Crie suas própias Pastas

Selecione capítulos de diferentes livros e organize-os em sua própria pasta, de forma simples e rápida. Você pode ainda personalizar a capa e disponibilizar o conteúdo em nossa loja para seus alunos ou colegas.

Educação
Pesquisa
Lazer

Capítulos Selecione um ou vários capítulos para montar sua Pasta

Medium 9788597003901

10 - O PAPEL DE MOTIVADOR

Antonio Carlos Gil Grupo Gen PDF Criptografado

10

O Papel de Motivador

Objetivos

Após estudar este capítulo, você será capaz de:

•• definir motivação;

•• explicar como ocorre a motivação nas pessoas;

•• reconhecer o papel das necessidades na motivação;

•• reconhecer a importância do estilo gerencial na motivação dos empregados;

•• reconhecer pessoas motivadas;

•• aplicar procedimentos capazes de promover a motivação no trabalho;

•• avaliar sua capacidade para motivar pessoas.

10.1  IMPORTÂNCIA DA MOTIVAÇÃO

O mundo cada vez mais competitivo dos negócios exige altos níveis de motivação das pessoas. Empregados motivados para realizar seu trabalho, tanto individualmente como em grupo, tendem a proporcionar melhores resultados. A motivação pode ser entendida como o principal combustível para a produtividade da empresa.

As empresas estão valorizando cada vez mais o comprometimento das pessoas. Os funcionários comprometidos é que vêm sendo convocados para fazer parte das soluções e é exatamente neles que as empresas mais tendem a investir.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527732574

41 - Anemia

Carlos Antonio Barbosa Montenegro, Jorge de Rezende Filho Grupo Gen PDF Criptografado

41

Anemia jj jj

Rezendinho - CAP-41.indd 681

Alterações fisiológicas, 682

Anemia nutricional, 682

04/10/2017 12:13:33

Alterações fisiológicas

PARTE 3

Ciclo Gestatório Patológico

Durante a gravidez, o volume plasmático aumenta 30 a 50%, cerca de 1.200 a 1.300 ml.

Este aumento é maior em multíparas quando comparado a primíparas. Em mulheres com gêmeos, esse acréscimo no volume plasmático é ainda maior e pode ser tão alto quanto 70%.

A quantidade de água total no organismo cresce aproximadamente de 6,5 a 8 l. A elevação dos níveis de estradiol resulta na ativação do sistema renina-angiotensina-aldosterona. O resultado é a maior reabsorção de sódio nos rins e a retenção de água.

O volume sanguí­neo começa a aumentar com 7 semanas da gestação, cerca de 10 a 15%, e atinge o seu máximo com 30 a 34 semanas. Esse aumento de 1 a 2 l no volume sanguí­neo

é importante para manter o fluxo de sangue para órgãos como o útero e os rins e também um mecanismo de adaptação para a perda inevitável de sangue após o parto. Em virtude do acréscimo significante do volume sanguí­neo, sinais clínicos de hemorragia como hipotensão e taquicardia podem não se desenvolver até que a mulher grávida perca no mínimo 30% de seu volume sanguí­neo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788553603756

2 LEGALIDADE OU TIPICIDADE

Victor Eduardo Rios Gonçalves Editora Saraiva PDF Criptografado

Sinopses Jurídicas

É de acrescer que, pela via oposta, o devedor, emissor do título, a todo tempo pode opor as exceções pessoais que eventualmente possua contra o credor originário, isto é, àquele com quem manteve determinada relação jurídica, que deu origem ao título. O emitente pode alegar, por exemplo, pagamento, com­pen­sação, novação ou outra causa de extinção da obrigação originária.

O subscritor do título, dessa maneira, somente poderá opor contra o possuidor de boa-fé os vícios formais da cártula ou de seu conteúdo literal, como, por exemplo, eventual falsidade de sua assinatura, vício de capacidade (incapacidade do subscritor do título) ou falta de requisito necessário ao exercício da ação (vencimento, p. ex.). Aliás, é indevido o protesto quando o título apresenta vício formal extrínseco

(falsificação de assinatura, p. ex.) ou intrínseco (inexistência de venda ou prestação de serviço a embasar a emissão de uma duplicata, p. ex.), podendo o responsável pelo protesto responder por danos morais.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597017854

8 - Gestão no Setor Público

LIMA, Diana Vaz de Grupo Gen PDF Criptografado

Gestão no Setor Público

�� Objetivos

8

do Capítulo

»» Explicar como apareceu a expressão serviço público e os direitos e obrigações de seus usuários.

»» Descrever os princípios e regras que gerem as licitações e as cláusulas essenciais dos contratos públicos.

»» Caracterizar os procedimentos relacionados com os convênios e os passos para criação de consórcios públicos.

»» Definir os princípios e diretrizes para promover a boa governança no

Setor Público e os termos relacionados com custos sob a perspectiva do Setor Público.

»» Explicar a relação entre gestão e responsabilidade fiscal e o papel da contabilidade na gestão dos regimes próprios.

»» Descrever o papel do controle e da auditoria governamental no Setor

Público.

8.1  Serviços públicos

De acordo com Medauar (1992), a expressão serviço público apareceu antes da sua inserção numa teoria, e sua emergência tem como condição essencial a distinção público-privado, que se afirma no curso da fase absolutista (séculos XVII a XVIII, sobretudo). Antes disso, o serviço não se concebe em relação aos particulares ou usuários, mas em relação ao rei; falava-se em serviço do rei.

Ver todos os capítulos
Medium 9788553614752

CAPÍTULO II - PRESSUPOSTOS PROCESSUAIS E CONDIÇÕES DA AÇÃO

Rennan Faria Kruger Thamay Editora Saraiva PDF Criptografado

CAPÍTULO II

PRESSUPOSTOS PROCESSUAIS

E CONDIÇÕES DA AÇÃO

1. �

AÇÃO

1.1. �CONCEITO

A ação1 é o meio ou mecanismo pelo qual surge ao indivíduo um direito público subjetivo de acionar ao Judiciário, para que este lhe preste a tutela jurisdicional (poder-dever do Estado) efetiva. Pode-se afirmar que a ação é “o direito constante da lei processual civil, cujo nascimento depende de manifestação de nossa vontade. Tem por escopo a obtenção da prestação jurisdicional do Estado, visando, diante da hipótese fático-jurídica nela formulada, à aplicação da lei (material). Esta conceituação compreende tanto os casos referentes a direitos subjetivos, quanto, também, as hipóteses de cogitação mais recente, referentes a interesses e direitos difusos, coletivos e individuais homogêneos. O texto que se segue, no entanto, circunscreve-se a considerar o direito de ação principalmente tendo em vista a figura do direito subjetivo”2.

Eduardo Arruda Alvim afirma que “o que releva considerar é que o direito de ação, de provocar o Judiciário e dele obter uma resposta, deflui do texto constitucional. Só terá direito a um pronunciamento de mérito (julgamento de procedência ou de improcedência) aquele que preencher as chamadas condições da ação”3.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos