante no tratamento analgésico: (Cefadrin®, Doralflex®, Doralgex®, Dorflex®, Doricin®, Doril®, Elcodrix®, Engov®, Enjoy®, Excedrin®, Fenaflex®, Flexalgex®, Flexdor®, Grpin c®, Maxidrin®, Nevralgex®, Neosaldina®, Relaflex®, Royflex®, Sedalex®, Tylalgin caf®).

Nome genérico. Dipirona + cafeína, Paracetamol + cafeína, Citrato de orfenadrina + dipirona + cafeina, dipirona + cafeína + isometepteno, citrato de cafeína.

Apresentações. Cpr contendo 30 a 50 mg de cafeína, sol injetável contendo

20 mg/mL e 125 mg/mL de citrato de cafeína.

Usos. Tratamento da apneia da prematuridade (citrato de cafeína), tratamento adjuvante da cefaleia incluindo a cefaleia após punção espinal, dores muscalures e articulares (benzoato sódio de cafeína), aumento na indução de convulsões durante a eletroterapia.

Contraindicações. Hipersensibiliade à cafeína, uso do composto de cafeína associado ao benzoato de sódio em neonatos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788547216115

CAPÍTULO V - Resolução de Exames da OAB (peças e questões)

CHACON, Luis Fernando Editora Saraiva PDF Criptografado

CAPÍTULO V

Resolução de Exames da OAB

(peças e questões)

A resolução de Exames da OAB é sem dúvida uma das principais ferramentas de estudo para o advogado que inicia sua carreira ou ao aluno que pretende prestar o Exame e enfrentar a 2ª fase do mesmo!

Por isso, nesta obra, em capítulo específico, dedicamos ao leitor um conjunto de Exames Unificados da Ordem, elaborados pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

Além das peças dos Exames Unificados da Ordem abaixo indicados

(Exames VII a XX) você percebeu que diversas outras petições fazem parte do acervo do presente livro, inclusive, petições baseadas nas provas da Ordem quando ainda realizadas por cada Estado, no caso, de São

Paulo, bem como as petições concernentes aos últimos Exames Unificados (XIV a XVI).

Veja que os Exames abaixo estão organizados com a peça prática profissional seguida do gabarito oficial publicado pela própria OAB

(“gabarito comentado”), a pontuação que o gabarito considerou para a correção da peça elaborada pelo candidato (“distribuição dos pontos”) e na sequência, você encontrará um modelo de petição elaborada pelo autor segundo o gabarito e segundo o Novo CPC.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521628699

Capítulo 17 - Microextração sortiva em barra de agitação

FIGUEIREDO, Eduardo Costa de; BORGES, Keyller Bastos; QUEIROZ, Maria Eugênia C. (orgs.) Grupo Gen PDF Criptografado

Microextração sortiva em barra de agitação

17

José Manuel F. Nogueira

17.1 Introdução

Face à grande complexidade que muitas amostras evidenciam, torna-se, na maioria dos casos, difícil ou mesmo impraticável efetuar a análise direta dos seus constituintes orgânicos, quer com recurso a técnicas cromatográficas quer mesmo hifenadas. Neste contexto, as técnicas de preparo ou preparação de amostras desempenham um papel decisivo e relevante criando condições de seletividade e exequibilidade únicas, capazes de exaltar todo o potencial da instrumentação analítica.

Em qualquer esquema analítico, a etapa de extração ou enriquecimento dos analitos da matriz original, prévia à análise cromatográfica, fundamentalmente com recurso às técnicas convencionais de extração líquido-líquido ou por solventes, é por regra um dos principais passos a contemplar, tendo como primordial objetivo a concentração e transferência dos solutos com interesse da matriz original numa forma mais adequada para introdução nos sistemas analíticos. Nessa perspectiva, e uma vez que a química verde tenha se tornado um novo paradigma desde o início da década de 1990, as técnicas de preparo de amostras direcionaram-se para a simplificação, miniaturização e fácil manipulação dos dispositivos analíticos, exigindo pequena quantidade de volume de amostra e redução drástica ou completa eliminação de solventes orgânicos tóxicos.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos