Crie suas própias Pastas

Selecione capítulos de diferentes livros e organize-os em sua própria pasta, de forma simples e rápida. Você pode ainda personalizar a capa e disponibilizar o conteúdo em nossa loja para seus alunos ou colegas.

Educação
Pesquisa
Lazer

Capítulos Selecione um ou vários capítulos para montar sua Pasta

Medium 9788582605110

O Império Parta

Francis D.K. Ching; Mark Jarzombek; Vikramaditya Prakash Grupo A PDF Criptografado

200 d.C.

7.47  Estatueta de um guerreiro parta a cavalo

O IMPÉRIO PARTA

Os partas conquistaram o Império Selêucida helenista. Originalmente, eram nômades do Norte do Irã e da Ásia Central, mas, em virtude de sua grande capacidade comercial, o Império Parta

(247 a.C.–224 d.C.) se tornou o elemento unificador das vastas redes de comércio centro-asiáticas. Os partas, contudo, não levaram consigo uma ampla cultura arquitetônica, mas adotaram o helenismo de seus predecessores, os selêucidas, combinando-o com sua estética particular.

Em consequência, os 500 anos de domínio parto produziram uma quantidade incrivelmente pequena de arquitetura. Os partas eram cavaleiros habilidosos e temidos e governavam por meio de uma elite militar, deixando intactas, em regra, as administrações locais. Consequentemente, eles tinham várias capitais regionais. Embora o estado de guerra com os romanos e os invasores do Norte fosse mais ou menos constante, no século II as cidades que desenvolveram o comércio de caravanas – Palmira, Hatra e Messena

Ver todos os capítulos
Medium 9788520434628

Diabetes Melito sem Complicação — Gatos

TILLEY, Larry Patrick; SMITH JUNIOR, Francis W. K. Editora Manole PDF Criptografado

349

Espécies Canina e Felina

Diabetes Melito sem Complicação — Gatos

CONSIDERAÇÕES

GERAIS

DEFINIÇÃO

• Distúrbio do metabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas, causado pela deficiência absoluta ou relativa da insulina, insulinorresistência e amiloidose insular.

• O tipo II (diabetes melito não insulinodependente) caracteriza-se pela secreção inadequada ou tardia de insulina, em relação às necessidades do paciente; muitos desses pacientes vivem sem a insulina exógena e são menos propensos à cetoacidose; forma mais comum em gatos.

FISIOPATOLOGIA

• A resistência à insulina diminui a capacidade de utilização de carboidratos, lipídios e proteínas pelos tecidos (especialmente da musculatura, do tecido adiposo e do fígado).

• A utilização comprometida da glicose e a gliconeogênese hepática contínua causam hiperglicemia.

• Na sequência, ocorre o desenvolvimento de glicosúria, que leva à diurese osmótica, poliúria e perda de peso compensatória; a mobilização de

Ver todos os capítulos
Medium 9788520427125

36. Distúrbios Neurológicos

PIATO, Sebastião Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 36

Distúrbios Neurológicos

Eduardo Genaro Mutarelli

José Roberto Polletti

A gravidez pode apresentar importantes distúrbios neurológicos, que são responsáveis por morbimortalidade maternas e do concepto. Nessa oportunidade são analisadas as repercussões relacionadas com epilepsia, acidentes vasculares cerebrais, neuropatias compressivas, enxaqueca e cefaléia associada a doenças sistêmicas ou próprias da gestação.

EPILEPSIA

Sabe-se que a crise convulsiva pode ser prejudicial ao feto e que algumas drogas antiepilépticas (DAE) têm efeitos colaterais, podendo causar malformações congênitas; dessa maneira, deve-se equilibrar os riscos. Estudos experimentais sugerem que algumas DAE alteram a expressão de certos genes durante a morfogênese, levando assim à malformação fetal.

Em contrapartida, está bem documentado que crises convulsivas causam danos fetais, seja pela hipóxia imposta ao feto ou pelo traumatismo me-

Complicações em Obstetrícia cânico, tanto da possível queda como dos movimentos involuntários e contrações musculares.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536325736

Capítulo 49 - Ética e psicoterapia

Bernard Rangé; Colaboradores Grupo A PDF Criptografado

49

Ética e psicoterapia

Helmuth Krüger

Condutas éticas e morais estendem­‑se aos diversos tipos e níveis de relacionamento dos quais os psicólogos participam. Espera­

‑se que os psicólogos venham a agir segundo princípios éticos e normas morais no desempenho de todos os papéis profissionais que lhes são legalmente atribuídos, visando o bem de pessoas, casais, organizações e grupos atendidos. Condutas assim orientadas contribuem no sentido do reconhecimento da Psicologia como ciência e como profissão, aumentando, dessa forma, a probabilidade de sua eficácia social. A legislação é um dos fundamentos da Ética Profissional, mas esta não se reduz inteiramente às leis, pois de sua composição também participam conceitos e teorias filosóficas, bem como normas de conduta estabelecidas por costumes profissionais. Porém, em princípio, deve haver plena coerência entre a legislação e a Ética

Profissional. Em situações objetivas, os atos de psicólogos são avaliados tanto sob o ponto de vista da competência e dos resultados obtidos no exercício profissional quanto na perspectiva da adequação das condutas por eles praticadas às leis e às prescrições do

Ver todos os capítulos
Medium 9788527724821

Capítulo 4 - Metabolismo Anaeróbico Durante o Exercício

PLOWMAN, Sharon A.; SMITH, Denise L. Grupo Gen PDF Criptografado

Metabolismo Anaeróbico Durante o Exercício

81

Unidade de Sistemas Metabólicos

Capítulo 4

Metabolismo Anaeróbico

Durante o Exercício

Ao término deste capítulo, você será capaz de

• Descrever o continuum de energia no que se relaciona com durações variáveis do exercício sustentável máximo.

• Dar exemplos de esportes ou eventos dentro dos esportes nos quais o sistema ATP-PC, láctico ou do oxigênio predomina.

• Enumerar as principais variáveis que são medidas tipicamente para descrever a resposta anaeróbica ao exercício e, quando apropriado, o próprio teste real com exercícios.

• Explicar as razões fisiológicas pelas quais o lactato pode acumular-se no sangue.

004plon.indd 81

• Estabelecer a diferença entre a potência e a capacidade dos sistemas ATP-PC, láctico e do oxigênio.

• Identificar o déficit de oxigênio e o consumo excessivo de oxigênio após o exercício, e explicar as causas de cada um deles.

• Descrever as mudanças no ATP e na PC que ocorrem durante um exercício intenso de carga constante com duração de 3 min ou menos.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos