Crie suas própias Pastas

Selecione capítulos de diferentes livros e organize-os em sua própria pasta, de forma simples e rápida. Você pode ainda personalizar a capa e disponibilizar o conteúdo em nossa loja para seus alunos ou colegas.

Educação
Pesquisa
Lazer

Capítulos Selecione um ou vários capítulos para montar sua Pasta

Medium 9788530968311

Capítulo III – Da Vigência da Lei

RIZZARDO, Arnaldo Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo III

Da Vigência da Lei

1. O início da vigência da lei

A lei tem início a partir normalmente de sua publicação no órgão de imprensa previsto para essa finalidade.

Passando por todas as etapas da elaboração, isto é, depois de votada, promulgada e publicada, passa a produzir efeitos, a exercer comandos, a impor-se, cumprindo a finalidade a que se destina, determinando condutas, proibindo certos atos, e exigindo a obediência às suas ordens. E assim prossegue durante toda a sua existência, com plena eficácia, devendo ser obedecida e cumprida. No entanto, quando muito encanecida, desatualiza-se, como tudo na vida, perdendo o interesse, ficando esquecida, num processo de degeneração tal que ninguém dá importância ou preocupa-se pelo seu descumprimento. Realmente, muitas leis encontram-se ainda em vigor, embora completamente ignoradas, e não trazendo qualquer efeito nos tempos vigentes. É o que se depara com as leis de séculos passados, e até algumas mais recentes, cujas situações previstas não mais perduram, ou perderam os contornos de tempos de antanho. Embora muitas delas não tenham sido revogadas, ignora-se a sua existência, constituindo até um contrassenso o seguimento de seus preceitos, como se constata no art. 41,

Ver todos os capítulos
Medium 9788520431894

Anatomia geral

BUDRAS, Klaus-Dieter; MCCARTHY, Patrick H.; HOROWITZ, Aaron Editora Manole PDF Criptografado

Anatomia geral

1. Osteologia: ossificação membranosa e condral; crescimento dos ossos em comprimento e diâmetro a) A ossificação membranosa consiste em uma ossificação direta, que ocorre principalmente na formação dos ossos chatos do crânio. Nesse processo, as células mesenquimatosas do mesênquima embrionário diferenciam-se em células formadoras de osso, os osteoblastos (A), que dão origem às trabéculas primárias de osso reticular (fibroso) (B). O osteoblasto sintetiza a matriz

óssea orgânica, ou osteoide, isto é, a substância óssea fundamental com suas fibras colágenas associadas. O osteoblasto torna-se envolvido pelo osteoide e, com mineralização progressiva desse osteoide, fica sequestrado em uma pequena câmara, uma lacuna. Nesse estágio, o osteoblasto sofre maturação até se transformar em osteócito (C). O osteoide é mineralizado por depósito ordenado de cristais de fosfato de cálcio (hidroxiapatita) em associação com fibras colágenas. Esse tecido ósseo primário é organizado inicialmente sob a forma de trabéculas. A transformação de osso trabecular primário em osso compacto secundário é efetuada pela camada de osteoblastos que permanece justaposta

Ver todos os capítulos
Medium 9788597014112

13 - Utilização de Calculadoras Financeiras

SOBRINHO, José Dutra Vieira Grupo Gen PDF Criptografado

13

UTILIZAÇÃO DE CALCULADORAS

FINANCEIRAS

13.1 INTRODUÇÃO

Existem no mercado brasileiro várias marcas e modelos de calculadoras financeiras, que resolvem diretamente, através das teclas financeiras n i PV PMT FV  , os problemas básicos de matemática financeira que envolvem pagamento único e séries de pagamentos iguais, calculados com base no regime de capitalização composta. Essas teclas têm o seguinte significado: n  : número de períodos = número de pagamentos. i  : taxa de juros expressas em porcentagem.

PV  : present value = valor presente ou capital inicial.

PMT  : valor dos pagamentos ou valor das prestações.

FV  : future value = valor futuro ou montante.

Dada a impossibilidade de apresentar a solução de problemas através de vários modelos, vamos fazê-lo por meio da HP-12C, que é uma das calculadoras mais populares no Brasil.

Se o leitor possuir máquina de outra marca ou modelo, facilmente, com pequena adaptação, poderá resolver boa parte dos exemplos apresentados, visto que utilizamos basicamente as operações aritméticas fundamentais (soma, subtração, multiplicação e divisão), a função potência e as teclas financeiras já mencionadas que são comuns a todas elas. Caso o leitor encontre dificuldades, recomendamos a leitura dos manuais que acompanham as calculadoras, e, no caso específico dos usuários de HP-12C, o Manual de aplicações financeiras HP-12C, elaborado pelo autor deste livro e publicado pelo Grupo Gen | Atlas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788502629714

CAPÍTULO V - LEVANTAMENTO DE INTERDIÇÃO

PALOMBA, Guido Arturo Editora Saraiva PDF Criptografado

CAPÍTULO V

LEVANTAMENTO DE INTERDIÇÃO

Súmula

O capítulo trata do levantamento de interdição, quando isso é possível e o que o examinando deve apresentar para que deixe de ser interdito. Aborda, também, tema de relevante interesse em psiquiatria forense, o que são os intervalos lúcidos, sua definição e os requisitos necessários para caracterizá-los.

63. Quando se dá o levantamento de interdição?

Levantamento de interdição dá-se quando o indivíduo foi interditado e por meio de perícia demonstra-se que cessaram as condições que determinaram a incapacidade civil.

64. Que tipo de perícia se realiza no levantamento de in-

terdição?

A perícia será atual, ou seja, observará as condições de saúde física e mental do periciando no momento do exame.

Porém, obrigatoriamente, terá que ponderar o diagnóstico que recebeu quando da interdição, como foi o tratamento pelo qual passou, se houve recidivas e, fundamentadamente, o prognóstico da doença.

Ver todos os capítulos
Medium 9788530965723

Capítulo 1 - Trabalhando com Decimais

MARIANO, Fabrício Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 1

Trabalhando com Decimais

1.1. Introdução

Este capítulo tem como objetivo servir como base para cálculos numéricos aplicados em Matemática Financeira e Finanças. Utilizarei uma metodologia na qual os cálculos serão feitos de maneira prática e objetiva, facilitando assim a resolução dos exercícios.

1.2. Multiplicação com números decimais

Na multiplicação de números decimais, multiplicam-se normalmente os números naturais sem a vírgula, e depois conta-se a quantidade de casas da direita para a esquerda, obtendo assim o resultado desejado.

Exemplo: Determine o produto de 0,12  0,4.

I) Multiplicam-se os números naturais (sem a vírgula):

12

×4

48

II) Conta-se a quantidade de casas decimais (após a vírgula) dos números que estão sendo multiplicados:

0,12: temos duas casas decimais (após a vírgula)

0,4: temos uma casa decimal (após a vírgula)

Conclusão: Ao todo, temos três casas decimais. Então, devemos contar três casas da direita para esquerda e completar com zeros, se necessário:

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos