Crie suas própias Pastas

Selecione capítulos de diferentes livros e organize-os em sua própria pasta, de forma simples e rápida. Você pode ainda personalizar a capa e disponibilizar o conteúdo em nossa loja para seus alunos ou colegas.

Educação
Pesquisa
Lazer

Capítulos Selecione um ou vários capítulos para montar sua Pasta

Medium 9788580551471

Capítulo 4 - Canais iônicos e Controle do Potencial de Membrana

Hershel Raff, Michael G. Levitzky Grupo A PDF Criptografado

C A P Í T U L O

Canais Iônicos e Controle do

Potencial de Membrana

4

David Landowne

OBJETIVOS

Descrever como os potenciais de membrana são medidos e fornecer os valores característicos dos potenciais de diferentes células.

Discutir a relação entre a separação de cargas através da membrana e o potencial de membrana.

Listar as concentrações aproximadas dos principais íons nos compartimentos intracelular e extracelular.

Descrever os três fatores que controlam o movimento dos íons através das membranas.

Com base nos valores do potencial de membrana e do gradiente de concentração, determinar se um íon irá se mover para dentro ou para fora das células.

Discutir como ocorrem as alterações nos potenciais de membrana quando os íons fluem através das membranas celulares.

Explicar as etapas que ocorrem durante a geração do potencial de Nernst.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582714720

Capítulo 18. Análises funcionais molares associadas à terapia de aceitação e compromisso em um caso de transtorno obsessivo-compulsivo

Ana Karina C. R. de-Farias; Flávia Nunes Fonseca; Lorena Bezerra Nery Grupo A PDF Criptografado

18

Análises funcionais molares associadas à terapia de aceitação e compromisso em um caso de transtorno obsessivo-compulsivo1

José Leonardo Neves e Silva | Ana Karina C. R. de-Farias

O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é um quadro de saúde caracterizado pela presença de obsessões, compulsões ou ambos os sintomas, provocando sofrimento acentuado e/ou interferindo de forma significativa na rotina, no trabalho ou no contexto social do indivíduo acometido (American Psychiatric Association, [APA],

2013/2014).

Obsessões são definidas como ideias, pensamentos, imagens ou impulsos recorrentes e persistentes, experimentados como intrusivos e perturbadores. O sujeito reconhece sua característica irracional, excessiva ou absurda, mas ainda assim vivencia intensa ansiedade e sofrimento, tendendo a procurar ignorá-las ou neutralizá-las, engajando-se em outros pensamentos ou em ações, ou seja, em compulsões. As compulsões são comportamentos repetitivos ou ritualísticos, públicos ou privados, emitidos com o objetivo de prevenir ou aliviar a ansiedade. São evidentemente excessivas ou não têm relação realista com os eventos que pretendem evitar (APA,

Ver todos os capítulos
Medium 9788553603428

Gabarito

CHAGAS, Edilson Enedino das Editora Saraiva PDF Criptografado

276 Direito Empresarial Esquematizado®

Edilson Enedino das Chagas

24. (FGV — OAB — XX Exame Unificado — 2016) Na sociedade Apuí Veículos Ltda., a sócia Eva foi eleita administradora, pela unanimidade dos sócios, para um mandato de três anos. Em razão de insuperáveis divergências com os demais administradores sobre a condução dos negócios, Eva renunciou ao cargo após um ano de sua investidura. A eficácia da renúncia de Eva se dará, em relação à sociedade, desde o momento em que a) a assembleia de sócios ratifica o ato de Eva; e, em relação a terceiros, após a averbação da renúncia. b) é designado novo administrador para substituir Eva; e, em relação a terceiros, após a averbação ou publicação da renúncia. c) esta toma conhecimento da comunicação escrita de Eva; e, em relação a terceiros, após a averbação e publicação da renúncia. d) o termo de renúncia de Eva é lavrado no livro de atas da administração; e, em relação a terceiros, após a publicação da renúncia.

25. (CONSULPLAN — TJ-MG — Titular de Serviços de Notas e de Registros — Remoção — 2017)

Ver todos os capítulos
Medium 9788553172290

Art. 74

FIORILLO, Celso Antonio Pacheco Editora Saraiva PDF Criptografado

Comentários ao “código” florestal lei n. 12.651/2012  celso fiorillo e renata marques ferreira

I – proibir ou limitar o corte das espécies da flora raras, endêmicas, em perigo ou ameaçadas de extinção, bem como das espécies necessárias à subsistência das populações tradicionais, delimitando as

áreas compreendidas no ato, fazendo depender de autorização prévia, nessas áreas, o corte de outras espécies;

II – declarar qualquer árvore imune de corte, por motivo de sua localização, raridade, beleza ou condição de porta-sementes;

III – estabelecer exigências administrativas sobre o registro e outras formas de controle de pessoas físicas ou jurídicas que se dedicam à extração, indústria ou comércio de produtos ou subprodutos florestais.

Art. 71. A União, em conjunto com os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, realizará o Inventário Florestal Nacional, para subsidiar a análise da existência e qualidade das florestas do País, em imóveis privados e terras públicas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527729383

41 - Necrólise Epidérmica Tóxica

GAMBA, Mônica Antar; PETRI, Valéria; COSTA, Mariana Takahashi Ferreira Grupo Gen PDF Criptografado

41

Necrólise Epidérmica

Tóxica

Introdução

A síndrome de Lyell, ou necrólise epidérmica tóxica

(NET), apesar de ter sido citada previamente por alguns autores, foi inicialmente descrita por Alan Lyell1, em um artigo publicado no British Journal of Dermatology em

1956. Nesse artigo, foi utilizado o termo necrólise para descrever a necrose isolada da camada epidérmica da pele e a sua separação da derme subjacente sem alterações de caráter inflamatório, habitualmente encontrada nos casos de eritema tóxico.

É uma reação idiossincrática medicamentosa grave que acomete, em geral, 1,8 caso por milhão de pessoas/ano.2 A taxa de mortalidade é muito elevada, entre 25 e 70%.2,3 A

NET é responsável por cerca de 1% de todas as internações hospitalares por reações medicamentosas.3 Entre os fármacos que podem causar a NET, os mais encontrados são as sulfas, seguidas por antibióticos (p. ex., quinilonas, cefalosporinas e aminopenicilinas), fenobarbital, carbamazepina, dipirona, piroxicam, fenilbutazona, antiretroviral, alopurinol e os anti-inflamatórios não esteroides (AINE).4 No entanto, é preciso considerar que con­ti­nuamente são relatados novos medicamentos capazes de desencadear a NET.2-4

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos